31/07/2008


Escrito por Chaminé às 22h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

            

Com alguns registros fotográficos das comemoraçãoes alusivas aos 150 anos da emancipação política de Ceará-Mirim e chegando aos 30.000 acessos, encerramos as postagens diárias. Agradecemos a todos os que colaboraram e participaram, escrevendo, acessando ou comentando.  Informamos que, semanalmente, a partir do dia 04 de agosto, estaremos atualizando Chaminé, agora o Blog da Segunda-feira. Outrossim, poderá haver postagem a qualquer momento no PLANTÃO, desde que um fato extraordinário mereça registro.

Muito grato pela atenção.

 

Edvaldo Morais Lopes

 

* * *

             

 

 

 

A EXPOSIÇÃO NA ESTAÇÃO CULTURAL

 

 

 

 

Até 2a. Feira, 04/08.

 

* * *

 

 

Escrito por Chaminé às 07h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/07/2008


COMUNICADO:

Usuários de internet discada e com baixa velocidade, aguardar alguns instantes para que a postagem desta data carregue completamente.

Grato pela atenção.

 

 

 

 

PROGRAMAÇÃO COMEMORATIVA - 30/07

08h00 – Campo do Unidos F.C.

Festival de Atletismo do Sesquicentenário – Org.: Professor Hugo Ramalho

Provas: 1.000 e 2.000 m rasos; saltos em distância; Lançamentos de  Pelota e Disco.

 

17h00 – Igreja Matriz

Missa Solene comemorativa dos 150 anos da pedra fundamental da Matriz de Nossa Senhora da Conceição e do Sesquicentenário de emancipação política de Ceará-Mirim.

 

18h30 – Avenida Presidente Café Filho

Inauguração do Obelisco – marco dos 150 anos.

 

20h30 – Estação Cultural Dr. Roberto Varela

Abertura da Exposição CEARÁ-MIRIM 150 ANOS – Ontem e Hoje – com tributo ao pintor Tomé Filgueira.

“A fotografia, a literatura, a escultura, a pintura, a paisagem e os símbolos oficiais produzem sobre nós não só a restituição do que é abolido pelo tempo e pela distância, mas testemunham: o que aqui vemos existiu, é passado, é real.”

Curadoria: Gildete Moura Figueirêdo 

 

22h00 – Praça Onofre José Soares (Mercado Central)

FESTA POPULAR:

Atrações: Tota Silva, Forró Sacudido e

                  Forró Cavalo de Pau 

Fonte: Prefeitura de Ceará-Mirim / Fundação Nilo Pereira

 

* * *

Escrito por Chaminé às 00h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

  

CEARÁ-MIRIM – 150 ANOS

 

 

Gerinaldo Moura (*)

             A cidade  está em festa, deixando-se invadir pelos  ecos  do  passado,  revivendo  sua  história  alicerçada  nas  bases  da  economia açucareira. Cidade  que  surgiu  à  sombra  dos  velhos  engenhos  hoje  em  ruínas  como  o Carnaubal,  o Guaporé,  o Diamante, Capela, Mucuripe, Morrinhos, São Francisco, Ilha Bela e tantos outros; como o Verde Nasce,  vendo nascer neste vale verde, uma geração de poetas e escritores que plantaram as raízes do desenvolvimento cultural e da tradição de um  povo  altivo  e  acolhedor. A  antiga Aldeia  de Guajiru    nome  indígena  de Extremoz, administrava  os  destinos  político,  econômico  e  social  da  Boca-da-Mata,  que  em  30  de julho  de  1858,  deu  o  seu  grito  de  liberdade  política  conseguindo  emancipar-se  com  o nome  de  Briosa  Vila  de  Ceará-Mirim.  Porém,  os  edis  de  Extremoz  não  aceitaram  o “Briosa”  e  nosso município  tornou-se  a Vila  de Ceará-Mirim,  até  chegar  à  categoria  de cidade com o nome de Ceará-Mirim.

            Durante a primeira metade do Século XIX, a região do Vale  que  era  também  conhecido  como  “Siara”    iniciava  seu  pólo  industrial  com  a instalação  do  Engenho Carnaubal. O  primeiro  engenho  fundado  no  Vale,  pelo Coronel Antônio Bento Viana. A partir daí, inicia-se o povoamento do que hoje é a cidade, desde a antiga Rua da Estação, hoje Avenida Presidente Café Filho, um cruzamento das vias que iam  para Extremoz, Natal  e  a  Jacoca.

            Em  21  de  fevereiro  de  1858,  o  Frei Serafim  de Catânia lançou a pedra fundamental da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, que veio a substituir a antiga devoção em um primitivo oratório da Rua Grande, dedicado a Santa Águeda. Em  09  de  junho  de  1882,  sob  a  administração  do Padre  Antônio  Antunes  de  Oliveira,  senhor do Engenho de Umburanas, Ceará-Mirim  tornou-se  cidade, envolvendo os então distritos de Capela, Extremoz, Muriú, Taipú e Touros.  Nestes 150 anos de história, não devemos esquecer do papel que exerceram os escravos  na  economia  canavieira  e  nos  demais  setores  da  vida  social,  que  fizeram  a riqueza de muitos, à custa de vida, sangue e severos castigos.

            Registrar as figuras de Dr. Júlio  Senna, Madalena  Antunes  Pereira, Manoel  Fabrício,  Etevaldo  Santiago,  Fábio  de Ojuara,  Adele  de  Oliveira,  Dolores  Cavalcante,  Maria  de  Lourdes  Oliveira  e  Iolete Lacerda,  é  fazer  justiça  à  geração  de  escritores,  poetas  e  professores  que  tanto  se empenharam  pelo  crescimento  de  nosso  município.  Parabéns  Ceará-Mirim pelos  150 anos de vida política.

 

               (*) Gerinaldo Moura é professor e historiador. Reside em Ceará-Mirim.

 

Escrito por Chaminé às 00h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


             Depois da “HISTÓRIA DA FREGUESIA DE CEARÁ-MIRIM”,do Dr. Guilherme Luiz Barboza de Queiroz, livro lançado em 2007, as mais recentes obras literárias sobre o Vale Verde são: “NAS ESQUINAS DE CEARÁ-MIRIM – Coisas que o tempo levou”, de Evandro de Sá Pereira e  “GÊNESE E PRESERVAÇÃO – História, Patrimônio Cultural de Ceará-Mirim e Turismo”, de Caio César da Cruz Azevedo Os livros foram lançados simultaneamente no último dia 25 de julho, na Estação Cultural Dr. Roberto Pereira Varela,  dentro da programação do sesquicentenário da emancipação política do Município. 

            O primeiro  homenageia grandes vultos da terra, que praticamente construíram Ceará-Mirim. Inclui  histórias dos engenhos e do cotidiano em tempos idos; fotos de velhos casarões que compõe o cenário dos verdes canaviais e outras importantes lembranças. Dele, publicamos na postagem de ontem “O CAFÉ DE CLETO”, trazendo recordações de um dos locais mais freqüentados no Ceará-Mirim de antigamente.

            Hoje,  destacamos da obra  de Caio César, a “orelha” do livro, cujo texto  trás a assinatura de Dona Edinólia Melo, atual prefeita de Ceará-Mirim.

 

            Intitulado “GÊNESE E PRESERVAÇÃO – História, Patrimônio Cultural de Ceará-Mirim e Turismo”, o autor constituiu uma obra capaz de proporcionar uma viagem no tempo, relacionando o ontem e o hoje da terra dos verdes canaviais. Assim ficou apresentado as origens, a conquista dominadora da região, seqüenciado pela implantação da empresa açucareira quando subsistiu relatos da vida nos aldeiamentos, sua evolução e criação da vila gerado pelo esplendoroso desenvolvimento que a tornou município. Dessa forma concebeu-se o patrimônio cultural capaz de gerar na atualidade uma nova fonte econômica que é o turismo. Elemento promissor nos mercados globais, ficando explícito através dos depoentes titulares cidadãos cearamirinenses com suas histórias que apresentam roteiros e pontos que encantam o Vale. Todo empreendimento científico foi possível através da especialização que o norteou para o trabalho conclusivo de curso através de pesquisas bibliográficas, testemunhos e oralidades, registrando os valores culturais que foram despertados pelo desenvolvimento econômico,  social, político e religioso do município diante das ações humanas que teceram as histórias que chegam esculpidas em bandeja de ouro branco com compromisso de reencontrar o passado e o atual patrimônio cultural para o presente, conscientizando os cidadãos a preservar o que atualmente celebra cento e cinqüenta anos de emancipação política e clama pela perpetuação de sua história.

Edinólia Melo – Prefeita de Ceará-Mirim.

 

Escrito por Chaminé às 00h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Escrito por Chaminé às 00h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 Edição: Edvaldo Morais

Fotos: Arquivos do Blog.

1

 

2

 

3

 

4

 

5

 

6

Escrito por Chaminé às 00h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

7

 

8

 

9

 

10

 

11

 

12

 

Escrito por Chaminé às 00h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

29/07/2008


O CAFÉ DE CLETO

por Evandro de Sá Pereira (*)

 

 

            Cleto Formiga Brandão era proprietário da casa de jogo na mais famosa esquina da cidade, confluências das ruas São José (atualmente Av. General João Varela) com a rua Heráclio Vilar. A casa era geralmente conhecida pela denominação de: “Café de Cleto”.

            Ali se reuniam à noitinha, após o jantar, alguns senhores de engenho e comerciantes para conversarem e iniciavam um joguinho carteado, numa sala reservada para tal. Ali existiam três ou quatro mesas para jogo. As conversas variavam, uns mexiam com os outros, davam gargalhadas e faziam ali a hora de dormir. Muitos senhores ricos e tendo no carteado seu hobby, passavam dias e mais dias jogando, pois dinheiro era o que não faltava para eles.

            Um desses ricos era o senhor Henrique Vaqueiro, dono das terra denominadas “Timbó de Dentro”. Esse senhor vinha de cavalo para a cidade transportando um saco (desses de açúcar) cheio de dinheiro e passava dias e dias na jogatina. Vários senhores também faziam o mesmo. Era a diversão deles naquele tempo.

            Um outro que gostava muito de jogar, mas somente pif-paf , era Valdemar Dias de Sá, senhor de engenho e de vastas terras canavieiras, que contava sempre com a sorte do seu lado. No seu passatempo ganhava fácil dos parceiros.  Ele tinha um “tic nervoso”: gostava de mastigar a língua com os molares e quanto mais ganhava no jogo mais mastigava a língua (claro, sem machucá-la). Sua marca registrada era a memória. Recitava poemas enormes e até peças teatrais, sem esquecer uma palavra.

            Valdemar foi o primeiro cearamirinense a adquirir um rádio, isso no ano de 1932. O aparelho funcionava a bateria e era a maior atração na cidade. Seus amigos se reuiniam diariamente na hora dos noticiários para ouvirem o que se passava no Brasil, principalmente a Revolução Constitucionalista de São Paulo. Valdemar faleceu em 1981.

            Outros jogadores, entre eles alguns viciados nas cartas, passavam o dia na jogatina. Quando uns saíam, outros entravam. E assim a sala de jogo não parava. Desta maneira a casas faturava o suficiente para tornar o proprietário Cleto, um homem rico, chegando a comprar propriedades, gado, dentre outros bens.

            Era Cleto um bom amigo, mas a língua não era das menores. Muito “estourado”, não levava desaforos pra casa, e, para dar uma “esculhambação” num atrevido, só queria tempo.

            No Café de Cleto se reuniam muitos jovens: João Palhano, que guardava na memória com muita facilidade centenas de anedotas, todas elas de fazer rir qualquer sizudo. José Lemos, o grande pintor. Gilberto, Tota e Zé Brandão (filhos de Cleto); Ricardo e Rogério Varela, Anauro Dantas Ribeiro, Hamilton e Haroldo Dantas de Sá; Dinarte e Élmano Pereira; os três irmãos: Darrow, Expedito e Dinaide; Gladstone Varela, José Júlio e Alfredo (irmãos de Gladstone); Jorginho Barreto, Jáder, Ossian (Zezé de Jorge Moura); Xavier (enfermeiro); Manoel Araújo (Neco); Garibaldi e Jorge Xavier; Cláudio Soares, Manoel Sobral, Rivaldo Palhano, José Pinheiro, Djalma Correia;  José Roque Filho, Ednor, José Wilson Tamires (filhos de Chiquito Câmara) Ioiô França, Pedro Correia, Chico Damásio, Cadinho, irmão de Cleto e muitos outros. Alguns já se encontram no “andar de cima”, junto ao Pai.

(*) O Sr. Evandro de Sá Pereira é jornalista, arqueólogo e museólgo. Reside em Ceará-Mirim.

Café de Cleto - Ceará-Mirim

Escrito por Chaminé às 11h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 

 

HUGO RAMALHO

O incansável professor realiza neste feriado municipal o Festival de Atletismo do Sesquicentenário. – Provas: 1.000 e 2.000 m rasos; saltos em distância; Lançamentos de  Pelota e Disco. Começa as 8h00 da manhã no campo do Unidos F.C. em Ceará-Mirim.

 

FORA DO AR

Ontem as emissoras de rádio de Ceará-Mirim não levaram ao ar os programas que tratam sobre política no final da tarde. Na 87 FM não foi apresentado o ESPAÇO ABERTO e na 105 FM não houve o METROPOLITANA DEBATE. Seria falta de entrevistados? Enquanto isso nas rádios de Natal o espaço é curto para muitas participações.

 

CEARÁ-MIRIM NO CANAL FUTURA

Gibson Machado informando que o vídeo produzido sobre “Seu Tião do Congo” (Tabuão) para o Canal Futura foi selecionado e estará no Festival Internacional de Curtas de São Paulo.  O documentário resultou de parceria da  Fundação Nilo Pereira e Fundação Roberto Marinho. É uma vitória pelo esforço de Gibson e sua equipe em revitalizar e fortalecer as tradições locais. Parabéns do Blog.

 

 

ARCEBISPO VIRÁ A CEARÁ-MIRIM

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Ceará-Mirim receberá a visita pastoral de Dom Matias Patrício de Macedo durante a Semana Missionária que vai acontecer de 17 a 24 do próximo mês. Em breve mais detalhes.

 

POR FALAR EM BISPO

A Tv Universitária de Natal gravou, no Rio de Janeiro,  o programa MEMÓRIA VIVA com o cardeal Dom  Eugênio de Araújo Sales.  A data da exibição deve ser anunciada em breve  pela TV-U.

 

LIVROS

De 04 a 08 de agosto vai acontecer na praça de eventos do Natal Shopping o - II Festival Literário de Natal . A organização é da Livraria Siciliano que já confirmou presença, dentre outros, de Fernando Morais.

 

SEM TEATRO

O Teatro Alberto Maranhão em Natal fechou. Para reformas. Serão executados serviços no telhado, forro, cobertura, cadeiras, porta de vidro, equipamentos de luz e som. O teatro terá ainda, um novo sistema de refrigeração do tipo split . A reforma vai durar um mês. Em setembro, o TAM reabre suas portas com espetáculo comemorando os 50 anos da Bossa Nova.

 

ROBERTO CARLOS

Chega às lojas (e, claro, às principais calçadas), o novo CD de Roberto Carlos gravado ao vivo durante shows que fez em Miami no mês de maio. Reúne músicas em espanhol, como Detalhes, Cama y Mesa, Propuesta e Mujer Pequena e duas em português: O Calhambeque e Acróstico, composição feita para Maria Rita.


 

 

Escrito por Chaminé às 06h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ANA AMÉLIA BEZERRA

ANA AMÉLIA BEZERRA

          Professora aposentada, Ana Amélia ingressou na rede estadual de ensino em Ceará-Mirim no ano de 1968, através de concurso público no governo do Monsenhor Walfredo Gurgel.  Durante vinte e cinco anos lecionou o curso primário  na tradicional Escola Estadual Enéas Cavalcante. São muitos os que hoje estão na idade do lobo e foram seus alunos. Um fato interessante sobre a mestra era sua assiduidade, jamais faltava à escola, bem como sempre foi terminantemente contra qualquer paralisação grevista. Certa vez todos os professores da escola, inclusive a direção, se mobilizavam para uma greve e tentaram convencê-la a aderir ao movimento. Não teve jeito. Surgiu uma idéia: durante as aulas, no dia anterior previsto para a greve, a direção a chamou para uma conversa, enquanto um dos professores foi até a sua sala e avisou aos alunos que não viessem no dia seguinte pois Ana Amélia também estaria em greve. Ao final da aula, quando se despedia com o tradicional “até amanhã”, ficou sabendo pelos alunos da sua suposta adesão ao movimento grevista. A professora “queimou ruim” e informou que haveria aula sim e mais, aplicaria uma prova e quem faltasse levava “zero”, o que poderia ocasionar reprovação. Em seguida foi até a direção e disse que se chegasse no dia seguinte e a escola estivesse fechada, iria pegar a chave na casa da diretora e ai dela se não entregasse. No outro dia a escola estava de portas abertas. Vários eram os pais que solicitavam da direção que colocassem seus filhos na sala da professora Ana Amélia.  Em 1993, completou o tempo de serviço e requereu aposentadoria. Atualmente com 66 anos de idade, reside no Conjunto Luiz Lopes Varela em Ceará-Mirim. Numa recente conversa ela  nos informava que, não guarda mágoas, porém nunca foi reconhecida pela sua dedicação ao trabalho, nem sequer recebeu homenagem alguma da Escola Enéas Cavalcante  por ocasião de sua aposentadoria. Fica o registro. (Edvaldo Morais) 

Publicado originalmente no CD-ROM CHAMINÉ.

Escrito por Chaminé às 06h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/07/2008


APELO

Recebemos da web-leitora Luana Lustosa a seguinte mensagem: Por motivo de doença grave, um amigo está hospitalizado à espera de ser operado. Ainda não o foi porque tem um sangue raro (B-Negativo). Pede-se a quem tenha este tipo de sangue que contate com urgência: Pedro Leal Ribeiro – Fone: 3204.1893

 

GIBSON

O professor e pesquisador Gibson Machado atualizou o seu blog http://gibsonmachado.fotos.zip.net e trás mais informações e fotografias do vale verde.

  

150 ANOS

Nesta quarta-feira, 30/07, feriado municipal em Ceará-Mirim, dentro da programação oficial comemorativa ao sesquicentenário de emancipação política, será celebrada uma missa solene em ação de graças as cinco horas da tarde. Evento religioso marca também os 150 anos de lançamento da pedra fundamental da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

 

OBELISCO

Após a celebração da missa as atenções serão dirigidas para Avenida Presidente Café Filho, nas proximidades do  Ginásio de Esportes onde acontece a inauguração de um monumento, marco dos 150 anos da cidade.

 

EXPOSIÇÃO 1

Ainda na programação, as 20h30 será aberta a Exposição CEARÁ-MIRIM 150 ANOS – ONTEM E HOJE, com tributo ao pintor Tomé Filgueira. Local: Estação Cultural Roberto Varela.

Período da visitação: de 30/07 a 15/08 nos horários de 08h00 as 12h00 e de 14h00 as 21h00.

 

EXPOSIÇÃO 2

Faz parte da exposição a “EVOLUÇÃO EMPRESARIAL”, com destaque para Manoel Varela do Nascimento (o Barão de Ceará-Mirim), José Antunes de Oliveira, Ubaldo Bezerra de Melo, Luiz Lopes Varela, Roberto Pereira Varela, Odilon Ribeiro Coutinho, Ruy Antunes Pereira e José Geraldo da Câmara Ferreira de Melo.

 

EXPOSIÇÃO 3

Os intelectuais do Vale Verde também serão destacados: Madalena Antunes Pereira, Juvenal Antunes, Nilo Pereira, Edgar Barbosa e Sanderson Negreiros.

 

EXPOSIÇÃO 4

Complementando, serão expostas paisagens que marcam o Ceará-Mirim: o vale, as ruas, os engenhos, as usinas, o Solar dos Antunes, o Solar Guaporé, o mercado, a feira, a matriz, as escolas e a biblioteca pública.

 

DATA

28 de Julho é Dia do Agricultor. Segundo registros, nesta data em 1937 era fundado em Ceará-Mirim o Abrigo de Idosos São Vicente de Paulo.

 

PINTURA DA MATRIZ

Continuam os trabalhos de pintura na parte externa da  Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Ceará-Mirim. A frente da Igreja já apresenta a nova cor: camurça.

 

 

Igreja Matriz (Foto: Edvaldo Morais)

 

Escrito por Chaminé às 00h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

VIDA E OBRA DO

COMPOSITOR JOSÉ LUIZ

(Autor do Hino de Ceará-Mirim)

 

O COMEÇO

            José Luiz nasceu em Ponta do Mato, distrito de Ceará-Mirim, no ano de 1915. Estudou o primário na cidade e em Natal iniciou o curso ginasial.  No ano de 1933, aos 18 anos, seguiu para o Rio de Janeiro no navio BAEPENDI, como soldado do Exército, pois devido a situação de guerra na Europa, as Forças Armadas do Brasil estavam em alerta. Mais tarde foi mobilizado para São Paulo, Três Lagoas e Aquidaurana.

            Sua aptidão para tocar violão o conduziu a conhecer músicos famosos da época, principalmente do Rio de Janeiro, onde fixou residência após deixar o Exército. Quando servia as Forças Armadas conheceu Luiz Gonzaga, que mais tarde  lhe deu uma força no mundo artístico, quando lançou o ritmo Baião no Café Nice.

 

O SUCESSO

            Em 1937 José Luiz aparece como violinista do cantor Augusto Calheiros, para quem compôs: “Grande Mágoa” e “Vida de Caboclo”. Também atuou com seu violão ao lado do grande astro Vicente Celestino, no Brasil e pela América do Sul.

            Em 1949 compôs o samba “Cremilda”, gravado por Moreira da Silva e o inscreveu no Concurso Oficial de Sambas e Marchas de carnaval do RJ, sendo o primeiro lugar. Disputaram com ele: Ary Barroso, Braguinha e Ataulfo Alves. 

            Ainda no Rio, juntou alguns músicos nordestinos e fundou um grupo regional para acompanhar nomes famosos, entre eles a cantora Ângela Maria, inclusive com participação no filme de Mazzaropi: “Fuzileiros do Amor”. Participou de outras produções cinematográficas como “O Cangaceiro” de Lima Barreto, “Fazenda do Ingá” e “O grande pintor”, estas últimas estreladas pelo comediante Ankito.

            Na década de 50 esteve em Ceará-Mirim o cantor Augusto Calheiros, que ao se apresentar acompanhado pelo grupo de José Luiz, disse que era com muito orgulho que ia cantar o seu maior sucesso, da autoria do compositor filho de Ceará-Mirim. Nesse momento seu talento foi revelado.

            José Luiz costumava todos os anos vir a Ceará-Mirim e realizava shows no Centro Esportivo e Cultural sem cobrar cachês. Demorava pouco devido a compromissos no Rio de Janeiro.

           

O HINO DE CEARÁ-MIRIM

            Quando compôs em homenagem a Ceará-Mirim, o hino da cidade, ele, segundo palavras do amigo Jadson Queiroz, estava com lágrimas nos olhos e disse que “aquele hino, era a sua maior obra, pois entre tantas que havia feito, aquela era especial, porque era a prova do seu grande amor pela terra”. Jadson foi presenteado com uma cópia do hino, escrita do próprio punho em papel de carta e com uma dedicatória. (Ver no histórico deste Blog  a postagem do dia 04/07/2008). Em 19 de outubro de 1973, numa proposição do então prefeito Ruy Pereira Júnior, a Câmara Municipal de Ceará-Mirim aprovou como Hino Oficial do município a sua composição.

 

A DOENÇA

            José Luiz foi acometido de  trombose, seqüela de um derrame cerebral, que o deixou com o lado esquerdo paralisado e com voz trêmula. Isso o afastou do meio artístico em 1963. Esse fato o trouxe de volta a Ceará-Mirim, mais precisamente para a comunidade de Ponta do Mato. Passou a viver de uma pensão concedida pela municipalidade. Tudo o que ganhou gastou em mesas de bares. Depois, em Ceará-Mirim residiu num quarto de pensão na Avenida Gal. João Varela. Posteriormente quando a doença lhe afligiu mais o corpo, José Luiz foi morar com uma irmã em Natal.

 

A MORTE E O ESQUECIMENTO

            No dia 27 de dezembro de  1982, com  67 anos de idade, José Luiz faleceu no Hospital do Câncer Dr. Luiz Antônio. Sabe-se que o seu corpo foi sepultado no cemitério do Bom Pastor. Seus familiares não sabem a localização do túmulo.

            Comenta-se que José Luiz teve muitas decepções no meio artístico, inclusive com Nelson Gonçalves, que aproveitou algumas de suas composições gravando-as como autoria de outros compositores.

            No bairro das Quintas em Natal há uma rua com o seu nome. No distrito de Ponta do Mato há um Largo e também uma rua denominados Compositor José Luiz.

            Ainda existe em Ceará-Mirim quem não ouviu falar em José Luiz.

 

Pesquisa do Blog:

Fonte:  Maria Edna Alves França e  Maria do Rosário de Fátima Dantas  

            Biblioteca Pública Dr. José Pacheco Dantas – Ceará-Mirim

Escrito por Chaminé às 00h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CRUCIFIXO DE SÃO DAMIÃO

JÁ ESTÁ EM  CEARÁ-MIRIM

 

 

            Dentro das celebrações dos 800 anos do carisma franciscano no mundo, chegou  em Ceará-Mirim nesta segunda-feira 28/07,  um dos grandes símbolos deste  carisma: a réplica do Crucifixo de São Damião. Na cidade já existe movimento franciscano há mais de 70 anos.

            Está exposto para visitação pública durante todo o dia no Colégio de Santa Águeda. As sete da noite será celebrada missa na capela do Colégio. Amanhã as 05h30 da manhã sairá uma procissão até a Matriz de Nossa Senhora da Conceição onde acontece missa as 06h00 e em seguida a peregrinação da relíquia continua até a cidade de Nova Cruz/RN.

            Foi por meio desta cruz que Jesus falou a SãoFrancisco:  "Francisco, reconstrói minha Igreja". Um artista desconhecido, natural de Úmbria, pintou o crucifixo, no século XII num pano colado sobre madeira (nogueira). Tem 1,90m de altura, 1,20m de largura e 12cm de espessura no estilo ícone bizantino.  

            O mais provável é que tenha sido pintado para ser posto no altar da Igreja de São Damião. Em 1257, as Clarissas deixaram a Igreja de São Damião e foram para a de São Jorge, levando o crucifixo com elas. A cruz, cuidadosamente conservada por 700 anos, foi mostrada ao público pela primeira vez, na Semana Santa de 1957, sobre o novo altar da Capela de São Jorge na Basílica de Santa Clara de Assis.

            A figura central do ícone é o Cristo, não só por seu tamanho, mas também por ser o Cristo a figura luminosa que domina a cena e transmite luz para as demais figuras. "Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida" (Jo 8, 12).

 

Momento da chegada a Ceará-Mirim

FOTOS: Edvaldo Morais

Franciscanos em Ceará-Mirim recepcionam o Crucifixo.

Escrito por Chaminé às 00h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/07/2008


DE SAUDADES E ESPERANÇAS

(ou Meu Romance com Ceará Mirim)

Dr. Paulo Roberto França (*)

 

Por ocasião do sesquicentenário do nosso Ceará Mirim, tem muita gente externando os mais puros sentimentos por esta bela terra através dos mais diversos meios de comunicação. Nada mais justo e assim tem que ser. Ceará Mirim merece tais declarações de amor, mesmo as que soam demagógicas. Eu muito já demonstrei meu apego à terra natal em vários textos. Já disse das saudades de infância e das amarguras do futuro que demora a chegar e até fica difícil criar mais alguma coisa sem cair na repetição. Sou cearamirinense da gema, da cana caiana e muito me orgulho. Vivi muito da pureza desta cidade e procuro sempre conhecer os acontecimentos que antecederam minha geração. Sou ainda a criança que acorda cedo para ir às aulas no Barão de Ceará Mirim e depois no Colégio Santa Águeda; que nas férias jogava bola na sub-estação e em frente ao cemitério; que corria atrás dos caminhões que traziam os parques de diversões para animar as festa da padroeira da inocente meninice; ia também no encalço dos palhaços dos velhos e bons circos que nos visitavam, sem falar das missas das tardes de domingos celebradas por Padre Rui e dos catecismos com Irmã Dorinha, os quais desejava que logo terminassem para curtir as matinês de Chico Uriel ou do Cine Paroquial, vendo um bom faroeste e o seriado de Flash Gordon. Fui o moleque que derrubava lixeiras das calçadas só para ouvir os desaforos das donas de casa, mas fui também o coroinha temente a Deus, cuja fé se agigantava na Semana Santa, nas Missões de Frei Damião e na Festa de Imaculada Conceição,  devoção herdada do nosso querido pároco. O adolescente que começava a gostar dos botequins e no Centro Esportivo flertava com as primeiras cervejas, as primeiras namoradas, ao som do Grupo Show Terríveis naquelas festa memoráveis em que as mesas do Recantão eram disputadas as tapas em cada intervalo. Querendo ser homem de verdade, arrisquei uma visita a “Flor do Meu Bairro” e lá pude ver o resto da burguesia da época torrando dinheiro com raparigas que nem notaram minha presença. Com pernas trêmulas fui embora, com medo de Antão Barreto, chefe dos comissários, me levar de camburão e me matar de vergonha perante minha avó e minhas tias. Deixei para debutar na putada tempos depois. São essas lembranças que trago da outra Ceará Mirim, quando ainda se podia brincar nas ruas, nos rios, se fazer serenata, se namorar no portão, transar no “Hotel Calango”, visitar  Ilha Bela e Mucuripe, Verde-Nasce sentindo o cheiro do melaço, tomar banho em Nascença, passear na Jacoca, participar da Mini-Jufra, cantar nos Conjuntos de lata, fazer pic-nic  para as praias em cima de caminhões, assistir Centro, Ipiranga ou Náutico jogando partidas inesquecíveis no campo do CEC ou campeonatos de futebol de salão com irmãos Costa e tantos outros craques num ginásio lotado,  criar passarinhos sem ter que se importar com o Ibama, molhar “papangus”  e assistir aos blocos de rua, índios e caboclinhos no carnaval, freqüentar a bodega de Dudu e ouvir suas tiradas e tantas outras reminiscências que nunca se apagarão e que nas horas vagas faço questão de contá-las em forma de histórias para os meus filhos. Agora sou o homem de coração infantil e sempre amante desta terra. Às vezes desiludido com os predadores que se travestiram de filhos e donos deste vale e nele sugaram a seiva dos dias melhores, mas não arredo o pé daqui. Não posso desanimar nem desistir de ver Ceará Mirim crescer e ser o que merece. Afinal este vale verde me enche de esperanças todas as manhãs quando o contemplo da minha varanda, afinal nas belas águas de Jacumã recarrego forças e me encho de otimismo no futuro deste povo. É assim que devemos ser apesar de tantos quererem o contrário. É assim que demonstramos ser filhos legítimos deste torrão, morando, trabalhando, constituindo família e participando da vida do Município em qualquer frente que seja para torná-lo mais próspero e ideal. 150 anos de história. Marca de um passado e de comemorações justas. Marco de caminhada rumo a uma nova Era. Vivo e Viva Ceará Mirim sempre!

 

(*) Advogado e articulista do Blog Chaminé.

Escrito por Chaminé às 05h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Souza Júnior é filho do casal “De Assis”(CEF) e Francisca Amália. Web leitor, botafoguense, neste domingo chega aos 26 anos de idade. Parabéns do Blog.

Escrito por Chaminé às 05h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CEARÁ MIRIM QUE VIVI, VIVO E VIVEREI.

João André Justino Neto (*)

Lembro-me com muita propriedade da minha infância nesta adocicada cidade, adocicada pela rica sacarose de seu plantio de cana, adocicada pelo vale fértil onde tudo que se planta dá. Infância não tão fácil, mas também não muito difícil. Não muito difícil por que tínhamos duas grandes feiras aos sábados e aos domingos. Tínhamos a fabrica de cuscuz do seu Nezinho e a fábrica de doce próxima ao ginásio de esportes Aderson Eloy, que ao sairmos da escola Barão de Ceará Mirim, onde aprendemos as nossas primeiras lições, tínhamos a certeza de mais um dia de barriga cheia porque lá não nos era negado o lanche santo de todo dia. Bons tempos que não voltam mais. Conversando com meus pais eles me dizem: "Meu filho, naquela época tudo era mais fácil, eram duas feiras, emprego, solidariedade. Feliz de você que teve infância naquele tempo". Ufa!

 Hoje vivo em uma Ceará Mirim onde já não existe fábrica de cuscuz, de doce, de nada, as crianças de hoje já não tem onde fazerem seus lanches santos de cada dia, falta solidariedade, falta emprego, a feira se resumiu a um só penoso dia. Ao alvorecer de cada dia acordo com os acordes da buzina do trem do “grude” levando para Natal nossa rica mão de obra humana, onde viverão a mercê de verdadeiros capitalistas sanguessugas, fazendo de Ceará Mirim uma cidade dormitório.

Porém, tenho fé em Deus que viverei e verei uma Ceará Mirim rica em fábricas onde nossas crianças não precisem ir em busca do lanche santo de cada dia porque os seus pais estarão empregados, a solidariedade será constante, e nossos jovens não precisem mendigar empregos em outras praças e que o trem do “grude” seja só uma peça de turismo.

(*) Profissional autônomo, web-leitor assíduo e torcedor símbolo do ABC F.C. em Ceará-Mirim.

Escrito por Chaminé às 05h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

26/07/2008


ANA FIGUEIREDO

Somos vulneráveis em nossa condição humana, porém o nosso maior privilégio está no exercício da palavra que resiste às agressões à capacidade criativa da sociedade que vem sofrendo um processo exaustivo de marginalização, sentido em todo país. Se é difícil o prazer, também se tornou difícil se alimentar, educar e curar, mas através da palavra viva geramos os anticorpos necessários para o combate a um corpo social doente que tende a apagar as experiências vívidas e vividas pelos seus agentes ao longo do tempo. Entalhar essa palavra na memória do incauto leitor é tarefa árdua e para poucos,parabenizo vc por essa iniciativa, vocês estão conseguindo extrair de dentro de cada um de nós uma saudade cultural desta cidade, sufocada pelo tempo e substituída pela atualidade. Parabéns. Ana Figueiredo.

Ana Figueiredo | anarochacdl@hotmail.com.br |  25/07/2008 20:42

 

CEICINHA CÂMARA

Bom rever essa figura importantíssima, Sr. Carlos Crescêncio, que foi muito amigo da minha mãe. Sempre que passava em frente à sua casa, falava sempre com simpatia comigo! Eu, minha irmã(Mocinha) e minha mãe trabalhamos alguns anos com seu filho: Dr. Edmilson, na Clínica Dr. Murilo Barros. O seu filho cardiologista: Dr. Carlos Crescêncio Filho, acompanhou os últimos momentos de vida da minha mãe, no Hospital São Lucas. Dêu-nos muito apoio! Luzimar com sua doçura, muito simpática! Admiro esta família!

 

Índio Paraupaba. Meu Deus, Neto! Onde você foi buscar essa história riquíssima? I Fiquei vislumbrada com esse legado! Parabéns, amigo! Cada vez mais tenho orgulho da tua pessoa. És merecedor de tudo o que tens conseguido realizar. Abraços!

Ceicinha Câmara | ceicinha1973@hotmail.com |  26/07/2008 00:27



O Blog agradece a  ANA FIGUEIREDO e CEICINHA CÂMARA pelos comentários enviados.

Os leitores podem mandar mensagens  através do espaço para comentários no rodapé das postagens ou para nosso e-mail:  chamineh@bol.com.br

 

Escrito por Chaminé às 11h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PARAUPABA: UM HOMEM A SER

REVELADO EM NOSSA TERRA

Francisco Martins Alves Neto (*)

 

Muita coisa boa foi dito de Ceará Mirim referente ao tempo passado. Escreveram sobre fatos e pessoas. Artigos que nos fizeram reviver épocas maravilhosas. Darei também minha contribuição aos 150 anos desta cidade, mas o que escrevi fui buscar  num tempo que está muito mais aquém  do ano de 1858.

            Convido os leitores a formularem comigo, em suas mentes, a imagem destas terras, no século XVI. Sei que será difícil, mas vamos tentar. Não existia nenhuma cidade, nenhuma estrada. Os caminhos eram totalmente veredas, e nelas caminhavam índios, portugueses, holandeses.

            Entre estes índios, havia um que batizado à fé católica, recebeu o nome de Antônio Paraupaba. Grave bem este nome. Filho de Antonio Gaspar Paraupaba, da tribo Potiguara, que vivia nestas terras onde hoje é Ceará Mirim, o índio tornou-se amigo dos holandeses e fez história.

            Aprendeu a ler e escrever, destacando-se entre os principais mediadores entre holandeses e índios no Brasil. Em 1625 atravessou o Atlântico, juntamente com seu pai e outros onze indígenas rumo a Holanda.

            Foi designado por Maurício de Nassau, Governador Geral, para acompanhar juntamente com ele uma delegação brasiliana, na Holanda, onde participou de uma audiência com os senhores dirigentes da Companhia das Índias Ocidentais. E para eles falou na língua flamenga.

            Antonio Paraupaba garantiu com sua luta a liberdade dos índios e assegurou alguns privilégios para os brasilianos, incluindo o estabelecimento de câmaras de escabinos (vereadores) nas aldeias e a criação do cargo de regedor.

            Foi destaque na mobilização de guerreiros indígenas durante a “Guerra dos Bárbaros” também conhecida como “Guerra de Açu”, que durou mais de cinqüenta anos.

Diversas vezes viajou para os Países Baixos, mas em 1654 foi pela última vez para a Holanda, quando redigiu dois memoriais para os Estados Gerais. Desta forma, Antonio Paraupaba, índio, é sem sombra de dúvida, na pré-história da cidade de Ceará Mirim, o nosso primeiro escritor, e o que é melhor, com obras publicadas na Holanda.

Faleceu em 1656 sem ter recebidos respostas às suas reivindicações. Seus manuscritos foram publicados em forma de panfletos pela Editora Hondius, em Haia, Holanda.

Hoje, Paraupaba é nome de um grupo de estudos da questão indígena no Rio Grande do Norte, criado em 2005, formado por professores, pesquisadores e estudantes da UFRN (Museu Câmara Cascudo e Departamento de Antropologia).

Eis aí então um nome que Ceará Mirim deve não esquecer: Antonio Paraupaba.  Onde morou? Onde ficava sua aldeia? Que mais poderemos saber dele? São perguntas que talvez não recebam respostas, mas diante da infância de 150 anos de uma cidade, é  motivo de alegria saber que um filho genuíno desta terra  fez tanto pelo seu povo.

 

(*) Francisco Martins é escritor, membro da Academia Estudantil de Letras Poeta Antonio Francisco e colaborador do Blog CHAMINÉ.

 

Escrito por Chaminé às 01h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10 ANOS

A Equipe da Pastoral da Comunicação de Ceará-Mirim participou da programação festiva pelos 10 anos da PASCOM. A Rede Vida esteve presente e fez reportagem que deverá ir ao ar no telejornal JCTV deste sábado ao meio dia ou na segunda-feira no mesmo horário.

 

LANÇAMENTO DE LIVROS

O Blog marcou presença  noite de ontem na Estação Cultural Roberto Varela para solenidade de lançamento de dois livros: GÊNESE E PRESERVAÇÃO, História, Patrimônio Cultural de Ceará-Mirim e Turismo, do autor Caio César da Cruz Azevedo; e NAS ESQUINAS DE CEARÁ-MIRIM, de Evandro de Sá Pereira. Na próxima semana publicaremos matéria com fotos deste evento.

 

SEBO
Dois boxes do Mercado de Petrópolis em nossa capital vão ganhar novidades em agosto: um sebo (livros, discos, cds, dvds, etc) e um antiquário. 

 

REGAEE

No sábado que passou aconteceu o Tributo a Bob Marley em Ceará-Mirim. Veja detalhes e fotos deste evento  no blog do Professor Carlos Henirque:  www.gotoseco.zip.net

 

ANOS SESSENTA

Neste domingo o programa JOVEM GUARDA ESPECIAL, que vai ao ar a partir das 8 horas da manhã pela 87 FM de Ceará-Mirim apresenta uma seleção de músicas marcantes. Em destaque ainda grandes sucessos de Roberto Carlos. O programa é apresentado  por este blogueiro e produzido por  Eliel Silva, que também participa no quadro “As originais e suas versões”. As vinhetas tem a voz do anjo azul a quem chamamos Gildete Soares.

 

DO BUMBA

O publicitário e radialista mossoroense Caby da Costa Lima lançará na próxima quinta-feira 31/07 no LULA RESTAURANTE em Natal seu mais novo livro iconográfico: DO BUMBA - VOL.7 . A animação musical será de amigos seus que integraram a famosa Banda Impacto 5.

 

KRISTAL

A cantora natalense  KRISTAL gravou o jingle principal de Fátima Bezerra, candidata do PT à prefeitura de Natal. A música é do publicitário Idalmir Oliveira, letra de Adriano de Sousa e foi gravada nos estúdios da Megaphone Produções.

 

DATA

26 de Julho é o dia da Vovó.

 

 

 

Escrito por Chaminé às 01h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

por CARLOS ANTUNES 

Sr. CARLOS CRESCÊNCIO

            O Sr. Carlos Crescêncio Freire, cearamirinense nascido aos 18/03/1923,   casou-se em 1946 com a Sra. Maria Rodrigues Freire e foi pai de  seis filhos, sendo todos formados: Luzimar (Administração); Gilson (Auditor Fiscal do Estado);Wilson Contabilidade); Edmilson (Médico Pediatra); Carlos Crescêncio Filho (Médico Cardiologista) e Gisélia (Enfermeira com curso superior).   Atualmente com  85 anos de idade, sente-se realizado e feliz por tudo o que construiu. Ele é um exemplo de cidadão que  com trabalho e dignidade faz parte da história do verde vale de Ceará-Mirim.  No registro fotográfico abaixo o Sr. Carlos Crescêncio participava do lançamento de livros na Estação Cultural Dr. Roberto Pereira Varela, nesta sexta-feira, 25/07/2008.

Sr. Carlos Crescêncio

Escrito por Chaminé às 00h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CEARÁ-MIRIM EM VERSOS

 

Manoel Ferreira Neto

 

Complemento

 

Ceará-Mirim pra quem não sabe

É a terra onde um boi falou

Foi no engenho Timbó

Assim um senhor me contou

O boi trabalhava tanto

Domingo, feriado e dia santo

E dizia: não me mate meu senhor!

 

Quem não acreditar na história

Pode o boi desenterrar

Ou procurar o senhor

Que ele vai confirmar

Eu que faço poesia

Nessa minha fantasia

Nunca vou discordar

 

Ceará-Mirim,  Vale de encanto

Já dizia seu escritor

Poeta Nilo Pereira

Um ilustre orador

Filho da boa terra

Grande compositor

 

Seu vale que chamava “Verde”

Hoje está um torrão

Por falta de competência

Dos que herdaram a gestão

Não aprenderam trabalhar

Só queriam beber e jogar

No cassino de Cleto Brandão

 

Por todo lugar que ando

Nada vejo plantar

Pergunto a agricultores

Respondem, não temos como trabalhar

Terras existem demais

O dono porém  jamais

Arrenda, vende ou dá.

 

Ceará-Mirim do presente

Quero aqui confirmar

Políticos acabaram-se

Não tem em quem votar

Ainda restou “Tudo Rico”

Que vai morrer com o riso

Mas campanha não ganhará

 

Comércio cresce bastante

Em proporção muito além

Graças aos Ramalhos, aos Rochas

José Praxedes e  Serve Bem

Falar de Dinaide Arruda

Comerciante que até ajuda

A feira que sábado tem

 

Os cento e cinqüenta anos

De sua emancipação

Quem tem memória lembrará

Quase não houve evolução

Já foste terceira cidade

Hoje uma calamidade

Desce na classificação

 

Ceará-Mirim permita-me

Em versos registrar

No meu  livro de poesia

Que pretendo editar

Falar em verso e prosa

Na poesia rimar.

 

Manoel Ferreira Neto

Julho/2008

Escrito por Chaminé às 00h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Há exatamente um ano (em 26/07/2007) Franklin Marinho era homenageado na Câmara Municipal de Ceará-Mirim juntamente com Sebastião Palhares, Vital Correia Filho, Joaquim Câmara e Murilo Pinto por serem os ex-vereadores ainda vivos que participaram de legislaturas mais antigas.

Escrito por Chaminé às 00h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

25/07/2008


25 DE JULHO - DIA DO ESCRITOR.

A SAUDAÇÃO DO BLOG AOS SEUS TRADICIONAIS COLABORADORES:

FRANCISCO MARTINS ALVES NETO, PAULO ROBERTO DE FRANÇA, CARLOS MAGNUS DA COSTA DE SOUZA, CARLOS ANTUNES E ELIEL SILVA.

Escrito por Chaminé às 08h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PROBLEMA SOLUCIONADO

As postagens de 21 a 24/07 foram re-editadas, sendo adicionadas fotografias e ilustrações.

 

LIVRO

Hoje as 17h30 a Estação Cultural Roberto Varela será palco do lançamento do livro: GÊNESE E PRESERVAÇÃO – História, Patrimônio Cultural de Ceará-Mirim e Turismo. A obra tem como autor o cearamirinense Caio César da Cruz Azevedo. Evento faz parte da programação do sesquicentenário do Município.

 

DATA

25 de Julho é dia do padroeiro dos motoristas: São Cristóvão. Logo mais à noite acontece missa e procissão motorizada conduzindo a imagem do santo pelas ruas de Ceará-Mirim. Hoje também é o dia do Escritor.

 

TRABALHOS ACADÊMICOS

Será concluída nesta sexta-feira a apresentação de trabalhos acadêmicos na Estação Cultural Roberto Varela, dentro das celebrações dos 150 anos de Ceará-Mirim.  A programação para hoje:

08h00 Descentralização Fiscal e Desenvolvimento Socioeconômico de Ceará-Mirim. Palestrante: Willian Gledson Silva

09h00 Vila Bonita Restaurante e Cachaçaria: proposta de recuso para a Casa Grande do Engenho Guaporé – com Ana Rachel Pinheiro Fonseca.

14h00 Rio Ceará-Mirim: panorâmica de um estudo – Palestrante: Francisco Vitorino A. Júnior

19h00 Proposta do Paço Municipal de Ceará-Mirim: um centro administrativo – com Antonio Augusto S. Júnior

20h00 Dos Bangüês às Usinas de Açúcar – Palestrante: Francisco de Assis Rodrigues.

As palestras são abertas ao público.

 

EXPOSIÇÃO

A Exposição CEARÁ-MIRIM 150 ANOS – Ontem e Hoje, contemplará: a evolução empresarial (Do Barão de Ceará-Mirim a Geraldo Melo); os intelectuais: de Madalena Antunes a Sanderson Negreiros; e paisagens: O Vale, As ruas, Os engenhos, As usinas, O solar dos Antunes, O Mercado, A Feira, A Matriz, As Escolas e a Biblioteca Pública.

 

LOCAL E DATA

A exposição vai acontecer na Estação Cultural Roberto Varela, no período de 30/07 a 15/08, com visitação diária das 08h00 as 12h00 e de 14h00 as 21h00. A curadora é Gildete Moura de Figueiredo.

 

COURO E ACESSÓRIOS

A mossoroense radicada em Ceará-Mirim Francisca Amália, casada com  “De Assis”  da Caixa, mãe de Júnior e Rafael,  adquiriu a franquia e estará inaugurando em breve a loja COURO E ACESSÓRIOS. Local: Shopping Via Direta, em Natal. Votos de pleno êxito à conterrânea.

 

CULTURA

O "Troféu Cultura", criado em 2003, este ano chega a sua 5ª edição homenageando personalidades, artistas, produtores e pesquisadores dos diferentes setores artísticos e culturais do Estado. Para cada categoria, o troféu receberá o nome de uma personalidade que tenha contribuído de forma decisiva com nossa arte e a nossa cultura. A cerimônia de entrega do Troféu Cultura acontece hoje às 19 horas, no Teatro de Cultura da Fundação José Augusto, com a promoção do jornalista Toinho Silveira.

 

 

TEATRO

Bastou as atrizes Heloísa Perisé  e Ingrid Guimarães criticarem o caótico estado do Teatro Alberto Maranhão em Natal que o governo liberou recursos para sua restauração. Valor R$ 300 mil.

 

LUIZ ALMIR

O Deputado cantor foi autor de um projeto de Lei que institui o “Dia do Garçom no RN”. Os garçons  em nosso estado  ganharam um dia só para eles. Foi publicado, no último dia 22, no Diário Oficial do Estado, que todo o 1º de setembro será dedicado a essa categoria. Ele já prepara a comemoração para o  primeiro dia dos garçons. A idéia do deputado é inverter a situação e, naquela data, os clientes é que irão servir os garçons. O local ainda não está definido, mas a atração sim: Reginaldo Rossi, a confirmar.

 

 

DO BLOG DE ALEX MEDEIROS

Em 1988  Henrique Alves era candidato a prefeito de Natal e tinha apoio das esferas Municipal (Garibaldi Alves) Estadual (Geraldo Melo) e Federal (José Sarney), além do pai Aluísio Alves que era Ministro.  Obteve uma derrota histórica. A campanha foi vencida por Wilma, que ainda era Maia.




Feliz Aniversário!!! 67 anos.

 

Escrito por Chaminé às 03h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Sobre o artigo “VIDA E LEMBRANÇAS EM CEARÁ-MIRIM” escrito por Eduardo Araújo e publicado na postagem de 24/07:

 

JANAÍNA

Quanto saudosismo aos 24 Edu, mas é essa sua visão que me faz ter orgulho de ser sua amiga. Janaina | janainapaiva98@yahoo.com.br |  24/07/2008 15:24

 

FRANCISCO NAVEGANTES

Parabéns Eduardo. Me vi menino nas suas palavras, brincando na balaustrada e tomando banho no velho "rio da draga". Também parabenizo o amigo Edvaldo Morais,por promover nossa cultura, nossos valores. Francisco Navegantes | navegantes-matas@bol.com.br |  24/07/2008 12:20

 

CEICINHA CÂMARA

Muito inteligente esse texto do Eduardo! Pôxa! Lembro-me do Deca e Dorinha à frente da organização do bloco Topo Giggio, animando as ruas de Ceará-Mirim! Também fiz muitos passeios pelo vale, em direção ao sítio dos meus pais, em Matas! Íamos de bicicleta! Eu, Nonoca(filha de Dona Socorro Moreira da farmácia), e mais alguns amigos do tempo de escola. E sempre dávamos umas paradinhas pra refrescar as idéias, começando pelo Olheiro de Diamante (Administrado pelo seu Salu, amigo dos meus pais), depois pelo Olheiro de Santa Rita, Nascença, Açude de Matas e por último Lagoa do Mineiro. E a minha saudosa mãe sempre me esperando,  junto com os meus amigos, com um banquete muito especial, servido debaixo de uma mangueira! Como tenho saudades! Parabéns Eduardo!

Ceicinha Câmara | ceicinha1973@hotmail.com |  PORTUGAL, 24/07/2008 19:23

 

De Ceiça Ramalho (Portugal):

Oi Edvaldo! Seu blog está cada vez mais maravilhoso! E pra matar a saudade da terrinha, sempre que posso tou passando por aqui.

O Blog agradece a Janaína,  Francisco Navegantes, Ceicinha Câmara e Ceiça Ramalho pelos comentários. Disponham de CHAMINÉ.

 

Escrito por Chaminé às 02h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 

CEARÁ MIRIM EM VERSOS

 

 

por Manoel Ferreira Neto (*)

 

 

Ceará-Mirim terra admirável

Dos Barões e Coronéis

Sua história tem brio

Junto aos seus igarapés

Não esquecendo Diamante

Com sua vertente redundante

Fazendo inveja às marés

 

Ceará-Mirim terra sem igual

Dos verdes canaviais,

Cobre-se com o seu manto

Dos belos coqueirais

Lembrando das palmeiras

E dos lindos carnaubais

 

Ceará-Mirim, apesar do diminutivo

Já foi de muita produção

Admirada pelo Nordeste

Por sua grande evolução

Ciclo da cana-de-açúcar

Precariamente teve continuação

 

Ceará-Mirim se enriquece

Com a Virgem da Conceição

Mulher de maior pureza

Abençoa seus filhos com retidão

E despreza poderosos

Que não lhe dão atenção

 

Ceará-Mirim, sua Usina São Francisco

Vai indo relativamente bem

A Usina Santa Tereza

A tempo foi para o além

E a saudosa Ilha Bela

Que era cheia de sentinela

Já não tem mais ninguém

 

Ceará-Mirim da família Varela

Que promoveu evolução

Essa sim amava a terra

É a minha opinião

Se olhares o passado

Verás que tenho razão

 

Ceará Mirim sua história

É cheia de grandeza

Tiveste muitos filhos

Alguns até com nobreza

Foste conhecida de todos

Por sua imensa riqueza

 

Continua Amanhã...

(*) "Ferreirinha" foi funcionário das CASAS PERNAMBUCANAS

 em Ceará-Mirim. Está se aposentando.

É sogro de Mayara, funcionária da agência local do BB.

É também Mestre Maçom e

secretário da Loja Princesa dos Canaviais.

Escrito por Chaminé às 01h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Chaminé às 01h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/07/2008


 

150 ANOS

O Blog participou  noite de ontem  na Estação Cultural Dr. Roberto Varela da abertura do ciclo de trabalhos acadêmicos sobre aspectos históricos, econômicos e culturais de Ceará-Mirim,  em comemoração ao sesquicentenário do município, promovido pela Fundação Nilo Pereira, com  ótima presença de  público prestigiando o evento.

 

PARTICIPAÇÕES

Tendo como mestre de cerimônia Carol Martins, participaram da noite cultural com pronunciamentos,  o Diretor da Fundação, Severino Pinheiro Martiniano (Bill);  convidados Roberto José Marques Pereira (filho de Nilo Pereira) e  José Fernandes de Senna (filho de Júlio Senna). Os visitantes estavam acompanhados de familiares.

 

NO TELÃO

Na programação,  o professor e pesquisador Gibson Machado exibiu em telão, com comentários,  slides do Ceará-Mirim antigo. No final aconteceu apresentação do Grupo de alunos de flauta doce da Escola de Artes José Lemos, sob regência do professor Leonardo. Ainda esta semana publicaremos fotos do evento. 

 

SEQUÊNCIA

Nesta quinta-feira os trabalhos tem continuidade na Estação Cultural, aberta ao público,  com a seguinte programação:

  • 08h00 Mapeamento cultural: Conhecendo Ponta do Mato – com Maria Edna A. S. França;
  • 09h00  Relação da monocultura da cana-de-açúcar com a atividade turística no município de Ceará-Mirim. Palestrante: Ana Néri da Paz Justino.
  • 14h00 Vale e cidade: Ceará-Mirim na memorialística de Nilo Pereira – com Helicarla Nyely B. de Morais.
  • 15h00 Adele de Oliveira – Palestrante: Fabiano Moreira de Oliveira.
  • 19h00 Maria Madalena Antunes Pereira: um Descortinar das Memórias de uma mulher – com Rosane Mendonça Rodrigues.
  • 20h00 Nilo Pereira no Cenário Cultural de Ceará-Mirim – Palestrante: Ana Karoline R. da Silva.

 

MOSTRA

Continua em exposição na sede provisória da Biblioteca Pública Dr. José Pacheco Dantas  uma mostra lítero-fotográfica com produções culturais sobre o Ceará-Mirim. A visitação é aberta ao público no horário normal  de funcionamento da biblioteca.

 

NOVO BLOGUEIRO

Carlos Sobral estará substituindo Francisco Navegantes em seu blog www.amocearamirim.zip.net  até outubro. Navegantes, do Partido dos Trabalhadores - PT,  concorre a uma vaga na câmara de vereadores. Carlinhos, bem vindo à blogosfera!

 

PROFESSOR ASSIS

Um dos fortes postulantes a uma cadeira na Câmara de Ceará-Mirim, professor Francisco de Assis Rodrigues, ex-secretário municipal de educação,  anuncia a retirada de sua candidatura.

 

SET

O natalense Rodrigo Salem, filho do médico Caio Salem, assina a matéria de capa da revista Set, direto de Los Angeles, sobre o novo filme do 'Batman - O Cavaleiro das Trevas'. São 14 páginas.

 

GABRIEL, O PENSADOR

Na programação da 4ª Feira do Livro que será realizada no próximo mês em Mossoró estão confirmadas presenças,  dentre os escritores que virão para noites de autógrafos,  Gabriel, o Pensador e o biógrafo Fernando Morais, que recentemente lançou o retrato mais fiel do escritor Paulo Coelho.

 

 

LEMBRANDO

A Rede Globo exibe hoje, no fim da noite, “Por Toda Minha Vida”, programa que  mistura documentário e dramaturgia mostrará a trajetória de Chacrinha, o “velho guerreiro”  com entrevistas de amigos, familiares e material de arquivo.

 

DATA

Em  24 de  julho o  registro de que no ano de  1883 a cidade de Campos no estado do RJ era a primeira a receber  iluminação pública na América Latina.

 

POR FALAR EM ILUMINAÇÃO

Quando em  Ceará-Mirim ainda não havia chegado a “luz” de Paulo Afonso, a  iluminação vinha de dois geradores de energia. Um maior, que ficava ligado das cinco horas da  tarde até as dez da noite. Outro menor, que ia das dez à meia-noite. Se após aquela hora  o  gerador  permanecesse  ligado  era  sinal  que alguém  na  cidade  havia  falecido.  Outro  detalhe: naquela época,  o  último  poste  com  lâmpada  ficava  nas proximidades onde hoje está a Escola Estadual Ubaldo Bezerra de Melo. (Informação do Sr. Augusto da Padaria)

 

ILUSTRAÇÃO

Logo o  Blog CHAMINÉ voltará a publicar fotografias e ilustrações. O problema com o editor de imagens está sendo solucionado.

 

 

Escrito por Chaminé às 05h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

VIDA E LEMBRANÇAS

 EM CEARÁ-MIRIM

 

 

por Eduardo Araújo (*)

 

Como jovem tive muito que ver em poucos anos que vivo aqui e já conheci muitas faces e idéias de Ceará-Mirim. Lembro das ruas que descia ainda sem seu asfalto, onde “cada lugar estava na sua coisa” – como canta Sergio Sampaio. Curtia rock no já extinto Bar do Tubarão, mas bom mesmo era o Clube Inferninho, dizia meu pai. Fui muito ponteado pelo meu finado avô enfermeiro Oséias. Era tudo sabido: onde se comprava pão na Rua São João; onde se via um por do sol gentil lá na janela da torre da igreja Matriz; a noção que se tinha do vale era a distancia, hoje é sua imensidão formosa e rara que chama os olhos. Sabia-se que pra restaurar o calçado era só ir direto a Luis de Julia, aquele cheiro forte de cola de sapateiro, sacos, bolas e chuteiras penduradas e Luiz sentado quase no chão com uma agulha e linha...

Lembro que caçávamos pardal nas margens do rio Ceará-Mirim e que depois ainda dava pra se tomar banho, lembro também de um “cara” que morava em baixo da ponte. Era massa! Nós íamos até perto da usina São Francisco pra “roubar” cana e pegávamos um atalho até o Museu Nilo Pereira. Pegávamos nossas bicicletas e abarcávamos na estrada até Capela, mas antes tomávamos banho no olheiro de diamante, depois num rio raso perto do engenho de Nascença. Íamos até a casa de Roberto Varela ver os pavões e a arara. Também íamos aos engenhos Verde Nasce e Mucuripe que às vezes tinha mel ou rapadura pra doar; e tantas outras coisas me lembro daqui... Hoje temos uma juventude plena, com cicatrizes é claro, mas que nunca deixou de “ouvir a cidade com outros olhos”.

Hoje, nessa cidade feita de ladeiras, asfaltos e cercas vejo que na sua biografia, o momento atual lança um novo rumo ao município, que já abriga uma favela tensa, acolhe uma grande população em termo de relações sociais, um comercio variado, tem um grande número de assentamentos rurais, é um dos maiores do RN em extensão e que tem uma relação intensa com a capital e com os problemas que aflige e descontrola todo o país.

Nesses anos vi idéias boas pra cidade muitas vezes soltas no chão sem poder se levantar, assisti muita tradição pendurada no peito do povo, vi também “o caldo da verdade fervendo na panela” – como declamou Paulo Varela – mas ainda não sei de nada, nem mesmo tenho história a mais pra contar, além das que não se pode falar.

Enfim, viver aqui é bom “em partes”, o que falta é consciência das partes do todo, mas isso deve ser a pressão pra melhorar, a insaciável forma de viver do homem, sempre ávidos e complexos dentro dessa realidade tão absurda. Mas o que prevalece sobre todas as charadas e cristais, somos nós que fazemos esta cidade, seja na poesia, na arte, na fotografia, na rua, dentro do mercado, no mercado da carne, na feira livre... Do Rio dos Índios, em Gravatá, até  Ponta do Mato, nos assentamentos e na Baixa do Rato, tudo se faz em Ceará-Mirim, do vassourão até arte pós-moderna requintada. Tudo é possível se esse povo colocar as idéias pra frente e pra isso a solução está em não “confundir as bolas” e nem esperar por outro dia ou mais 150 anos.

 

(*) Editor do zine alternativo GOTO SECO. Eduardo é filho do casal Deca (do Bloco Topo Giggio) / Dorinha e irmão do professor Carlos Henrique.

 

Plantação de Cana-de-açúcar

Foto: Arquivo do Blog

Escrito por Chaminé às 05h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/07/2008


 

LIVRO

O Blog agradece a Caio César da Cruz Azevedo pelo convite especial para  lançamento do seu livro “GENESE E PRESERVAÇÃO – História, Patrimônio Cultural de Ceará-Mirim e Turismo.” Será nesta sexta, 25/07 as 17h30 na Estação Cultural Dr. Roberto Varela. Evento faz parte das celebrações dos 150 anos de Emancipação Política do município.

 

CORDEL

Durante a 4ª Feira do Livro que vai se realizar na cidade de Mossoró de 5 a 10 de agosto,  o cordelista cearamirinense Sebastião Silvestre participa, com chance de vitória, do Concurso literário de cordel. O tema é: a importância do livro em minha vida. Sebastião é aluno do 1º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Edgar Barbosa em Ceará-Mirim.

 

COMPUTADOR

O novo programa para edição de fotos do Blog está vindo de Mossoró via Correio. Creio que até sábado o problema será solucionado. Grato ao professor Abrahão.

 

TEATRO

Colunistas da capital comentaram que sábado,  durante a apresentação do espetáculo “Cócegas” no “Alberto Maranhão” a atriz Heloísa Perrisé “em cena” reclamou cinco vezes do calor reinante no interior do teatro, haja vista os aparelhos  de ar refrigerado estarem com problemas e dos vôos rasantes de morcegos sobre a platéia.  Nos agradecimentos disse que, tirando o teatro, Natal é uma ótima cidade.

 

MÉDICOS

O Sindicato dos Médicos do RN abre nesta quarta-feira as 20h00 o V Congresso Médico do Estado. Na solenidade de abertura irá homenagear os senadores Garibaldi Filho e José Agripino Maia, a deputada Micarla de Sousa e o ex-deputado estadual Paulo Davim. Eles receberão uma placa em agradecimento ao trabalho em defesa dos interesses da classe médica.

 

PEDOFILIA

A Policia Federal desbaratou uma quadrilha que explorava crianças em Roraima, onde participavam o procurador-geral do Estado, grandes empresários, autoridades de Estado e policiais militares.

 

BARRIGA(?)

Na transmissão da última corrida de Fórmula 1 a Rede Globo faz a chamada "dobradinha brasileira" para um segundo e terceiro lugares. Felipe Massa é brasileiro,  porém, pra quem não sabe, Nelsinho Piquet nasceu na Alemanha.

 

NEW YORK TIMES

Uma nota do jornal nova-iorquino do dia 15 mostra a atenção e compreensão com o futebol brasileiro. Diz lá que o "Flamengo, time dos favelados do Rio, venceu o Vasco, time dos portugueses que moram no Rio, por 3 x 1".

 

DATA

Foi em um 23 de julho no ano de  1932, que Santos Dumont, o brasileiro inventor do avião, se enforcou com uma gravata em um hotel no Guarujá (SP) depois de ver sua obra sendo usada em táticas de guerra.

 

23 de Julho é dia do patrulheiro rodoviário. A Polícia Rodoviária Federal comemora esta data com uma campanha de doação de sangue. Nesta quarta-feira há um posto de coleta no Shopping Via Direta/Natal. Os doadores receberão de brinde uma camiseta comemorativa.

 

Escrito por Chaminé às 05h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CEARÁ-MIRIM, HISTÓRIA RECENTE

            O desenvolvimento da cultura e processamento da cana de açúcar repetiu, na região do Ceará Mirim, o mesmo modelo que marcaria a sua evolução no país: expansão até à fase de ouro do chamado “ciclo da cana” dando lugar à criação de grande número de engenhos produtores de “açúcar bruto”, mel de engenho e rapadura.

            A essa fase, com o crescimento e estruturação de um mercado interno e as mudanças na tecnologia de produção que iam acontecendo, seguiu-se a agregação dos engenhos para permitir o estabelecimento de unidades de maior tamanho – as usinas – ou a simples eliminação desses engenhos como unidades autônomas. Em sua maior parte foram adquiridos pelas usinas e tiveram as suas terras transformadas em estabelecimentos agrícolas, fornecendo cana para o setor industrial nascente.

            Na região de Ceará Mirim, ao final do século XIX, mais de 80 engenhos estavam funcionando. Em meados do século XX, o número de engenhos estava reduzido a meia dúzia, com o simultâneo aparecimento de três usinas – São Francisco, Ilha Bela e Santa Terezinha, esta última de vida muito curta, logo absorvida pela sua vizinha, Ilha Bela.

            Como era de prever, a preeminência da atividade agrícola e industrial em torno da cana de açúcar facilitou o aparecimento de lideres políticos com capacidade de ampliar a sua liderança para além da própria região.

            Considerando apenas o período iniciado em meados do século XX, Ceará Mirim ofereceu ao Rio Grande do Norte, entre outras personalidades, as seguintes, todas elas, em maior ou menor medida, ligadas à economia da cana de açúcar:

- Ubaldo Bezerra de Melo, agricultor tradicional na região, um dos fundadores da Usina Santa Terezinha, foi Interventor Federal durante a ditadura Vargas, cargo que correspondia ao de Governador do Estado;

- Luiz Lopes Varella, proprietário da Usina São Francisco, foi suplente de Senador eleito em 1954, por indicação do então Vice-Presidente e logo Presidente da República, Café Filho;

- Joaquim Leopoldo da Câmara, filho e neto de proprietários do engenho São Leopoldo, eleito deputado estadual em 1958;

- Roberto Pereira Varella, filho de Luiz Lopes Varella e seu sucessor no comando da Usina São Francisco, que, além de haver exercido a prefeitura de Ceará Mirim em três mandatos, foi por duas vezes deputado estadual, tendo, na condição de Presidente da Assembléia Legislativa, exercido interinamente o governo estadual em 1963, em face da ausência do Governador Aluízio Alves e do Vice-Governador Theodorico Bezerra;

- Geraldo Melo, controlador do grupo empresarial que, no início dos anos 70, adquiriu as Usinas São Francisco e Ilha Bela, fundindo-as e criando Cia. Açucareira Vale do Ceará Mirim. Mesmo não sendo de Ceará Mirim, radicou-se na cidade e na região. Foi Vice-Governador do Estado eleito em 1978, Governador do Rio Grande do Norte, eleito em 1986, e Senador da República eleito em 1994.

Ubaldo Bezerra, Ubaldinho e Haidée (Engenho Sta.Tereza, 1950)

Foto: Arquivo de Cléa Bezerra de Melo

Texto: pesquisa do Blog.

 

Escrito por Chaminé às 05h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/07/2008


 

 

COMPUTADOR

O computador que usamos para atualizar o Blog não está aceitando a instalação do programa editor de fotografias em substituição ao que apresentou problemas, motivo pelo qual temporariamente não está havendo ilustração fotográfica. Quando o problema for solucionado faremos re-edição das postagens. São os mistérios da informática. 

 

FESTA

Nesta terça-feira serão abertos oficialmente os festejos comemorativos aos 150 anos de emancipação política de Ceará-Mirim.  Solenidade inicial acontece em frente ao Palácio Antunes -sede da Prefeitura-  a partir das 08h00. Além de várias autoridades,  o evento contará com a presença de representações das forças armadas, inclusive a Banda de Música da Marinha do Brasil.

 

MONUMENTO

O marco que representará simbolicamente os 150 anos da cidade será um obelisco a ser inaugurado no largo do Ginásio de Esportes no dia 30.

 

FRANCISCANOS

Na próxima segunda-feira chegará a Ceará-Mirim a “Cruz de São Damião”. Trata-se de uma réplica do crucifixo diante do qual São Francisco recebeu sua missão na Capela de São Damião,  em Assis (Itália). Está percorrendo o Brasil dentro das celebrações alusivas aos 800 anos do carisma franciscano no país.

 

COLÉGIO

A recepção  da “Cruz de São Damião” será no Colégio de Santa Águeda, prevista para as 10 horas da manhã da segunda-feira. Ficará exposta para visitação pública até o dia seguinte.

 

 

PARTICIPAÇÃO 1

Ainda esta semana o Blog CHAMINÉ publica artigo de Francisco Martins Alves Neto sobre o índio PARAUPABA e seus feitos nos primórdios de Ceará-Mirim.

 

PARTICIPAÇÃO 2

Manoel Ferreira Neto, o Ferreirinha, secretário da Loja Maçônica Princesa dos Canaviais, homenageia Ceará-Mirim em belos versos de sua autoria. Serão publicados também esta semana aqui no Blog. 

 

MAÇONARIA

Por falar em Maçonaria, nesta terça-feira os maçons de Ceará-Mirim participam de Sessão Magna no Templo da Loja Maçônica Emídio Fagundes em Natal, onde estará sendo elevado ao grau de companheiro,  Carlos Magnus da Costa de Souza, articulista do Blog Chaminé.

 

CHAPA ÚNICA

Em seis municípios potiguares não haverá disputa para a prefeitura neste ano. Além da vizinha Poço Branco, as cidades de Dr. Severiano, Taboleiro Grande, Luís Gomes, Major Sales e Carnaubais também têm candidato único.

 

 

ABELARDO BARBOSA

O programa POR TODA MINHA VIDA que a Rede Globo levará ao ar no final da noite desta quinta-feira focalizará uma das figuras mais marcantes da televisão brasileira: CHACRINHA. Imperdível.

 

DATA

22 de Julho é dia do Cantor Lírico e do Trabalho Doméstico.

Escrito por Chaminé às 06h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CEARÁ-MIRIM

Um pouco de sua história.

               Ceará-Mirim nasceu Boca da Mata, povoado em torno de mata virgem, onde seus primeiros colonos sobreviviam da plantação de subsistência e roçados de algodão. Ali se formou um pequeno núcleo comercial , dando origem as primeiras edificações. No entanto, relatos de pessoas mais idosas, nos faz repensar a história de que tudo tenha começado naquele ponto. Há indícios de que as primeiras edificações surgiram na localidade conhecida como Veríssimo, lá existia uma feira e, no entorno dela, residências, engenho e cadeia. Além disso, havia ali um colégio que era administrado por padres, provavelmente os mesmos que demarcaram Ceará-Mirim com vários Cruzeiros, inclusive o que, hoje, está instalado na Rua da Cruz. Posteriormente essa escola foi administrada por um francês chamado Collerman. No Veríssimo nasceu a poetisa e professora Adelle de Oliveira. De acordo com fontes orais pesquisadas, em dias da feira, no Veríssimo, havia muita confusão com os empregados e escravos de um senhor de engenho conhecido por Dr. Loló. Esses embates eram controlados pela milícia que sempre era chamada para interferir. Assim, a feira foi transferida para a localidade de Boca da Mata e, ali, iniciou o pequeno núcleo de moradores, que se instalaram às margens do rio. Nesse ponto as estradas se cruzavam indo para sul, com destino a localidade conhecida por Jacoca e a outra destinava-se a Vila Nova de Extremoz, então sede dessas povoações.

            O núcleo cresceu e as primeiras edificações foram sendo construídas ao longo das estradas existentes. O solo fértil e bem adaptado para a plantação da cana-de-açúcar, possibilitou a instalaçao de várias engenhocas e banguês ao longo do vale. O surgimento dos pequenos engenhos contribuiu para o desenvolvimento sócio-econômico daquele pequeno povoamento. Os senhores dos engenhos instalados no vale iniciaram uma luta para trazer a estrada de ferro, que era uma maneira de escoar suas produções, e, também, um meio de diminuir a distância da província, que era feita em lombo de animal, troles e carros de boi.

            O primeiro engenho que se tem notícia foi instalado próximo a Boca da Mata - Engenho Carnaubal - e seu fundador foi um protuguês, vindo de São José de Mipibu, chamado Antonio Bento Viana. Uma filha dele, casou com o futuro Barão de Mipibu e tiveram um filho - Miguel Ribeiro Dantas segundo - casou com uma irmã de seu pai - dando origem a familia dos Meiras de Ceará-Mirim - fundadores dos Engenhos Diamante e Jericó. Outra filha do português, casou-se com José Ribeiro Dantas Sobrinho - o Zumba do Timbó - que era conhecido como  "O Major".

Foto e pesquisa: Arquivos de Blog

Escrito por Chaminé às 06h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/07/2008


NOSSO VALE, NOVO SÉCULO,

QUASE EM VERSOS.*

 

Paulo Roberto de França(*)

 

      Eis  o  novo  século,  nova  era,  chegança  do  tão  decantado  futuro. O  que  nos  espera? Ceará Mirim,  velha,  novíssima,  cansada,  porém  disposta  pra  guerra  globalizada.  Bueiros,  restos  de engenhos;  Ilha  Bela,  São  Francisco;  Agromar;  Mucuripe  e  Verde  Nasce.  Ruy,  Ruyzinho, Betinho,  Roberto  e  tantos  Barões  que  ouvimos  falar.  Barão  de  Ceará Mirim,  Santa  Águeda, Agrícola,  Isabel  Poti,  Paulinho  Professor  de  todos  nós,  Iolete  Lacerda,  Rejane  Mendonça, Lourdes Oliveira,  tantos  pra  nos  educar. E  o  poeta Zé Luis? Hino  de  letra  pueril,  por  nós  tão cantado; bem que poderia ter pedido aos artista Amarildo, Beju ou Raimundinho para lhe auxiliar. Madalena  Antunes,  Augusto  Meira,  Mela  o  Osso,  Inácio  Cavalcanti,  Guilherme  e  Franklin Barbosa,  polivalentes  na  arte,  na  nossa  história. Cultura  nossa,  nossos  caboclinhos,  bambelôs. Ousei até aqui enveredar na rima, mas poeta que não sou, seguiremos em prosa. Náutico Luiz de Júlia Futebol Clube contra Irmãos Costa, Cacau, Serginho, Renatinho, geração de ouro,  jogo de milênio. Boca da Mata ontem, Ceará Mirim hoje e sempre. Nunca seremos o avesso do avesso, dedicação do poeta àquela Metrópole, mas temos nossos proporcionais contrastes. Rua da Palha, Novo Teto, Carrasco, Praça de  Igreja, Mercado, Patú, Muriú e porque não a ponta da pedra da querida  Jacumã. Meninos  de  rua  também  temos  e  aturamos  os  branquelos  filhos  do  resto  da burguesia. Cabaré  de  Lúcia, Cosma  ou Raimunda na "Rua do Cipó". Duruca, Damião  Jorge, Xanto. De  geração para geração, perpetuação da espécie. Tudo Rico mesmo. Celso Cicco, o Monsenhor, que agora também o é nosso eterno Padre Rui. Igreja Matriz, deslumbramento nosso do azul do dia oito, do manto da  Imaculada,  rogai por nós. Botequins, Café de Cleto e Farias unidos. Hélio Venâncio, Manoel Luiz em grosso  e varejo; Bodega de Dudu, Carlos Crescêncio; Seu Vicente,  cemitério de   pinguços. Bar do Valdir, Zé do Recantão, outrora reduto da boemia dos detalhes das noites do  Centro  Esportivo.  Ceará Mirim,  os  que  se  foram  deixando  marcas,    de  cima  te  olham, revivendo teu passado como num filme. Desde o cândido Chico Rodrigues, até Evilásio, Agenor do Boi, amáveis  brutalidades. Rafael  Sobral  sobrou  pra Carlinhos   resgatar  a  eleição  roubada, sem apagar o brilho daquele Quase -Prefeito. Sem mais delongas, acordemos pro hoje. Geraldo Melo,  fênix da política,  ressurja  também o  açúcar  e o  álcool. Força Feminina, Edinólia, Maria Zeneide.  Poderosas.  Inspirem-se  na Virgem  da  Conceição; mas  seria  demais  cobrar milagres, apenas Ceará Mirim e seu amado Povo recebendo o que merecem. Amém. 

(*) Dr Paulo Roberto é advogado em Ceará-Mirim e articulista do Blog CHAMINÉ. Original publicado em CM Revista - Janeiro de 2001 

 

Escrito por Chaminé às 05h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ANIVERSÁRIO I

Em Mossoró/RN chega aos 81 anos de idade e recebe parabéns  neste 21 de julho a senhora Luzia Morais. É mãe do editor deste blog.

 

ANIVERSÁRIO II

Parabéns ao Dr. Ricardo Sobral pelo primeiro aniversário do seu Blog. Completa um ano com a marca de trinta e três mil acessos. .

 

CIRCO

Continua  sua temporada em Ceará-Mirim o Circo MEGA-STAR. Instalado no Largo São Vicente, em frente ao Abrigo de Idosos,  apresenta espetáculos diários.

 

PASTOR

Os evangélicos da Assembléia de Deus, Templo Central de Ceará-Mirim,  celebraram festivamente o aniversário natalício do seu pastor Ivan Oliveira.

 

FORRÓ UNIVERSITÁRIO

A Universidade Vale do Acaraú -UVA – Núcleo de Ceará-Mirim realiza Forró Universitário  próximo sábado dia  26/07 as nove da noite  no  Centro Esportivo e Cultural.

 

TENDA ELETRÔNICA

O Rotary Club de Ceará-Mirim será palco no dia 02 de agosto de  uma NOITE ELETRÔNICA com animação do Dj Eddy.

 

DERCY 1907-2008

Segundo o blogueiro Ailton Medeiros, a comediante  Dercy Gonçalves não resistiu a Daniel Dantas, Gilmar Mendes, Cacciola, Satiagraha, bala perdida e outras “sacanagens”, pediu as contas e foi embora aos 101 anos de idade.

 

FESTIVAL

Estão abertas, até o dia oito de agosto, as inscrições para o 1º Festival Universitário da Canção da UFRN - O evento faz parte dos festejos dos 50 anos daquela instituição federal. . Os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação da UFRN e de outras Instituições de Ensino Superior Potiguar poderão se inscrever.

 

PESQUISA

A pesquisa divulgada no final de semana em nossa capital  mostra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem uma aprovação de 66% entre os natalenses. O mesmo levantamento aferiu que o prefeito Carlos Eduardo (PSB) tem 64%, e a governadora Wilma de Faria (PSB), 62%.

 

PLIM-PLIM

Os shows do "Criança Esperança 2008" acontecerão este ano nos dias 2 e 3 de agosto, no Rio de Janeiro, transmitidos pela Globo, ao vivo,  para todo o país as 10 da noite.  Evento terá como apresentadores: Renato Aragão, Ana Maria Braga, Luciano Huck e Angélica. Dentre os astros convidados, já confirmaram presença: Roberto Carlos, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Ana Carolina e Zezé di Camargo e Luciano.

 

 

 

Escrito por Chaminé às 05h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/07/2008


DA TERRA DO SAL PARA A DO AÇÚCAR,

21 ANOS EM CEARÁ-MIRIM

Edvaldo Morais

 

-PARTE FINAL- 

 

 Com uma prestadora  de serviços na área de digitação em geral, cópias, artes gráficas, internet e assessoria, aluguei uma sala em frente a Biblioteca de Ceará-Mirim, (no  local  atualmente  funciona  a  Farmácia  Popular),   onde  também  improvisara  um  sebo.  Posteriormente consegui um box no interior do centenário Mercado do Café,  para onde transferi. Pequeno  espaço,  porém  suficiente  para  atender  a  clientela. Neste ano de 2008 mudamos para o Conjunto Novos Tempos, onde resido em casa própria, cuja aquisição dependeu da venda da que tinha em Mossoró, sendo o corte definitivo do cordão umbilical  com  a  terra  de  Santa  Luzia.   

Tento ser católico praticante (não alienado), respeitando as demais religiões e doutrinas. Equipista e  integrante da Pastoral da Comunicação (por isso tanta notícia da Igreja católica no Blog);   servindo  a  Deus,  a  quem  agradeço diariamente por  tudo  o que  tem me proporcionado,  em especial os quatro  filhos (dois casais) que Ele  confiou a mim e a Francisca,  minha namorada há 33 anos, porém casados em 1979. Sempre  procuramos  educá-los  no  amor,  com  diálogo,  harmonia  e  compreensão,  o  que    nos  leva  a colher  frutos,  vendo-os  concluírem  seus  estudos  universitários  e  com  garra  começarem  a  enfrentar o competitivo mercado de trabalho.

Na rotina diária: família em primeiro lugar; trabalho; leitura constante (leio tudo:  das  edições  eletrônicas  dos  jornais  na  internet, Bíblia Sagrada, revistas,   até  bula  de  remédio); assistir  os telejornais; atualização   deste Blog; "zapear" (ver televisão ou  ouvir rádio  mudando de estação)  mania que tenho  desde  menino;  curtir músicas de Roberto Carlos e da Jovem Guarda.

Com Eliel Silva,  amigo de fé, irmão, camarada  e  Gildete Soares, um "anjo azul" (que me aturam e comigo se tornam dublês de radialistas) aventuramos um programa semanal na Rádio 87 FM de Ceará-Mirim, espaço concedido por Johny Som, presidente da Fundação Cultural Amigos do Vale, mantenedora da emissora.  Deu certo, está há um ano no ar, com audiência considerável;   dentre outras atividades que  tento conciliar, como o curso de Turismo na FACEX/Natal, conseguido através do PROUNI do Governo Federal.

Não simpatizante da política partidária, devido a maneira como ela é feita, (porém atento ao seu desenrolar),  tenho bom  relacionamento em todas as correntes. Voto em minha terra natal (Mossoró), de onde nunca transferi o título eleitoral.

Finalizando, em pleno dia do amigo, externo gratidão,  também em nome da família,  a todos que nos cercam  neste rincão cearamirinense,  que um dia se  tiver de deixar,  levarei no coração  a marca registrada da saudade.

 

A parte 1 está no histórico de postagem - data: 06/07  e a  parte 2 no dia 13/07.

 

* * *

 

20 DE JULHO

DIA DA AMIZADE

 

 

Homenagem aos amigos

 

por  Carlos Henrique (*)

 

Amizade é algo que Deus concede

Amizade é disponibilidade, companheirismo

Amigos são tesouros que encontramos na vida

Amigos são pessoas escolhidas por Deus

Amigos são anjos que estão ao nosso lado

Amizade que rima com verdade e sinceridade

Amizade é saber dividir as tristezas e multiplicar as alegrias

Amigo de verdade está presente em todos os momentos

Que Jesus, nosso maior amigo, abençoe a todos.

A amizade de verdade não conhece distância, morte e nem obstáculos.

 

(*) Carlos Henrique é web-leitor e agente da Pastoral Missionária de Ceará-Mirim

 

Escrito por Chaminé às 01h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

19/07/2008


CEARÁ-MIRIM, TERRA DE FÉ

Com  a música  "OS  ANJOS"  de  Odair  José,   tocada  no  carro  de  som  de  Lúcio  e  bem apropriada  para  a  ocasião,  o  povo  católico  de  Ceará-Mirim  recepcionava  o  missionário  Frei Damião quando em suas visitas a nossa terra para as santas missões. A multidão se concentrava no Passa-e-Fica, na entrada da cidade, para esperá-lo. Frei Damião seguia em um carro aberto e o povo o acompanhava a pé, rumo a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Ao chegar à  Igreja, havia a bênção inicial e seguia-se então todo um processo de pregações. À noite, de madrugada, durante todo o dia, o incansável servo de Deus estava sempre pronto a receber os fiéis, seja para uma confissão, uma bênção ou uma palavra amiga. Menino que eu era, na minha fé e  inocência me sentia super protegido durante todo o período em que o capuchinho estava entre nós. Achava eu que com a sua presença, nada de  ruim aconteceria na cidade. E havia mesmo um clima de santidade  pairando  no  ar,  com  toda  aquela  gente  chegando  dos  mais  variados  cantos  do município  e  de  outras  cidades  vizinhas. Segundo me  contou  o  amigo  Lúcio Som,  num momento  de despedida, ao ouvir mais uma vez essa canção (Os anjos estão voltando /Vem pra dizer que Deus está chegando...) Frei Damião emocionado dirigiu-se a ele, segurou o seu braço, pegou o microfone e falou para o povo que  levaria saudade de Ceará-Mirim, mas  tinha que partir para outra cidade, para  cumprir  a  sua missão. Durante  as Santas Missões  do  frade  capuchinho  as  pessoas  eram felizes  e  nem  se  davam  conta  dessa  felicidade!  (Eliel  Silva. )

 * * *

Ceará-Mirim tem como padroeira Nossa Senhora da Conceição. Os festejos são realizados todos os anos no período de 28 de novembro a 08 de dezembro. Uma extensa programação marca o evento. Na parte religiosa: alvoradas, caminhadas penitenciais, ofício da Imaculada Conceição, Sacramentos, Celebrações Eucarísticas, o novenário com pregações de sacerdotes convidados, missa solene geralmente celebrada pelo Arcebispo e a concorridíssima procissão no dia 8 de dezembro com a imagem da padroeira percorrendo diversas ruas, acompanhada por milhares de fiéis da cidade, zona rural, municípios vizinhos e visitantes de várias partes do Estado e do país.

Os festejos sócio-culturais são realizados após as novenas. Nos últimos anos,  além das  quermesses com comidas típicas, apresentações folclóricas e de artistas da terra, dos leilões de garrotes, a paróquia realiza  festival de prêmios (estilo bingos), sorteando dentre outros,  um automóvel zero quilômetro, arrecadando assim,  fundos para manutenção  do suntuoso templo de Nossa Senhora da Conceição, um dos maiores do RN.

A paróquia de Ceará-Mirim é considerada uma das mais católicas, das quase 70 que compõem a Arquidiocese de Natal.  Tem como pároco, há mais de meio século,  o Monsenhor Rui Miranda (com 80 anos de idade) e vigários paroquiais, mais recentes,  Padres Francisco de Assis e Francisco Franklin. (Edvaldo Morais)

 

Escrito por Chaminé às 01h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

TRIBUTO

Neste sábado as 15h00 no Centro Esportivo e Cultural os fãs do regaee se encontram para um Tributo ao jamaicano Bob Marley. Ingresso custa R$ 5,00. Atrações: Exposição da obra de Bob e shows com Banda NaturalMente e Bob Marlon, vencedor do concurso Talento Potiguar na Tv Tropical.

 

 

JOGOS  ESCOLARES

Dia 25 de julho serão realizadas as Provas de Atletismo dos VII Jogos Escolares Municipais. Este ano com número recorde de inscritos; até ontem:116 estudantes das diversas escolas.  

 

LOCAL

Segundo o professor Hugo Ramalho as provas de atletismo  serão realizadas no campo de futebol  do Palmeiras,  por trás do Matadouro Público Municipal.

 .
ELEIÇÕES

Dia 03 de Agosto o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ceará – Mirim estará realizando eleição para escolha da nova Diretoria. Até o momento uma chapa está registrada: o atual presidente José Maria Alves de Oliveira, concorre a reeleição tendo como companheiro Chico Panan.

 

SANTANA

Em Caicó já começou a tradicional festa de Santana. O tradicional “Baile dos Coroas” dia 25 próximo, tem como atrações, além do Deputado Luiz Almir, as Orquestras Garcia e Super Ohara, ambas pernambucanas.

 

MERCADO

Em Natal, no mercado de Petrópolis, acontece  uma feijoada aos sábados por volta do meio-dia onde são projetados num telão,  documentários culturais. Hoje em cartaz: Câmara Cascudo.

 

SOM DA MATA

O multi-instrumentista Antônio de Pádua (cavaquinho, trompete e pandeiro) se apresenta neste domingo (20) no Anfiteatro Pau-brasil, no Parque das Dunas, dentro do projeto Som da Mata. Ele estará acompanhado por Ricardo Baia (guitarra), Airton Guimarães (baixo acústico), Roberta Karin e Sami Tarik (percussão), Matheus Jardim (bateria) e a participação especial de João Vitor, filho caçula do artista, na flauta doce. O evento começa às 16h30. A entrada custa R$ 1,00. 

 

 

AREIA BRANCA

A cidade salineira prepara a festa de sua padroeira Nossa Senhora dos Navegantes. Será em agosto. Na parte profana já estão confirmados shows com Geraldo Azevedo, Bikini Cavadão, Capim Cubano, Araketu,  dentre outros.

 

LENO

O cantor e compositor potiguar LENO faz show hoje as 21h00 no Shoping Orla Sul, Estrada de Ponta Negra. Mostrará seu mais recente trabalho: Idade Mídia, além de clássicos dos Beatles e anos 60. A propósito, neste domingo as 8 da manhã na 87 FM de Ceará-Mirim apresentaremos mais um programa JOVEM GUARDA ESPECIAL. O ouvinte participa pelo fone 3274.3578.

Escrito por Chaminé às 01h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

18/07/2008


ROBERTO VARELA

por Vicente Serejo (*)

Dois dias antes do seu encantamento naquelas nascentes azuis, ele ligou. Parecia feliz. Perguntou pelas novidades, falou um pouco de política, e convidou para um picadinho de carne de sol sob o olhar de Aninha. Falei da viagem e combinei pra esta semana. Não senti, nem suavemente, o menor sinal de uma despedida. Porque conversávamos praticamente toda semana. A política era o pretexto, mas acabávamos falando dos velhos quitutes da cozinha dos engenhos, e que ele sabia descrever com um gosto de infância.

Lembro que uma vez escrevi uma crônica sobre o budião, peixe sem glória que vi ser preparado gloriosamente - partido ao meio, com as escamas para o lado das brasas, azeite e limão. Ele ligou pra dizer que ainda rapazinho, nos verões de Muriú, pescava budião de bico, como era chamado. E que sua mãe, D. Antonieta, preparava cozido em leite de coco. Ficou emocionado. Sentiu o vento no rosto, o gosto da sua infância, como se estivesse vendo Luiz Varela, seu pai, recebendo os amigos numa mesa farta e verânica.
             Quando Elenir resolveu vender a casa de Areia Preta, a mais bela casa de Natal, com aquele traço aristocrático de Janete Borsoi, ele telefonou feliz da vida. Os galgos, os velhos galgos de louça que anos e anos guardaram a casa grande, estavam em Nascença.. Atentos, com seus olhos de porcelana, vigiando o portão de ferro inglês. Os armários altos e a mesa com cadeiras de palhinha, pedaços de um tempo imenso de vida. Um tempo que Roberto sabia trazer no peito como uma tatuagem lembrando as suas paisagens.
             Como era bonito - um privilégio dos seus amigos - girar os olhos na salinha do seu escritório, lá na sua Nascença, com as paredes todas forradas com fotografias das casas grandes de todos os engenhos de Ceará Mirim. Ele descrevia uma a uma, em detalhes, acrescentando o nome e a pequena historia de seus donos. Algumas nem existem mais. Outras, ainda na lenta agonia das ruínas guardadas pelo silêncio de um tempo sem volta, e como se refletisse nos seus olhos azuis e fidalgos aquela dor das coisas que passaram.

Gostava de ouvi-lo contar histórias. De revolver com a minha curiosidade a sua grande memória afetiva, acordando as velhas lembranças. Foi bom vaqueiro e bom caçador. Conhecia os bons cavalos e as boas armas longas, principalmente as inglesas. Um dia, tive o privilégio de andar com ele pelas veredas do vale olhando os velhos casarões em ruínas. Alisando com o olhar os bueiros de fogo morto. Várias vezes tomei uísque com sarapatel e comi fruta-pão-de-caroço no alpendre de Nascença, saudando a tarde suave.

Já estava em São Paulo, e por isso não fui ao Ceará Mirim olhar Roberto uma última vez. Ainda falei com Kleber Morais que tentava sair de Brasília e chegar a Natal naquele começo de noite. Imagino Nascença ferida de uma tristeza sem fim. Nascença sem Roberto Varela. Sem seus olhos azuis como as águas do seu rio se derramando, cheios de um lirismo comovido que iluminava de vida a sua paisagem. E agora, quem abrirá a porta de Nascença só para ouvir os pássaros tecendo a sua clara e bela madrugada?

(*)Vicente Serejo é jornalista e cronista – Este texto foi escrito logo  após o falecimento do Dr. Roberto Varela e publicado  no “Jornal de Hoje” Edição 16/10/2006

 

Escrito por Chaminé às 05h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CONSULTOR LITERÁRIO

O escritor FRANCISCO MARTINS ALVES NETO acaba de ser contratado pela Livraria Siciliano em Natal para exercer o cargo de consultor literário. Parabenizamos o colaborador do Blog Chaminé por mais esta conquista, formulando votos de pleno êxito na nova função.

 

POR FALAR EM SICILIANO

No plano de expansão do Shopping Midway Mall, que prevê até um teatro, a Livraria Siciliano vai se transferir para o terceiro piso, numa área de quase mil metros quadrados.

 

CARTÓRIO

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte-TRE/RN, desembargador Cláudio Santos, deverá  inaugurar o fórum  eleitoral de Ceará-Mirim  em agosto. O investimento da obra é de aproximadamente R$ 184.000,00.  Ceará-Mirim é a sede da 6ª zona eleitoral, responsável pela administração eleitoral da cidade e mais os municípios de Extremoz, Purêza, Rio do Fogo e Maxaranguape.

 

LEILÃO

A Justiça do Trabalho em Ceará-Mirim vai realizar leilão para venda de bens penhorados em vários processos para pagamento de dívidas trabalhistas. Evento acontece na  próxima segunda feira, dia 21 de julho de 2008, as 09:00 horas da manhã. Saiba todos os detalhes acessando:  http://www.trt21.jus.br/publ/leiloes/leiloes.htm

 

 

ESPAÇO ABERTO

Jorge Moreira,  em seu programa radiofônico “Espaço Aberto” que vai ao ar hoje as 5h15 da tarde na Rádio 87 FM,  entrevistará a ex-secretária de Ação Social de Ceará-Mirim,  Luiza Moreira.

 

POR FALAR EM RÁDIO

Diariamente o vigário paroquial de Ceará-Mirim, Padre Francisco Franklin participa da programação da 87 FM. As 10h00 da manhã com o “Salmo do Dia”  e as 18h05,  lendo e refletindo o Evangelho.

 

PÊSAMES

Faleceu ontem o Sr. Sérgio Luciano, integrante da Ordem Franciscana de Ceará-Mirim. Hoje as 15h30 haverá missa de corpo presente na Igreja de Santa Terezinha (centro da cidade), em seguida acontece sepultamento. 

 

XEQUE-MATE

O presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, vai ser entrevistado hoje as 7 da noite  no programa Xeque Mate da TV Universitária, em Natal. Contará um pouco de sua vida e  militância política desde os 14 anos de idade que o levou a uma cadeira de vereador na sua cidade-natal, Santo Antônio do Salto da Onça.

 

MÁRIO CORREIA

Encontra-se internado enfrentando  problema de saúde o Sr, Mário Correia. Bastante identificado na comunidade cearamirinense pelo seu fervor religioso, é pai, dentre outros, de Valdir do Bar e Toinho Taxista.  Votos de recuperação.

 

AUTOMÓVEIS

Nos primeiros dez dias de funcionamento, o Natal Auto Shopping, na BR 101, surpreendeu os próprios lojistas com o movimento de negócios. Foram quase 130 automóveis vendidos, numa média de 4 para cada um dos 36 empreendimentos instalados no local.

 

LULA CÁ

Confirmada para agosto a vinda do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Natal. Vai dar uma mãozinha na campanha da Deputada Fátima Bezerra.

 

“BORBOLETA”

Comenta-se que a candidata  Micarla de Souza fez convite a Ingrid Betancourt para uma visita à nossa capital ainda durante sua campanha. A “borboleta” participou de movimentação em prol da libertação da ex-senadora que passou seis anos presa pelas forças revolucionárias colombianas.

 

DATA

Em 18 de julho de 1841 D. Pedoro II era coroado Imperador.// Nesta data em 1940 foi realizado com sucesso o primeiro vôo de helicóptero em Stratford, na Inglaterra.// Hoje é o Dia do Trovador.

 

CURIOSIDADE

A maior goleada em partida de futebol Oficial, no Brasil, foi Botafogo 24 x Mangueira 0. Campeonato carioca , em 30/05/1909. Você sabia?

 

GLOBAL

A atriz Priscila Fantin agora é a “bola da vez” do deputado potiguar Fábio Faria (ex-Adriane Galisteu). A imprensa do sul já começa a publicar matérias e fotos do novo casal.

Escrito por Chaminé às 05h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 

Acervo: Gibson Machado

Escrito por Chaminé às 05h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/07/2008


 

Anos 90 / Estúdio da extinta Rádio Novos Tempos /Ceará-Mirim:

Edvaldo Morais, Irakitan Bezerra, Alexandre Paiva e Niltinho.

Escrito por Chaminé às 06h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

EDUCAÇÃO

Os supervisores dos anos iniciais do Ensino Fundamental em Ceará-Mirim reúnem-se hoje as 8 da manhã no auditório da Estação Cultural Dr. Roberto Varela para avaliar sobre os índices de desempenho da Provinha Brasil na rede municipal de ensino. Haverá a exposição temática: “Saberes e fazeres na prática de Alfabetização e Letramento.” Assessoria da doutoranda Giane Bezerra Vieira.

 

CEARÁ-MIRIM COMEMORA SANTANA

O Grupo Terço de Santana, coordenado por Diego Araújo e integrado por  jovens da paróquia de Ceará-Mirim realiza neste domingo programação para celebrar o quinto ano de sua criação: Missa as 6h30 da manhã na Matriz celebrada pelo Padre Assis e animação litúrgica do Galdeamus. Após a missa da noite acontece procissão com a imagem de Santana.

 

VISITAS DE CANDIDATOS

 A Justiça Eleitoral  realizou uma reunião com os coordenadores de campanhas  para prefeito de Ceará Mirim, tratando de suas agendas. O objetivo é evitar que os locais visitados coincidam no dia e horário programados, afim de que não haja confrontos por parte dos correligionários mais exaltados.

 

ELEITORES

Segundo o Trubunal Superior Eleitoral – TSE,  as cinco cidades com maior número de eleitores no Rio Grande do Norte são: Natal - 498.870; Mossoró - 153.027;  Parnamirim - 87.445; São Gonçalo do Amarante - 59.306 e Ceará Mirim - 44.857.

 

BANDEIRANTES

A Rede Bandeirantes de Televisão não renovou contrato com o missionário R.R. Soares. Depois de cinco anos com o religioso no horário nobre a Band vai ocupar  espaço com  programa jornalísitico do tipo revista eletrônica.

 

FUTEBOL

O jogador Robinho que continua no banco de reservas do Real Madrid está sendo sondado pelo Chelsea de Londres. Comenta-se que a transação custará 40 milhões de Euros ao time inglês.

 

NA SERRA

Começou ontem e vai até domingo o 5º Festival Cultural e Gastronômico de Martins. A cidade  fica a 370 kms de Natal e 140 de Mossoró. Está rolando música, dança, arte circense, folclore, artes plásticas e teatro. As classes política e empresarial   do estado estão subindo a serra.

 

CASAMENTO

O caderno cultural do Diário Oficial do Estado, 'Nós, do Rn', em sua mais recente edição tem como  tema de capa o casamento. Uma reunião de textos sobre o sonho feminino do príncipe encantado.

 

JOSÉ WILKER

A Assembléia Legislativa da Paraíba vai homenagear o ator e diretor cearense José Wilker com o título de Cidadão Paraibano. A propositura é do deputado estadual Fabiano Lucena.

 

MENSAGEM RECEBIDA

Caro Edvaldo. Cada vez mais o seu blog me surpreende com as lindas matérias! Adorei rever a história de vida da Sra. Isabel Poty, figura que conviveu muito com a minha mãe, pois juntas ministravam o catecismo na antiga JUFRA. Sem falar no convívio com a nossa família! Muitas vezes Dona Isabel frequentou a nossa casa. Admiro muito a solidariedade que a minha mãe tinha com todas as pessoas. A nossa casa era como coração de mãe, sempre estava cheia de gente! Lembro-me da Dona Isabel toda vestida de branco, chegando na JUFRA para participar das reuniões dos Franciscanos nas tardes de Domingo. Senhora com fisionamia sofredora, mas que sorria com a vida. Saudades! Parabenizo o Professor Assis pela importante matéria. Abraços! Ceicinha Câmara – Portugal.  

 

Muito grato, Ceicinha. Disponha do CHAMINÉ.

 

Escrito por Chaminé às 06h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PONTOS HISTÓRICOS E TURÍSTICOS

DE CEARÁ-MIRIM

Em novembro de 1999, alunas do Ensino Fundamental  do Colégio Santa Águeda, sob orientação do Professor Severino Martiniano (Bill) visitaram alguns pontos considerados turísticos e históricos  em Ceará-Mirim e produziram o relatório que segue:

 

 Cruzeiro da Santa Cruz, edificado em 1850 no cruzamento da Avenida Café Filho, como símbolo da crença popular. Atualmente localizado na conhecida  Rua da Cruz.

             Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. Concluída em 1900,  é a maior do Rio Grande do Norte,  com duas torres góticas de base triangular em agulha, mede aproximadamente 36 metros de altura. Possui dois sinos. A sua pedra fundamental foi colocada em 21 de fevereiro de 1858.

            Ginásio Santa Águeda. Foi construído no século passado. Tem a ver com o primeiro juiz  de Ceará- Mirim, da comarca: Inácio Fernandes Barros. É construído em dois pavimentos.

            Olheiro Imperial D. Pedro II. Era desse olheiro que a população retirava a água quando a cidade ainda não possuía saneamento.

            Engenho Carnaubal, edificado em 1840. É considerado o primeiro engenho da cidade de Ceará-Mirim. Foi fundado pelo português Antônio Bento Viana. Em 1843 foi inaugurada a primeira moenda de ferro, trazida da Inglaterra.

            Engenho Guaporé, estilo francês. Foi onde se hospedou Dom José,  o primeiro bispo a vir ao Rio Grande do Norte. No Guaporé aconteciam reuniões políticas, econômicas e sociais.

Casa Grande do engenho Guaporé, hoje Museu Nilo Pereira. Edificada por  Vicente Inácio Pereira.

Casa Grande do Engenho Umburana, construída  pelo padre Antônio Antunes, aproximadamente em 1866, estilo inglês. Era um refúgio dos padres.

Engenho Verde-Nasce, fundado no final do século passado. No início era movido a vapor, hoje é adaptado a energia elétrica. Tem como atração uma cerca de ferro. Foi fundado por Dr. Victor José Joaquim de Castro Barroca .

Engenho Cruzeiro, edificado em 1904 pelo coronel  Francisco Onofre José Soares. Era construído em um único pavimento e possui  grande valor arquitetônico.

Casa Grande do Engenho Cruzeiro foi construída pelo inglês Samuel Bolochaw  aproximadamente em 1899, e se encontra hoje em ruínas.

Ruínas do Engenho Oiteiro, onde nasceu Maria Madalena Antunes Pereira. O Oiteiro foi construído pelo Tenente Coronel da Guarda Nacional José Antunes de Oliveira, em 1889.

Engenho Mucuripe, fundado pelo Coronel Antero Leopoldo Raposo da Câmara. Em 1935 foi adquirido por Ruy Antunes Pereira. Em 1975, Ruy Pereira recebeu o engenho por herança e vem mantendo até hoje. No início era movido a vapor e hoje funciona através da energia elétrica.

Mercado Público, construído em 1881 pelo Coronel  Onofre José Soares, gerou  grande conflito entre a população. Muitos tinham interesse de que a feira livre permanecesse na parte baixa da cidade. O impasse só foi resolvido em 1884, com  a transferência para o mercado atual por imposição de uma lei municipal. Hoje o Mercado Público é tombado pelo patrimônio histórico.

Palácio Antunes, atual sede da Prefeitura Municipal, foi concluído em 1889 e a partir daí seria o local escolhido pelo mundo intelectual da Província para a realização dos seus saraus onde eram discutidos textos literários sob a orientação da escritora e jornalista Madalena Antunes e pelo poeta  Juvenal Antunes. A obra em estilo neoclássico tem um grande valor arquitetônico e faz parte do patrimônio histórico e artístico do Estado, tendo sido tombada em 1988.

Biblioteca Pública Dr. José Pacheco Dantas , criada em 14 de agosto de 1945, recebeu posteriormente o título de “Biblioteca Modelo” do Rio Grande do Norte. Possui um acervo de mais de 15.100 obras e 6.435 sócios.  O local  possui salas de pesquisa, de leitura e um salão nobre para exposições, encontros e eventos.

 

Raquel Rangel e Alba Sandyra (Novembro/1999)

 

Engenho Verde Nasce

 

Igreja Matriz de N.Sra. da Conceição

Escrito por Chaminé às 06h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

16/07/2008


                O jornal LITORAL NOTÍCIAS confirma para 05 de agosto o primeiro debate entre os candidatos a prefeito de Ceará-Mirim, com apoio da mídia esportiva dos verdes canaviais. Evento acontecerá as 17h00, no Centro Esportivo e Cultural, com transmissão ao vivo pelas emissoras de rádios locais. Tema: POLÍTICA PÚBLICA PARA O ESPORTE CEARAMIRINENSE. Segundo Iran Costa,  diretor do jornal,  as regras do debate foram aprovadas pelas assessorias dos candidatos e demais segmentos envolvidos: Imprensa Esportiva,  Liga Desportiva Cearamirinense, representantes de Clubes, professores de Educação Física e desportistas.

Escrito por Chaminé às 02h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

D. IZABEL POTY

 

por FRANCISCO DE ASSIS RODRIGUES (*)

 

            Dona Izabel Poty, como era conhecida pela maior parte dos cearamirinenses que viveram em seu  tempo, nasceu no engenho Porão em Ceará-Mirim aos 10 de  janeiro de 1897. Filha do mestre  construtor  e  armador  Luiz  Tomaz  e Dona Maria  Ferreira  do Carmo  Eustáquio,  que  se  fixaram  em Ceará-Mirim  a  serviço  do  engenho,  hoje  Usina  São  Francisco.  Por  desapropriação  em  1898  da residência onde nasceu, seus pais compraram uma pequena propriedade no antigo Lazareto  (hoje Bairro São Geraldo) onde Dona  Izabel viveu toda sua existência. Aos sete anos de  idade recebeu o ensino das primeiras letras, por uma religiosa franciscana em missão neste município e tornou-se a primeira professora dos  irmãos mais novos, Manoel e José. E a partir daí,  foram sessenta anos de dedicação à causa do ensino. Dona Izabel era católica praticante e marcava presença diária na Matriz de Ceará-Mirim, possuidora que era, de uma voz marcante e destacada nos atos religiosos. A obra social  de  Dona  Izabel  deteve-se  não  apenas  a  catequese  de  crianças  carentes,  mas  também ajudando na alfabetização e socialização. Num tempo de poucos recursos, era comum ver-se a 28 de novembro,  a  alegria  da  abnegada  mestra   descendo  pela  rua  Meira  e  Sá,  com  seus  alunos  de catecismo enfileirados e vestidos de branco rumo à Matriz para a Primeira Eucaristia. Dedicou muito de  sua  vida  aos  pobres,  enfermos  e  desassistidos. Era  presença  constante  às  famílias  do  Ceará-Mirim  em  momentos  de  dificuldades.  Izabel  Poty,  uma  semi-alfabetizada,  foi  ao  seu  tempo,  a assistente  social  e  defensora  de  menores  e  adolescentes  empobrecidos.  Uma  abnegada  vida  a serviço  dos menos  afortunados.  Faleceu  a    de  dezembro  de  1980,  aos  83  anos  e  seus  restos mortais  repousam  no  cemitério  Santa  Águeda  em  Ceará-Mirim.  Aos  26/07/1994  por  iniciativa  da Senhora Prefeita Therezinha Mello,  foi criada a Biblioteca Escolar Professora  Izabel Poty,  tributo à mestra que foi exemplo de dedicação e amor à causa do ensino.

 

(*) Francisco de Assis Rodrigues é cearamirinense,  professor e pesquisador, membro do Instituto Histórico e Geográfico do RN. 

Escrito por Chaminé às 02h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

SANTAS MISSÕES

Dentro dos preparativos para o seu  jubileu de prata,  a Comunidade de São Geraldo realiza até  sábado em Ceará-Mirim,  as Santas Missões Populares. Programação para hoje: 05h00 Caminhada penitencial pelo bairro São Geraldo; 06h00 Missa de envio dos missionários; 08h00 Visita aos lares; 12h00 Ofício da Imaculada; 19h00 Terço de Acolhida; 19h30: Celebração da Palavra – pregador: Professor Álvaro Tadeu.

 

PARA ELIEL – III

Publicado na coluna de Alex Medeiros no JH: “Os saudosistas dos anos 60 e 80 ganharão dois presentes de Natal antecipados. Saem em novembro as biografias "O Tremendão da Jovem Guarda", sobre Erasmo Carlos, pela Ediouro, e "As Aventuras da Blitz", sobre a banda do new have carioca, pela Objetiva.”

 

A B C

O ABC de Natal goleou por  4 x 0 o São Caetano ontem no estádio Anacleto Campanela. Com esse resultado,  o alvinegro  passou a somar 18 pontos e ocupa a quinta posição na Série B do Campeonato Brasileiro. Feliz da vida está João André, cearamirinense,  web-leitor e torcedor do “mais querido”.

 

LAJES

O município de Lajes realiza nos próximos dias 18 e 19  a 15ª Exposição de Caprinos e Ovinos da Região Central do Estado, a tradicional Caprifeira. Na edição deste ano, o evento vai incentivar o turismo e o agronegócio, que devem beneficiar tanto os criadores quanto o comércio daquela cidade.

 

BIQUINI CAVADÃO

Os fãs da Banda Biquíni Cavadão na região preparam excursão para Canoa Quebrada no Ceará, onde o grupo se apresenta nesta sexta-feira.

 

MOSSORÓ

Uma prévia para o grande evento musical Mossoró Mix In-door acontece  sábado dia 26 no Palácio do Forró da capital do Oeste. As atrações: Solteirões do Forró e Araketu.

 

PROBLEMA

Em virtude de concorrência desleal dos mototaxi, alternativos e táxi clandestinos dentro da cidade de Mossoró, as empresas de transportes coletivos na terra de Santa Luzia  reduziram o número de ônibus nas linhas e demitiram cerca de  100 funcionários.

 

CAICÓ

Uma das atrações mais aguardadas na Festa de Santana, padroeira de Caicó, é o “Baile dos Coroas”. A atração musical do ano passado foi Almir (ex-The Fevers) e Banda. Para este ano está sendo anunciado um serestão com Luiz Almir. É verdade!

 

ANIVERSARIANTE DO DIA

Aniversariando nesta quarta-feira ALDO JEAN SILVA DE ARAÚJO. Web-leitor que residiu em Ceará-Mirim e atualmente está em São Paulo. Parabéns do Blog!

 

 

 

DATA:

16    de Julho é o dia do Comerciante.

 

MARTÍRIO EM CUNHAÚ

(Distrito de Canguaretama/RN)

            No dia 16 de  julho de 1645, um domingo, os holandeses que ocupavam o Nordeste brasileiro  chegaram  ao engenho Cunhaú, onde residiam vários colonos. Segundo relatos, na hora da missa, a pequena capela de Nossa Senhora das Candeias (ainda hoje existe)  reunia  cerca  de  70  pessoas,  que  foram  trucidadas  por  soldados  e  índios.  Sem  oferecer  resistência,  os mártires de Cunhaú, como ficaram conhecidos, se ajoelharam e  foram massacrados. Conta a História, que todos se reuniram ali a um pedido do comandante da tropa de tapuias, potiguares e holandeses, Jacob Rabbi, para tratar de um certo negócio e que prometera não ferir ninguém. Só que sua intenção era outra, e a sua tropa tinha a ordem de matar a todos indiscriminadamente. Foram de uma violência sem par.

 

CEARAMIRINENSES NA BEATIFICAÇÃO

 

Em 05 de fevereiro do ano 2000,  o saudoso Papa João Paulo II beatificou os mártires do Rio Grande do Norte  numa cerimônia na Praça de São Pedro em Roma. De Ceará-Mirim estavam presentes: Monsenhor Rui Miranda, pároco, Irmã Maria de Fátima, do Colégio Santa Águeda, a Sra. Maria de Lourdes e o comerciante Aberaci Pereira de Oliveira (foto).

 

 

 

 

 Após a cerimônia,  os cearamirinenses viajaram de Roma para  Israel, numa peregrinação à Terra Santa.

 

           

 

         

Escrito por Chaminé às 00h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

15/07/2008


RÁDIO

Participaram dos programas políticos de ontem nas rádios de Ceará-Mirim: Renato Martins (ESPAÇO ABERTO – 87 FM);  Franklin Marinho, Sandoval do Gelo e Professor Bill (DEBATE METROPOLITANA - 105 FM)

 

HUGO RAMALHO

O professor informa que a Escola Virgílio Luiz obteve o 1º lugar em atletismo - categoria mirim feminino -  nos JERNs Regionais em João Câmara. Parabéns do Blog.

 

ACIDENTE

Há um ano aconteceu acidente na BR que liga Ceará-Mirim a Natal, onde foi vítima Adriana Mariano, esposa de Josafá, funcionário do Banco do Brasil na terrinha. Adriana perdeu uma perna. 

 

LUIZ ALMIR

Estreou ontem na Tv Ponta Negra o Deputado Estadual Luiz Almir. Ele apresenta o programa jornalístico 60 minutos que começa as 11h30 da manhã. O sinal da emissora no Conjunto Novos Tempos não é dos melhores.

 

BENITO NO SEIS E MEIA

O projeto Seis & Meia desta terça-feira reúne no palco o lendário sambista Benito di Paula, autor de clássicos como "Retalhos de cetim" e "Charlie Brown" e a talentosa geração da música potiguar com Macaxeira Jazz e Diogo Guanabara.  Os shows começam às 18h30, no Teatro Alberto Maranhão.

 

OSWALDO MONTENEGRO

O cantor e compositor Oswaldo Montenegro estará em Natal na próxima sexta-feira. Fará show no Boulevard.

 

TRIBUTO A BOB MARLEY

Sábado,  19 de julho as 15 horas,  no Centro Esportivo e Cultural de Ceará-Mirim/RN acontece TRIBUTO A BOB MARLEY. Atrações: Banda Naturalmente e participação de Bob Marlon. Haverá ainda  exposição de acervo do Rei do Reggae. Ingresso apenas cinco reais. Apoio do professor Carlos Henrique e do Zine Alternativo GOTO SECO, cujo número 17 já está circulando.

 

ANIVERSARIANTE

Faz aniversário natalício  nesta terça o universitário da FACEX:  RODRIGO. É web-leitor de Chaminé  e filho da funcionária da CEF: Maysa. Parabéns do Blog.

 

Escrito por Chaminé às 06h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

O CINEMA DE JORGE MOURA

Inácio Magalhães Sena (*)

 

 

 

            Tenho vaga  idéia de outros cinemas antes do de Jorge Moura. Um na  rua do Patu, outro perto do posto de saúde. Mas o cinema que marcou minha juventude (se é que a tive) foi mesmo o de Jorge Moura. Foi  lá que acompanhei, eletrizado, as séries  inesquecíveis:  -  “A adaga de Salomão”   -  “Guardas da costa, Alerta!” – “Os perigo de Nioka” – “O espírito Escarlate” – “O maravilhoso mascarado” – “A cidade perdida”, etc, etc. Quantos  filmes maravilhosos! Lembro-me do  filme “Maria Antonieta” com Norma Shearer, que  fez muita  gente  chorar. Emiliana  de Manoel Correia  saiu  do  cinema  com  os  olhos  inchados. Eu  trabalhei  no cinema, levando os cartazes pra distribuir em diversos pontos de Ceará-Mirim – no poste defronte a loja de Manoel Correia; na frente do próprio cinema, etc. Eu vendia confeitos e bombons de Dona Mariana, esposa do dono do cinema. Dias de filmes: quarta, quinta, sábado e domingo, o dia em que eu mais vendia confeito e  pipoca.  Às  17h30  quando  a  luz  chegava,  os meninos  que  superlotavam  as  portas  do  cinema,  batiam palmas de alegria. E dava-se início à matinée. Quando não havia pequenos filmes do “Gordo e o Magro” ou “Os Três patetas”, passava a primeira parte do filme da noite. Depois, o cinema vazio eu varria tudo – eu e Maria Batu, minha madrinha de fogueira. Uma coisa que marcava bem essa época era o prefixo musical do cinema:  “Ainda  bem  pequenina,  entre  as  irmãs  virtuosas...” Quando  os  retardatários  ouviam  esse  disco, pela  amplificadora,  desembestavam  da Rua  São  José  ou  das  Trincheiras,  em  toda  embalada,  para  não  perderem o  “jornal” ou o  “reclame” que antecedia o  filme. Lembro-me bem dos amores de Zezé de Jorge Moura – parecia  “Romeu e Julieta” – das brincadeiras na porta do cinema, assistidas por Pedrinho e Jojó, filhos  de  Dr.  Percílio  e  Dona  Esmeralda.  Onde  eu  estivesse,  estava  rodeado  de  crianças,  brincando  e vendendo meus confeitos,  imitando o  turco do mercado, as  figuras dos  filmes, especialmente o Hugo,  tipo morto-vivo da série “A cidade perdida” ou “Garra de Ferro”, das séries que eletrizou os habitués  do cinema. O cinema de Jorge Moura  tinha  “primeira” e  “segunda”. Esta eram bancos  tipo de  igreja, em  frente à  tela. Entrava-se pela porta lateral, onde a meninada ficava atenazando Zezé para que ela “fizesse por menos”, e Zezé fazia em Jorge Moura “pintos” homéricos. Hoje quando vou ao Ceará-Mirim e vejo o prédio do cinema derrubado inutilmente, dá-me um nó na garganta. 

 

(*) Inácio Magalhães de Sena – Memorialista, nascido em Ceará-Mirim em 11/12/1938.Atualmente reside no bairro Cidade da Esperança em Natal.

 

Escrito por Chaminé às 06h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

14/07/2008


Em agosto de 1998, para um evento escolar,  a professora da rede pública,  Francisca Lopes,  foi convidada a falar sobre MANOEL VARELA DO NASCIMENTO, o Barão de Ceará-Mirim. Após uma pesquisa realizada, produziu um texto que abaixo transcrevemos.

 

O Barão de Ceará-Mirim

                         

                     A história rasga o tempo, enquanto o homem a fabrica. Somos responsáveis pelo nosso passado, presente e futuro. Comentar esta história que nós mesmos fabricamos é contextualizá-la através dos seus valores por meio de estudos e pesquisa. É não deixar apagar na mente dos seres as marcas do crescimento de um povo para que todas as gerações descubram a historicidade de suas origens.    

                     A princípio pairou sobre mim uma preocupação com relação ao convite para falar sobre a vida do Barão de Ceará-Mirim. Mas a curiosidade impulsionou-me a dinamizar com naturalidade uma pesquisa sobre a sua vida. Partindo então de perguntas preliminares tais como: Quem foi o Barão? Qual seu nome completo? De quem era filho ? O que fazia ? E pouco a pouco comecei a traçar o perfil deste homem que ajudou a construir a história da educação cultural e política na cidade de Ceará-Mirim.

                     Seu nome era Manoel Varela do Nascimento, tendo nascido em 1805 . Seus pais eram Felipe Varela do Nascimento e  dona Teresa Duarte, tendo desposado dona Bernarda Varela Dantas.

                     Foi agricultor no vale de Ceará-Mirim e Dom Pedro II o fez Barão em julho de 1874.

                     As pessoas afirmam que o título de Barão veio por ele ter constituído e doado uma escola ao município. No entanto a construção da escola ocorreu quatro anos após ele ter sido agraciado com o título. Como o Imperador D. Pedro II não dava títulos sem antes verificar o que as pessoas haviam feito, a afirmativa citada anteriormente apresenta contradição. Isto leva a pensar que o baronato deve-se a outros serviços prestados à instrução pública no município.

                      Foi Alferes de 2a. linha, cuja carta patente foi assinada por D. Pedro I em Abril de 1828.

                      Mais tarde foi elevado a Coronel Comandante Superior das Guardas Nacionais dos municípios de Natal, São Gonçalo, Extremoz e Touros.

                      Em 1868 foi reformado, quando exercia o cargo de deputado provincial do biênio 1868-1869. Chegou a ser o terceiro vice-presidente da Província.

                      O Barão introduziu melhoramentos na indústria açucareira do vale. Foi um dos primeiros a utilizar o cilindro horizontal para triturar a cana e açúcar  e divulgou a cana caiana.

                      Na carta diploma de Barão de Ceará-Mirim o senhor Manoel Varela do Nascimento é enaltecido como senhor de engenho e elemento característico do patriarcalismo rural da região. Foi o primeiro norte-rio-grandense agraciado por um título nobiliárquico no império.

                        Ele falecido em março de1881 e a baronesa em março de1890. O barão e sua esposa foram sepultados na capela do Engenho em terras da Usina São Francisco no  Ceará-Mirim, túmulos ainda hoje conservados.

                        O grupo escolar que foi doado pelo Sr. Barão recebeu inicialmente o nome da Escola Felipe Camarão, onde funcionou cadeiras de latim e francês criados pelo governador Aminthas Barros em Março de1885, pela lei nº 949.

                        Em 1936  a escola passou a denominar-se “Barão de Ceará-Mirim”, nome que permanece. Os  profissionais que ali trabalham, têm desempenhado o papel de educar crianças e adolescentes que assumiram a sociedade futura,  construindo a história e dando continuidade a ação de vida dentro do município ou fora dele.

 

                              

Francisca Maria Bezerra Lopes

Ceará-Mirim, 18/08/98

 

Escrito por Chaminé às 06h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CANA VERDE

 

            Segundo mensagem enviada por Cynara, através do orkut,  a apresentação de CRISTINA DE HOLANDA no último sábado no CANA VERDE em Ceará-Mirim “bombou”. Casa cheia. Os mais diversos segmentos da sociedade, inclusive a classe política em peso prestigiaram o evento. O “point” funciona no Clube de Rádio Amadores de Ceará-Mirim. Seguem duas,  das 84 fotos do evento que estão no orkut da Cynara..

Cristina de Holanda - Show de MPB

 

Casa cheia

Escrito por Chaminé às 06h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

DIRED

Segundo informação do Blog CM Melhor, a 5ª. DIRED passa a ser coordenada em Ceará-Mirim pela Sra. Solange Amaro Dantas, esposa do Engenheiro Agrônomo Dr. Marcílio de Morais Dantas.

 

           

MATRIZ

Depois de 15 anos na cor azul, a matriz de Nossa Senhora da Conceição em Ceará-Mirim está recebendo nova pintura externa, desta vez na cor camurça com detalhes branco, semelhante à pintura original.

 

VAQUEJADA

O Parque São Geraldo no distrito de Mineiro (Ceará-Mirim)  realiza no próximo sábado mais um bolão de vaquejada.

 

TRICOLOR

Segundo o torcedor símbolo do Fluminense/RJ em Ceará-Mirim, João André, o tricolor das laranjeiras aos poucos está se recuperando do vexame da libertadores. Já ganhou a segunda partida consecutiva, sinal que em pouco tempo sairá  da zona de rebaixamento.

 

SANTAS MISSÕES

De quarta-feira até sábado desta semana o bairro São Geraldo em Ceará-Mirim recebe agentes da Pastoral Missionária para desenvolver ações de evangelização. Evento faz parte da preparação das comemorações do Jubileu de Prata de criação daquela comunidade.

 

TEATRO

Ceará-Mirim está no roteiro da Caravana Sertão Oi de Teatro. O Programa de Patrocínios Incentivados, levará espetáculos e oficinas culturais dos grupos QuatroCantos, Trotamundos e O Pessoal do Tarará  para vários municípios. Montanhas é a primeira cidade, de 16 a 20 de julho.

 

NOVENA

Em preparação à passagem  do “Crucifixo de São Damião” por Ceará-Mirim, a Ordem Franciscana realiza novena preparatória de 19 a 27 deste mês. Cada dia a celebração acontece em lugar diferente: Igreja Matriz, capelas da cidade e cruzeiro na Rua da Cruz. O símbolo do carisma franciscano chega à cidade em 28/07 e permanece até dia seguinte.

 

ÁGUA MINERAL

Nesta  segunda, 14, fica mais caro o garrafão de 20L de água mineral.  O produto, que hoje é consumido com freqüência por cerca de 50% da população do RN, deverá variar entre R$ 2,80 e R$ 3,20. Cada uma das 14 empresas de água mineral no Estado irá estipular o valor de seu produto de acordo com sua planilha de custos.

 

DATA

14 de Julho é o Dia da Liberdade de Pensamento.  Hoje é  feriado  nacional  na  França, comemora-se  a Queda  da Bastilha.  Na  mesma  data  em  1972  morria  num   acidente aéreo  um grande nome do cinema e da televisão brasileira na época: Lelia Diniz, uma mulher que viveu à frente do seu tempo.

 

MISS UNIVERSO

Deu Venezuela. Dayana Mendoza é a nova Miss Universo. Na final do concurso realizada sábado último no Vietnã, a brasileira Natália Anderle não ficou nem entre as quinze finalistas.


 

Escrito por Chaminé às 05h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13/07/2008


DA TERRA DO SAL PARA A DO AÇÚCAR

21 ANOS EM CEARÁ-MIRIM

Edvaldo Morais

 

PARTE 2

 

Posteriormente a família chegou. Fomos morar  em  uma  casa  alugada  ao  Sr. Oziel da Padaria,  na  Rua  Euclides  Cavalcante  (antiga  São João),  próximo  à  igreja  matriz.    A  esposa  Francisca,  graduada  em  letras,  (atualmente com especialização), funcionária  do Estado, transferida,  passou  a  lecionar  na  Escola  Estadual  Interventor  Ubaldo  Bezerra  de Melo, cujo diretor era Edmilson Rodrigues; posteriormente aprovada em concurso da Prefeitura de Ceará-Mirim,  acumulava funções na área de educação.  Trouxe nossos três filhos mossoroenses: Abrahão, com 7 anos, Adriano 5 e Aline 3; logo chegaria a quarta filha: Alba, cearamirinense, nascida na maternidade da antiga Fundação  SESP,  sob  os  cuidados  dos  médicos  Dr.  Renê  Leôncio, Dr. Chaguinha e uma competente equipe. As  crianças  passaram  a  estudar  no  Centro Educacional  “O  Bem-me-quer”  e  em  seguida  no  Colégio  Santa  Águeda,  onde  concluíram  o ensino  fundamental  e,  um  a  um,   foram  sendo  aprovados  na  então  Escola  Técnica  Federal  – ETFERN em Natal – hoje CEFET. Tudo  corria  muito  bem  até  que  em  outubro  de  1992,  em  meio  aos  planos  de  estabilização econômica  do Governo,  ocorreu  o  fechamento  da  agência do Banco Mossoró em Ceará-Mirim. Os  três meses  seguintes  ainda  trabalhei  na agência Natal Centro, com a família permanecendo em Ceará-Mirim, para onde retornei ao me desligar do banco, que mais tarde viria a encerrar por completo suas atividades.  Em fevereiro de 1993 já pensava em retornar  a  Mossoró  com  a  família  quando,  por  indicação  de  Carlinhos  Sobral,  fui  trabalhar  com  Júnior Venâncio  na  parte  administrativa  do  seu  posto  de  combustíveis,  revendedor  PETROBRAS.  Apesar  da  rotina  um  tanto  estressante,  permaneci  durante  dez  anos,  incluindo   também  a  revenda  local  da MINASGÁS,  na  época  co-ligada  ao  posto,  e   administrada  pelo  casal   Nenéo  Tito  /  Marília.   No décimo  ano  como  funcionário  da  empresa,  resolvi  pedir demissão  e  trabalhar  por  conta  própria.  Nesse ínterim, fiz graduação em Ensino Religioso na ESER/Natal, e nesta área passei em concurso da Prefeitura do Natal para lecionar a disciplina. Acontece que fiquei em 86º lugar e foram chamados 80. A validade do concurso esgotou e não fui aproveitado.  (CONTINUA NO PRÓXIMO DOMINGO)

1993/Área de Lazer/C.Mirim - Com a família toda comemorando emprego

no posto de Júnior Venâncio

 

A PARTE 1 ESTÁ NO HISTÓRICO

 DE POSTAGENS - DIA 06/07/2008

 

 

                                                                                           

Escrito por Chaminé às 05h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/07/2008


12 DE JULHO

UM ANO SEM  IVANILDO DATILÓGRAFO

por Eliel Silva (*)

            Há um ano Ceará-Mirim perdia   Ivanildo  da  Silva,  instrutor  de  datilografia. Um grande número de pessoas no Vale Verde passou pelo crivo do mestre Ivanildo  naquelas velhas máquinas. Lembro dele ministrando suas aulas enquanto um velho rádio tocava,  em som ambiente, sucessos do momento nos idos de 1980/1990. Com o advento do computador aquelas  velhas  máquinas  tornaram-se  instrumentos  obsoletos  e  o  excelente  professor  de datilografia  não  acompanhando  a  evolução  tecnológica,  talvez  até  por  falta  de  incentivo,  foi ficando no ostracismo e aos poucos se entregando à bebida. Diz um velho ditado que a sorte é cega, em alguns casos ela enxerga muito bem e as vezes é religiosamente direcionada. Ao ver o professor sorumbático, caminhando lentamente pelas ruas da cidade, da mesma forma que agora caminham  alguns  poderosos,  hoje moribundos,    com  seus  cérebros  calejados  e  em  estado  de letargia; deparar-se com esse estado do gênero humano, agora presente em pessoas que a  sorte sempre  separou  e  que  o  tempo,  esse mestre  soberano  as  faz  caminhar  com  a mesma  dor;  sem querer ser vingativo, mas dá vontade gritar: Aleluia! Deus existe! Quando eu me encontrava com Ivanildo,  costumava  brincar  com  ele  dizendo:  “hoje  chove!”  Uma  frase  boba,  sem  nenhum sentido, mas que bem poderia  ser prenúncio de  uma promessa que nunca  lhe  aconteceu. E  ele retribuía  a  brincadeira.  Segundo  informação  da  sua  irmã,  “Fatinha”,  aquela  que  está  sempre varrendo a Igreja Matriz, em seus  últimos dias ele estava bebendo demais. Quando alguém falava à respeito,  ele  apenas  soltava um velho bordão:  “é uma bica!” Professor  Ivanildo  foi  encontrado morto  no  prédio  do Centro Social Leci Câmara,  onde  outrora  ele  trabalhou, ministrando  com dedicação e assiduidade  suas aulas de datilografia. Morreu sem direito a greve, ou, se a  fez, se tinha alguma palavra de ordem, guardou para si, e em 12 de julho do ano passado partiu como um passarinho, sem manifestação alguma.  

(* ) Eliel Silva é  músico, funcionário público em Ceará-Mirim e colaborador do Blog CHAMINÉ.

Escrito por Chaminé às 08h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/07/2008


CEARÁ-MIRIM - Lembranças de um passado distante.


 
           
Ceará-Mirim, lembrando os teus rios, os teus Engenhos, a minha recordação me trás de volta ao tempo de criança e de adolescente. O teu passado de histórias e de glórias, nunca  serão esquecidos por todas as gerações. Ceará-Mirim, da festa da Padroeira, das novenas à Nossa  Senhora da Conceição. A Igreja toda iluminada e os noiteiros       a soltarem balões. Dos botequins aberto a noite toda; do    Parque de diversão, com a sua roda gigante, seu carrossel de cavalinhos e seus botes e  a famosa onda marinha.  A amplificadora do    parque, com o seu locutor  anunciando : " de alguém para outro   alguém, com muito amor e carinho." Frase que se repetia à noite toda.De algum botequim, se escutava a voz e o violão do  saudoso seresteiro Pipi, acompanhado por Raimundinho e Beiju. Que saudade!  Quantas recordações do carrossel de seu Joaquim Bicudo... era empurrado  à mão, pois não tinha motor. A iluminação era de  lamparina á querosene. Um sanfoneiro com fole de oito baixos,  tocava sem parar a noite toda´, enquanto o velho carrossel girava,acompanhado pelo nosso olhar  de admiração e medo que o velho carrossel se desmanchasse literalmente. Ceará-Mirim, onde estão os velhos pés-de-figo, que   embelezavam a frente da Matriz. Que saudades dos banhos nas valas doaterro do Carnaubal; da rua do Rio; do rio dos homens; dos    banheiros de seu Cascudo; do olheiro e das pessoas carregando   água em jumentos, galão e potes era conduzidos à cabeça; lembro do passeio no domingo, andando sobre a linha do trem,   segurando na mão da namorada, em direção a Usina Sã Francisco; a parada no Porão para beber àgua e bater um papo com o querido  Rafael Sobral.   Quantas recordações e saudades!

Jadson Queiros Alves


     

-VALE DA ESPERANÇA-


  Quanto orgulho que sinto, desta terra varonil,
  Onde o verde da esperança, mistura-se ao céu cor de anil
  Viver por tí, terra querida, é viver em Paz, é sentir a vida,
  É conviver com a esperança, é ter bonança.
 
 
 O teu verde canavial, balançando e se agitando,
 São como  bandeiras tremulando, num eterno e belo festival.
  Ceará-Mirim, cidade das flores, terra hospitaleira e fraterna,
 Cidade de mil amores, pois serás sempre eterna.
 
 
 Tens na tua Igreja Matriz, o teu marco mais importante,
 Suas torres a todos diz- sejam bem -vindo viajantes.
 Parabéns Ceará-Mirim, cidade querida,
No dia do teu aniversário, terra dos meus filhos adorados
e  também minha, pois me destes guarida.
 
 
Guardo lembranças singelas, da Usina São Francisco,
Deste vale belo e rico, onde tudo é aquarela.
 Ceará-Mirim de praças tão bonitas, de seresteiros na madrugada,
De carnaval e batucada, de trabalhadores e de artistas.
 Deus te abençoe para sempre, bendita terra da promissão,
Onde todos são amigos, onde todos  são irmãos.
 
    * Jadson Queiros é Teatrólogo, Poeta e Compositor.
       Nasceu na cidade de João Cãmara-RN
       Chegou em Ceará-Mirim no ano de 1947.

É pai do professor e produtor cultural

Gibson Machado.

 

Escrito por Chaminé às 00h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PRÊMIO

Encerram-se hoje na Biblioteca Pública Dr. José Pacheco as inscrições para o Prêmio de poesia Adele de Oliveira, dentro da programação dos 150 anos de emancipação política de Ceará-Mirim.  Resultado no próximo dia 25.

 

CANA VERDE

O point  da terrinha na atualidade apresenta nesta sábado CRISTINA DE HOLANDA, a partir das 9 da noite. O melhor da MPB. Mesas com preços promocionais: apenas 10 reais. O Cana Verde funciona no Clube de Rádio Amadores de Ceará-Mirim sob a administração de Cynara.

 

FUTSAL

Ivan Franklin entrevista em seu programa matinal nesta sexta-feira pela 106 FM, ALAN, o técnico do time CHECAR que representa Ceará-Mirim no torneio estadual de futebol de salão.

 

MAIS LIVRO

Evandro de Sá Pereira, filho do saudoso Chicó  Pereira,  também lançará uma nova edição do livro “NAS ESQUINAS DE CEARÁ-MIRIM “ por ocasião da festa do sesquicentenário.

 

ARRAIAL DA PASTORAL

Agentes da Pastoral Familiar de Ceará-Mirim realizam neste sábado as 7 da noite na  UNISESP o seu arraiá  junino. Uma das atrações é o casamento matuto. Os “noivos” sairão numa carreata ao lado da Igreja Matriz com destino ao clube.

 

PARA ELIEL – II

Em declaração no mais recente número da Revista ROLLING STONES, o senador e candidato democrata a presidente dos EUA  Barak Obama disse  que no seu iPod (sim, ele tem um) só toca Bob Dylan, Miles Davis, John Coltrane, Charlie Parker e Stevie Wonder. É o fraco...

 

COSTA LIMA

O publicitário e radialista Caby da Costa Lima reúne a colônia mossoroense em Natal no próximo dia 31 para lançamento do seu livro “DO BUMBA 7”. Trata-se de mais uma coletânea iconográfica (leia-se fotografias)  dos diversos segmentos de Mossoró no passado. Como conterrâneo,  este blogueiro marcará presença. Será no Lula Restaurante às 8 da noite.

 

JORGE VERCILLO

Nesta sexta-feira  as 21h00 no Boulevard em Natal acontece show com Jorge Vercillo. Mesa: R$ 160,00 – Ingressos individuais R$ 50,00 (Estudante paga meia).  Vai alguém de Ceará-Mirim?

 

HUMOR

As globais Ingrid Guimarães e Heloisa Perissé  estarão no Teatro Alberto Maranhão em Natal  com  o  espetáculo “Cócegas” diias 18 e 19 de Julho, 21h.  Ingressos já  estão disponíveis na bilheteria do teatro. É riso na certa, o título já diz tudo. Menino, vê se tem cortesia pro blogueiro que divulga o evento.

 

COPA 2014

O mascote da Copa do Mundo em 2014 no Brasil deverá ser o SACI PERERÊ. Providencias nesse sentido já estão sendo tomadas. Veja o site www.sosaci.org

 

FRANK SINATRA JÚNIOR

O filho de Frank Sinatra, fará tournée pelo Brasil. No repertório, uma homenagem a Tom Jobim  cantando sucessos que o brasileiro cantou com “The Voice” nos EUA.  Sinatra Jr. se apresenta em Manaus, Salvador, Brasília, Curitiba, São Paulo, Rio e Belo Horizonte.

 

 

FUMAÇA PRETA

O deputado Luiz Almir vai substituir Micarla de Souza  no programa 60 Minutos, na TV Ponta Negra. A assessoria do parlamentar informou à imprensa que ele assume o comando do programa segunda-feira próxima na hora do almoço.

 

FUMAÇA BRANCA

A Casa do Menor Trabalhador, que em Natal é dirigida pela religiosa Irmã Maria Lúcia,  promove na próxima terça feira as 9 da noite um show beneficente com TRIO IRAKITAN. Será no Versailles (Tirol). A entrada custará trinta reais. Perfídia...

 

FUMAÇA AZUL

A Rede Record promoveu uma grande festa ontem em São Paulo, com direito a flash ao vivo no Jornal da Record.  Reuniu seus maiores anunciantes para comemorar os novos números do IBOPE que apontam a emissora no 2º lugar e em ascensão. A Globo que se cuide. Comenta-se que a tv do bispo Macedo fará uma propo$ta ao cantor/compositor Roberto Carlos, cujo contrato com a platinada termina em dezembro próximo.

 

 

Publicidade da Record na mídia impressa

 

* * *

 

ANIVERSARIANTE DO DIA

Mudando de idade nesta sexta-feira Éder Medeiros.

Foi disck-jockey no rádio em Ceará-Mirim, onde criou e interpretou o

personagem “Coroné Tampinha” na extinta 91 FM.

Atualmente reside em Natal e é web-leitor

de CHAMINÉ. Parabéns pela data natalícia!

 

POSTAGEM AS DEZ

Excepcionalmente neste sábado o Blog CHAMINÉ estará atualizado as 10h00 da manhã. Grato pela atenção.

Escrito por Chaminé às 00h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

        Como gosto de escrever, sinto-me obrigada à meditar para poder transmitir o que vivenciei na minha querida 'Terra dos Verdes Canaviais'. Foram momentos bons que deixou-me transparecer, às vezes, minhas esperanças, desesperanças, angústias, saudades... Sento e descanso! Descanso e penso! Penso na minha infância liberta, correndo no pátio em frente ao Abrigo dos Velhos. Penso na minha casa sempre cheia de gente, que a minha saudosa mãe: Sra. Marli Câmara recebia com sua enorme simpatia. Penso no Grupo de Jovens Franciscanos liderados pela minha mãe e pelo meu pai: Sr. Raimundo Rocha, que na época era o Presidente da Ordem Franciscana Secular e a sede localizava-se no meio do pátio, onde também foram realizados festas juninas, teatros, os catecismos, as reuniões do grupo de jovens. Penso no Grupo Beija-Flôr, banda musical formada pelos meus irmãos: Marcos, Magnus e Mocinha e por vários outros componentes, como: Cristovão Pinheiro(in memorian), os primos Rawse Câmara(atualmente trabalha com filmagens) e Ivanaldo Câmara (seu vizinho Edvaldo, é filho de Nicilda!), Jorge Natan, Daniel(siricotéia da Oscar Brandão), Neilton(Índio que mora por trás do cemitério), entre outros. Penso e escolho! Escolho os melhores momentos e até sorrio-me deles! Escolho os mais tristes e choro com eles! E vou recordando cada passo e tenho saudades das pessoas que me deram um pouco de alegria. Tenho saudades e choro! Choro porque nunca terei de volta algumas personagens, como por exemplo: a minha amorosa mãe. Choro porque é bom chorar! Alivia!  Lembro-me das minhas grandes amizades, que nem vale à pena citá-las, pois seria injusta se esquecesse de algumas. Lembro-me da Escola Barão de Ceará-Mirim, onde fui alfabetizada pela professora que até hoje chamo-a 'Tia Edite Campos'. Lembro-me do Instituto Imaculada Conceição, onde estudei a 2ª Série Primária, com a professora Teixeira. Lembro-me do CSA, onde fazia parte da equipe de Hand-bool, coordenada pelo professor Izulamar(Zulinha). Lembro-me da Escola Ubaldo Bezerra, onde tive enorme prazer de estudar com as professoras inesquecíveis: Marluce Ramalho, Fátima Fagundes (minha amigona!) e Dona Francisca(sua espôsa, Edvaldo!), que incentivou-me à participar do Concurso de Poesias Adele de Oliveira, no ano de 1993, na Biblioteca Pública, onde participei na categoria 2º Grau e para surpresa minha, obtive o 1º Lugar. Nunca havia escrito uma poesia! Daí, nunca mais parei! Já perdi as contas! Acho até que dá para editar um livro! Só aqui em Portugal já escrevi umas dez poesias e várias reflexões! Portanto, aqui estou para fazer uma homenagem à minha cidade, que escrevi no dia 08 de Dezembro de 2003, uns três meses após minha chegada às 'Terras Lusas', onde o Infante Dom Henrique de Bragança desbravou o mar.


 

 

Oito de dezembro

É o dia de Nossa Senhora da Conceição

Um grande momento

Festejamos com emoção

É uma ocasião muito marcante

Para os lugares que a tem como padroeira

Ela, a muitos ajudou bastante

Sempre muito justiceira

É padroeira de Portugal

Também de Ceará-Mirim

Minha cidade, terra de muito canavial

Relembro com muita saudade

Me chamo Conceição

Nome por minha mãe escolhido

Agradeço de coração

Por ser um nome reconhecido

 

 

 CEICINHA CÂMARA

Vila do Bispo - Região Algarve 

 

Escrito por Chaminé às 00h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10/07/2008



MÉDICO

O médico cardiologista, Dr. Mário Henrique, deixa o Programa Saúde da Família, em Ceará-Mirim, onde atuou durante um período de três anos. Dr. Mário, que também tem formação militar, foi convocado pelo Exército Brasileiro para compor a junta médica (como cardiologista), do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.(Fonte: Blog de Jorge Moreira)

 

POR FALAR EM JORGE MOREIRA

Em seu programa de rádio, ao cair da tarde de ontem, entrevistou o odontólogo Dr. Alexandre Leocádio, que mostrou-se um jovem de muita visão sócio-política-econômica e bem identificado com o verde vale. Não é candidato a cargo público, ainda.

 

 

KARATÊ

Ceará-Mirim está sendo representada em Salvador-BA no Campeonato Brasileiro de Karatê Do Tradicional com 09 alunos da Academia SHOTO-KAN do Professor Ednaldo Bezerra.

 

 

PARA Dr. PAULO ROBERTO

A FM Universitária de Natal (88,9) veicula no sábado e domingo, em duas partes, o programa Vozes do Brasil, trazendo a trajetória e os sucessos do compositor Chico Buarque. O programa vai ao ar sempre a partir das 19 horas.

 

ARRAIÁ DO DECISIVO

O professor Fabiano Moreira informa que o Curso DECISIVO promove seu Arraiá no dia  18 de julho as sete da noite no Centro Esportivo e Cultural de Ceará-Mirim. Forró, quadrilha junina, comidas típicas e muita animação. Ingresso apenas R$ 3,00. É aberto ao público.

 

 

GASTOS

Segundo Emery Costa no azougue.com,  a previsão de gastos apresentada à Justiça Eleitoral pelas candidatas à Prefeitura de Mossoró: Fafá e Larissa (ambas Rosado) empatou: R$ 1.500.000,00 (hum milhão e quinhentos mil reais).

 

FESTA DO BODE

Emery Costa informa ainda que a Décima Festa do Bode está confirmada para se realizar neste ano em Mossoró. Período:  30 de julho a 3 de agosto no Parque de Exposições Armando Buá, imediações da antiga ESAM, hoje UFERSA.

 

FÁTIMA BEZERRA

Numa entrevista concedida  ao jornalista Ailton Medeiros na TV União/Natal, a petista Fátima Bezerra contou sua vida, a juventude, a militância e revelou: “tenho saudades de Cazuza e Kássia Eller”.

 

ONOFRE LOPES

Hoje a partir das 20h, no Auditório do Museu Câmara Cascudo/UFRN, acontece a mesa-redonda “Onofre Lopes: Pai de Família”, que tratará da vida pessoal do médico-cirurgião que consolidou a instituição universitária no RN.

 

PIZZA

10 de Julho é o Dia da Pizza – Bastante freqüentados em Ceará-Mirim: A FORNALHA e PETER PEOPLE, são restaurantes especializados na famosa massa italiana.

 

JACKSON DO PANDEIRO

Em 10 de Julho de 1982 morria Jackson do Pandeiro.  O paraibano foi o maior ritmista da história da música popular brasileira e, ao lado de Luiz Gonzaga, o responsável pela nacionalização de canções nascidas entre o povo nordestino. Pelas cinco gravadoras que passou durante sua carreira artística,  estão registrados sucessos como Meu enxoval, 17 na corrente, Coco do Norte, O velho gagá, Vou ter um troço, Sebastiana, O canto da Ema, Chiclete com Banana, dentre outros. Era diabético, tinha 62 anos. A causa mortis foi embolia pulmonar e cerebral.


Escrito por Chaminé às 06h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

MÚCIO VICENTE POR ELE MESMO

Parte Final

MINHA  PASSAGEM  NO  TEATRO  NATALENSE    De  forma  crucial  atuei  nas artes  cênicas  da  capital.  Conheci  muita  gente  boa,  mas  também  sofri  nas  mãos  de péssimos  produtores,  que  ainda  hoje  desrespeitam  seus  atores;  terríveis  diretores, mal formados  e  informados  profissionalmente,  que  se  intitulam  críticos  de  teatro,  além  de conviver com  péssimos atores.  Aprendi muito, ensinei pouco; porém a vida é uma escola e nesta escola da vida fiz bons amigos, que faço questão de citar: Costa Filho, Edgar Filho, André Oliveira, João Pinheiro, Dimas Carlos, Galvão Filho, Carlos Zens, Júscio Oliveira, Alexandre Melo, Jaíra Oliveira,  Lázaro Martins, Jocélio Nunes e tantos outros. 

AGRADECIMENTOS – Gostaria de mostrar minha gratidão pela compreensão e paciência de um artista que não conheço pessoalmente, mas logo que tiver oportunidade o  farei.  Trata-se  de  uma  figura  honesta,  sincera,  verdadeira  e  altamente  sábia:  Arruda Sales,  pelo  carinho  como  criticou meu  espetáculo  “A  Casa  dos  Vampiros”,  quando  foi apresentado no Teatro Alberto Maranhão. Obrigado Danusa D´Sales. Muito grato também aos meus  pais,  (Parú  e Gasparina),  à minha  esposa  Ednalva  Diniz, minha  filha Maria Eloise, aos amigos que torcem pelo meu sucesso. Ao meu braço direito no teatro: Raquel Juliana,  à  amiga  e  conselheira  Professora  Francisca  Lopes  (Belezinha)  e  ao  meu intelectual  incentivador Álvaro Tadeu Martins. Enfim, obrigado meu Deus por me ter feito Múcio Vicente.  “A minha maior preocupação é que no  futuro não  tenha ninguém para contar a nossa  tão  linda história.  A arte e a  loucura vivem tão próximas que é impossível separá-las. 

FORMAÇÃO- Cursei  Ensino  Médio  na  Escola  Estadual  José  Felipe  Guerra  em  Natal;  experiência  profissional  como Assistente  de Direção Artística,  ator  e  escritor  de  peças  teatrais, apresentador  em  Rádio  FM  Comunitária;  coordenador  de  teatro  na  Fundação Cultural Nilo Pereira (Ceará-Mirim); coordenador de Campanhas Educativas de Saúde (Janeiro de 2005  a  Janeiro  de  2006);  orientador  do Programa Agente  Jovem  de Desenvolvimento Social  e Humano  (Setembro/2002  a  Dezembro/2004);  No  voluntariado, Presidente  da Associação Cultural Engenho  das Artes  (Ceará-Mirim/RN    1999    2001); Conselho Municipal  Anti-Drogas  (2003-2005);  Centro  Educacional  Dom  Bosco  (Natal/RN  2003-2004).  Cursos de capacitação: “Enfrentamento da Violência Doméstica na  Infância e Adolescência”;  Espanhol  básico  (Instituto  Cultural  do  Trabalho)  ;  Museologia  (Fundação  José Augusto/Natal); Mosaico  Decorativo  e  Utilitário  (AEAD).  PREMIAÇÕES: Melhor  ator  de  Ceará-Mirim:anos: 2002, 2003 e 2005(Jornais “O Grande Natal” / “O Vale” / Rádio 106 FM; Melhor ator do RN: 2004 (Teatro Sandoval Wanderley e Capitania da Artes / Natal-RN). Recentemente publiquei o livro PROSCÊNIO, abordando o teatro.

Para adquirir o livro

E-mail: mucartes@yahoo.com.br

Escrito por Chaminé às 06h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/07/2008


FUTEBOL

O ABC conseguiu um bom resultado na noite de ontem ao empatar em Feira de Santana com o Esporte Clube Bahia, pela Série B do Campeonato Brasileiro, estando a apenas dois pontos de diferença dos clubes que estão no G-4.

 

PARA ELIEL

O cantor e compositor Zé Geraldo lança o CD “Catadô de Bromélias”, o 16º de sua carreira. O álbum conta com 10 faixas inéditas sendo “Na Barra do seu vestido”, uma parceria com Zeca Baleiro e  “Ultima Reza”, de sua filha, também cantora e compositora, Nô Stopa. Além de trazer uma versão de um clássico de Bob Dylan, um dos grandes ídolos de Zé, “Mr. Tambourine Man”.

 

VIOLAS E REPENTES

Neste sábado as 9 da noite na AABB em Natal  vai acontecer o Festival Nordestino da Viola. Promovido pelo cantador Antônio Sobrinho. Entre outras atrações, Ivanildo Vila Nova, autor do grande sucesso Nordeste Independente gravado por Elba Ramalho.

 

DATA

09 de Julho é Dia do Protético. Em Ceará-Mirim há um competente profissional na área, o Sr. Carmélio Alves.

Em 09 de julho de 1980 falecia Vinícius de Moraes. Poeta, diplomata e compositor, aos 66 anos,  de embolia pulmonar.

 

PARABÉNS

Aniversariante do dia: NETO,  do Grupo RENOVAÇÃO de Teatro e Dança / Ceará-Mirim. Parabéns do Blog.

Escrito por Chaminé às 05h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

OUTRAS PALAVRAS

Carlos Magnus da Costa de Souza é articulista e colaborador do Blog CHAMINÉ. Funcionário aposentado do Banco do Brasil, filho do casal João Rufino/Francisca. Neste período de festejos dos 150 anos de Ceará-Mirim ele relata sua infância na terra dos verdes canaviais.

 

CEARÁ-MIRIM DA MINHA INFÂNCIA

 

 

            Nasci em Natal, mas com pouco mais de dois anos vim para Ceará-Mirim com meus pais e meu irmão José Marcos (por muitos anos funcionário da agência local do Banco do Brasil). Quando chegamos a Ceará-Mirim fomos morar na casa de minha avó no bairro de Nova Descoberta, (antiga Rua da Palha), enquanto estava sendo construída nossa casa na Rua Dr. Meira e Sá, onde residimos até hoje. Minha infância foi muito bonita. Meus pais tinham muito cuidado conosco. Eles nos deram muito Amor e Carinho; algo que nos dão até hoje. Comecei a aprender minhas primeiras letras com minha tia Mariquinha, de saudosa memória. Cultivei e ainda cultivo os Amigos de minha infância. Lembro-me das missões de Frei Damião, das Missas em que ajudava o Padre Rui (hoje Monsenhor Rui Miranda). Das Festas da Padroeira Nossa Senhora da Conceição. São muito boas as Lembranças Religiosas da minha infância. Lembro-me das vezes que fui aos brinquedos da pracinha, (antes de construírem a Praça Barão de Ceará-Mirim); de como brincava no Parque de Diversões  que vinha à Cidade. Lembro-me das vezes que fui aos cinemas Paroquial e de seu Chico . Gostava muito dos filmes que assistia com meus familiares. Com sete anos comecei a estudar na Escola Barão de Ceará-Mirim. Minha primeira professora foi Dona Dilse. A seguinte foi Dona Lisinete (dela aprendi a ter consciência de ter a devida responsabilidade para com a  Igreja Católica). A outra professora foi Dona Elzira. a última Professora deste período foi Dona Duda. Era muito tímido e calado. Mas brincava com os outros. Lembro-me das brincadeiras que fazíamos nesta época. Era um Tempo em que me diverti muito e que aprendi que é muito boa a Vida. A minha família era e ainda é muito unida. >  Cultivei a Amizade de muitos e descobri que Amizade é algo que brota de dentro do coração e que se soubermos ser Sinceros com nossos Amigos e Amigas, estaremos sempre com eles. Lembro-me das vezes que ia à zona rural com meus familiares. É fascinante o Vale de Ceará-Mirim! Também gostava muito de ir à feira. Meu Pai me levava para tomar caldo de cana de Sidraque. Era uma delícia. Até hoje vou ao mercado e costuma tomar um caldo lá. A minha infância foi recheada de muito Amor. Lembro-me dos meus Padrinhos Rostand e Vera Lúcia, da Fábrica de doces de seu Daniel e família, eles ajudaram e muito a minha mãe. A Vida neste Tempo era mais solidária. Tínhamos mais boa vontade em servir aos outros. Tempos bons que não voltam mais... Shalom!!!

 

Escrito por Chaminé às 04h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

MÚCIO VICENTE POR ELE MESMO

(Parte I)

QUEM SOU - Filho natural de Ceará-Mirim, nascido aos 14 de janeiro de 1973. Meus pais:  Francisco Vicente  de Oliveira  (Parú)  e Gasparina Santos  de Oliveira. Ator, diretor  e  escritor  de  peças  teatrais.  Sou  observador  do  comportamento  humano.  Me  inspiro  em  gestos,  falas  e  maneiras  de  cumplicidades. Participei de  vários  concursos  literários  a  nível  nacional. Escrevi  o texto  “Amnésia  Brasileira”.  Foi  levado para  a  Áustria  pelo  artista  cearamirinese “Ojuara”. Nas artes plásticas,  tenho produzido mosaico artístico, com  trabalho exportado para a França. O maior sonho é que num futuro próximo Ceará-Mirim tenha a sua casa de espetáculos.

 

MINHA  INFÂNCIA  -  Como  era  bom  ser  criança.  Ir  ao  cinema  de  Lúcio  (Cine Paroquial) ou o de Chico Uriel (Cine São Francisco); comer o cachorro quente de Tonico; os roletes de cana de Dona Rosalba; ir a missa na Matriz aos domingos; ouvir o conjunto Beija-Flor  ou  a  banda  de  música  tocar,  saboreando  um  apetitoso  “gelé";  o  medo  de Luizinho de Leó;  brincar com o papagaio de Pedro Gomes; estudar com Dona  Inês na Rua  do  Patú;  ganhar  um  trocado,  as  vezes  um  conselho  de  Dona  Nanizinha  em  seu armarinho; limpar  os  sapatos  de  Seu  Chico  Rodrigues  aos  domingos;  comer  doce  na bodega de Seu Carlos Crescêncio; pedir a benção a Seu Hélio Venâncio e  receber um trocado  de  Dona  Leda;  fazer  café  pra  Seu  Luiz  de  Júlia;  assistir  ao  teatro  de  Marli Câmara; ouvir os conselhos de Antão Barreto e comprar pão  todas as  tardes na padaria de Dona Vanilde.

 

BATALHA    Para  aprender  um  pouco  e  chegar  até  aqui,  passei  por  muito sofrimento. Dormi em calçadas; nos bancos do bairro da Ribeira em Natal; pedi sopas em bares;  durante  o  dia  distribuía  panfletos  oferecendo  consultas  de  cartomantes,  à  noite ensaiava no Teatro Alberto Maranhão até por volta de zero hora e  tinha que dormir nos bancos da rodoviária “velha” na Ribeira e no dia seguinte pegar o trem pra Ceará-Mirim. 

CONTINUA AMANHÃ...

Escrito por Chaminé às 03h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/07/2008


PRORROGAÇÃO

As inscrições para o Prêmio de Poesia Adele de Oliveira, promovido pela Fundação Cultural Nilo Pereira , dentro das comemorações dos 150 anos de emancipação política de Ceará-Mirim, foram prorrogadas até 17/07. O resultado está previsto para dia 25.

 

POLÍCIA COMUNITÁRIA

Ceará Mirim vai sediar de 14 a 18 deste mês a 2ª. etapa do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária. O encontro será no auditório Orione Barreto, numa promoção da Secretaria de Segurança Pública do RN e Prefeitura local.

 

EMATER

Abrahão Formiga, engenheiro agrônomo residente em Ceará-Mirim e com muitos serviços prestados às comunidades rurais da região, atualmente chefe do escritório da EMATER em João Câmara,  está sendo obrigado a entregar o cargo por ter sido solidários aos companheiros em greve.  

 

LIVROS

Além dos livros sobre Ceará-Mirim a serem lançados por Caio Azevedo, Gibson Machado, e Francisco de Assis Rodrigues, durante os festejos dos 150 anos de emancipação política, há previsão do Sebo Vermelho (Natal) lançar nova edição da “Evocação ao Ceará-Mirim”, obra de Nilo Pereira.

 

CORDEL

“Ceará-Mirim 150 anos - passado e presente” é o título de um cordel escrito por Sebastião Silvestre – poeta residente no distrito Riacho da Goiabeira, que poderá ser lançado também nas festividades do município.

 

FRANCISCANOS

2008 marca os oitocentos anos do carisma franciscano no Brasil. Ceará-Mirim, onde há uma Ordem Terceira,  está no roteiro da peregrinação da “Cruz de São Damião”, uma relíquia seráfica que percorre o país e em breve chegará à terrinha.

 

DATA

Em 08 de julho de 2001, o comandante Rolim Adolfo Amaro, presidente da TAM, morreu aos 58 anos no Paraguai em um acidente de helicóptero que ele mesmo pilotava.

 

O8 de Julho é dia do Panificador – Ceará-Mirim dispõe de uma grande quantidade de padarias e panificadoras. Ao raiar do dia, boa parte da população a elas se dirigem para providenciar o desjejum.

 

PATRONO

O escritor e articulista colaborador  do Blog CHAMINÉ, Francisco Martins Alves Neto acaba de ser escolhido patrono da cadeira 19 na Academia Estudantil de Letras Poeta Antonio Francisco, a primeira a ser criada no Rio Grande do Norte, na cidade de Apodi. O escritor  passa a fazer parte de um conjunto de nomes relevantes, tais como: Cãmara Cascudo, Diógenes da Cunha Lima, Vicente Serejo, Nei Leandro de Castro e outros tão importantes. Para melhor conhecer a Academia clique no link:

http://aelapodi.blogspot.com/2008/07/conhea-os-nossos-patronos.html

 

 

ANIVERSARIANTE DO DIA

Nesta terça-feira faz aniversário natalício o comunicador ROBER MONTE. Atuou durante muito tempo no rádio cearamirinense. Atualmente desenvolve suas atividades nos microfones da Rádio Clube FM 97,9 em Natal. Parabéns do Blog. Os amigos podem cumprimentá-lo pelo e-mail: robermonte105@hotmail.com .

Escrito por Chaminé às 05h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

UMA NOITE NO VALE

Há vinte anos atrás em Ceará Mirim foi realizado o  festival “UMA NOITE NO VALE”, nos salões do  Centro Esportivo e Cultural, mais precisamente dia  20 de agosto de 1988. A promoção da  Escola Estadual Barão de Ceará-Mirim, na gestão de Maria de Lujan Silva Rodrigues e Maria da Conceição Araújo Silva (D. Maria Xandu), teve como  objetivos: homenagear ex-prefeitos de Ceará-Mirim e arrecadar fundos para restauração de uma sala pedagógica que atenderia alunos portadores de necessidades especiais. A animação foi da Banda FERAS (Parelhas-RN). Um detalhe peculiar: o cerimonial de entrega dos diplomas de Honra ao Mérito a ex-prefeitos e representantes in memorian, foi conduzido pelas próprias Diretora e Vice-Diretora: De Lujan e Maria Xandu.  A sociedade em peso marcou presença. Abaixo, registros do significativo evento. Alguns dos que estão nas fotos já faleceram.

 

 

 

 

 

Escrito por Chaminé às 04h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/07/2008


07 DE JULHO

ANIVERSÁRIO DE "LUIZ DE JÚLIA"

Luiz Pereira de Morais – Nasceu em Ceará-Mirim no dia 07 de Julho de 1922. Filho de Rodolfo Pereira de Morais e Júlia Barbosa da Silva, daí : “Luiz de Júlia” . Quando criança morou muito tempo com sua avó, na antiga Rua Grande, hoje Presidente Café Fiho. Tinha sempre diversão garantida  pois  estava  próximo  ao  “rio  dos  homens”  e  à  estação ferroviária. Ainda criança ganhava um dinheirinho pegando  frete na feira. Já rapazinho foi trabalhar na agricultura e lembra que chegava a ganhar por dia cerca de “cinco mil réis.”. Quando  terminou a segunda guerra mundial (1945), ele estava com 23 anos e iniciava o ofício de sapateiro, auxiliando “Seu” Marcos na remontaria. Também foi pedreiro e oleiro. Mas seu forte mesmo eram os calçados. Mais tarde, trabalhou com o Mudo sapateiro na Rua da Cruz, que posteriormente veio a  falecer e S. Luiz passou a ser dono do próprio negócio,  transferindo-se  para  a Rua Heráclito Vilar  e  em  seguida  para  a  rua  Felismino Dantas, onde estabeleceu-se definitivamente. Nesta época já era casado com D. Maria de Lourdes  Félix. Depois  de  dez  anos  o  casamento  se  desfez,  ficando  ele  com  os  quatro filhos que tiveram, para criar.    Não perdeu tempo e casou-se novamente, desta vez  com a cunhada,  irmã da primeira esposa,  Sra. Niradalva, com quem  teve mais  doze  filhos, que  geraram mais  de  30  netos  e  vários  bisnetos. Por  problemas de  saúde  teve  que  se afastar da  função de sapateiro, porém o ofício  foi seguido por  filhos e netos. Amante do futebol, foi  diretor  do  Náutico  Esporte  Clube  de  Ceará-Mirim  por  muitos  anos, conquistando vários  títulos e do qual ainda é presidente de honra.  Como músico, atuou na Banda Municipal   juntamente com o Tenente Djalma Ribeiro e José Vicente. Sempre gostou do folclore. Foi proprietário de um “pastoril”  de 1951 a 1953, na antiga Rua Nova, hoje  Rodolfo  Garcia.  Como  irreverente  folião  carnavalesco,  promoveu  diversas agremiações:   “Bloco da Girafa”,  “Asa de Ouro”,  “Mocidade no Frevo” e Tribos de  Índios como:  Tupinambá,  Tamoios,  Tupinagé,  entre  outras.  Interessante  é  que  não  tomava bebidas  alcoólicas,  nem  fumava. A  animação  era  característica  natural  de S.  Luiz. Nas madrugadas do  Ceará-Mirim  antigo  mostrou  seu  lado  boêmio,   realizando  diversas  serenatas  em  companhia  dos  amigos Cirineu Campos, Raimundinho  do  violão, Manoel Sobral, Nelson Moreira, entre outros. No carnaval do ano passado, ainda  vestiu uma de suas antigas fantasias e passeou por várias ruas de Ceará-Mirim, relembrando os bons tempos da folia de outrora. Na longevidade dos seus 86 anos, completados hoje, 07/07/2008,  aposentado, S. Luiz de Júlia reside no centro da cidade, próximo à Rua da Cruz, rodeado de familiares e de   troféus conquistados pelo time do coração, o Náutico F.C. de Ceará-Mirim.

 

Alguns dados foram pesquisados na “CENA DO COTIDIANO”, coluna de Fabiano Moreira, publicada em Maio/2005 no Jornal “O VALE”.

 

Escrito por Chaminé às 05h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Votos de Feliz Aniversário para a web-leitora ROSINHA, estudante do Colégio de Santa Águeda em Ceará-Mirim.

É filha do casal Elias Rangel/Vera.

* * *

IGREJA

                   Há um projeto de lei tramitando no Congresso Nacional que quer retirar de Nossa Senhora Aparecida o título de Padroeira do Brasil. O PL 2623/2007, de autoria de Victorio Galli,  que é pastor Evangélico da Assembléia de Deus, já está na Comissão de Educação e Cultura para parecer conclusivo. Não achamos justo. Há mais coisa com que se preocupar. Os católicos de todo país podem recorrer e pedir arquivamento deste processo acessando o site: www.familia.org.br

Escrito por Chaminé às 05h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ADORAÇÃO

Esta é a primeira segunda-feira do mês e não haverá a tradicional Adoração ao Santíssimo Sacramento na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Ceará-Mirim. Motivo: retiro do clero.

 

DJALMA

Nesta segunda-feira, 7 de julho, a Câmara dos Deputados realizará sessão solene alusiva aos 100 anos do nascimento de Djalma Marinho. Na ocasião fará pronunciamento seu neto, o deputado federal Rogério Marinho e os senadores José Agripino Maia e Garibaldi Filho.

 

CULTURA

Saíram portarias da Fundação José Augusto para a promoção de prêmios e concursos homenageando personalidades da cultura potiguar: Núbia Lafayete (CD), Xexéu (Cordel), Cornélio Campina (Manifestações populares), Chico Villa (Teatro), Moaciy Cirne (Quadrinhos), Rubens Lemos (Jornalismo) Emanuel Bezerra (Cultura). O objetivo é incentivar a produção cultural do RN.

 

LIVRO

ENCONTROS PASSAGEIROS COM PESSOAS PERMANENTES, livro do jornalista Osair Vasconcelos será lançado no dia 10 de julho, a partir das 18h, no Salão da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), na Av. Câmara Cascudo, 434, Ribeira. A obra do jornalista é publicada pelo selo Coleção Letras Natalenses, da Funcarte.

 

ACELERA!

Rubens Barrichello (BRA/Honda) voltou ontem ao pódio depois de quase três anos, ao ficar com a terceira posição do Grande Prêmio da Inglaterra.

 

ASSÚ

A cidade do Assu vai sediar a Quinta Feira de Negócios do Vale do Assú no período de 31 de julho corrente a 2 de agosto. Neste ano com uma estrutura para mais de 120 estandes dos setores de agronegócio, indústria, comércio, serviços, além de prefeituras e órgãos do governo do Estado.

 

AGENDA DE CANDIDATOS

A exemplo dos demais blogs de Ceará-Mirim, CHAMINÉ poderá publicar agenda dos candidatos a prefeito e também vereador,  desde que sejam endereçadas via e-mail até as 18 horas, quando é editada a postagem do dia seguinte.

 

 

DATA

No dia 07 de julho de 1957, Pelé estreou na seleção brasileira de futebol, aos 16 anos, e marcou um dos gols da partida da Copa Rocca contra a Argentina, no Maracanã. Os oponentes levaram o jogo por 2x1, mas o Brasil conquistou o título.

* * *

Em 07  de julho de 1990 morria aos 32 anos de idade, vítima da AIDS,  o roqueiro brasileiro Agenor de Miranda Araújo Neto, popularmente conhecido por Cazuza.

 

Escrito por Chaminé às 05h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

06/07/2008


Escrito por Chaminé às 00h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Nestes domingos de julho, o blogueiro vai partilhar um pouco de sua história, que começa na terra do sal, Mossoró, e continua na terra do açúcar, Ceará-Mirim. No ano em que a cidade  celebra o sesquicentenário de sua emancipação política, completamos 21 anos na terrinha.

 

 

DA TERRA DO SAL PARA A DO AÇÚCAR

21 ANOS EM CEARÁ-MIRIM

 

Edvaldo Morais

 

PARTE 1

 

              Auxiliar  de  gerente  administrativo  do  extinto  Banco Mossoró    agência matriz  na capital do Oeste. Dia 05 de maio de 1987, uma terça-feira. Três da tarde. Fui chamado na sala da  Direção  que  funcionava  no    andar.  Através  do  Diretor  Administrativo  e  financeiro  Dr. Elviro  do  Carmo  Rebouças  Neto,  fui  comunicado  da  indicação para  assumir  a  gerência  administrativa  da   instituição  em  sua  filial  de    07  na  cidade  de  Ceará-Mirim RN. Um tanto surpreso,  aceitei  o  desafio. Antes    ocupara mesma  função  em outro banco  na  cidade  de  Messias  Targino/RN.  Dia  seguinte,  na  companhia  do mesmo Diretor, chegava à  terra dos verdes canaviais e à agencia do Banco, localizada na Av. General João Varela, 701, (atualmente Secretaria de Tributação da Prefeitura), onde comecei a trabalhar.   Fui  hóspede  do  antigo  Hotel  São  Francisco  (hoje  funciona  a  loja  Spaço Único).   As refeições eram no restaurante de Conceição (em frente a CEF, ainda hoje existe). Muito  bem  acolhido  pelos  novos  colegas  de  trabalho:  Flávio  Vasconcelos,  que interinamente  assumia  a  gerência  administrativa,   Marcos  Duarte  (gerente  geral),  Rosilda Firmino, Carlinhos Sobral, Alderi Felipe, Carlos Roberto,  João Maria Barreto, Edvaldo Mendes, Cristiano  Mendonça,  Roberto  Inácio,  e  Bosco  (vigilante).  Posteriormente  fizeram  parte  da equipe  de  trabalho: Waltércio Miranda,  Jerônimo  Rosado,  Jailson  Torres,  Darquinha,  Roseli, João  Josino,  Aldemir  Martins,   e  Dona  Luci  (zeladora).  Espero  não  ter  esquecido  ninguém. Domingo,  10  de maio  de  1987. Dia  das mães.   Após  a missa  da  noite  fui  até  o Ginásio  de Esportes  Aderson Elói de Almeida ,  onde  acontecia  um  show  em  homenagem  às  mães.  Recordo  que  o animador  era  Johny Som  e  entre  as   atrações,   os  artistas da  terra:  Daniel,  cover de Agnaldo Timóteo  e  o cabeleireiro  Evandro  que  fez  dublagens  de  Ney  Matogrosso.    Contando com o apoio de toda equipe de trabalho, foi rápida a adaptação na nova função. Uma das primeiras visitas que fiz, acompanhado do gerente geral  Marcos Duarte foi  ao  gabinete  do  prefeito  (na  época  Dr.  Roberto  Varela),  seguindo-se  outras  a  vários estabelecimentos  comerciais e  instituições clientes do Banco Mossoró.  Como a  família  ficara em Mossoró,  onde    ia  a  cada  15  dias,  vez  por  outra  a  saudade  apertava.  Livros,  jornais, revistas, o radinho de pilha e a tv na sala de estar do hotel eram companhias freqüentes. De vez em quando  um  cineminha,   nas desconfortáveis cadeiras do  extinto  cine  São  Francisco  (onde  atualmente  funciona  Flávio Eletromóveis),  ou  uma  esticada  a  Natal  para  conferir  alguma  atração  no  Teatro  Alberto Maranhão.  Dentre outros,  lembro de ter  ido em companhia de amigos do banco a um espetáculo do Jô Soares: “Um gordoidão no país da inflação”.  (CONTINUA DOMINGO DIA 13/07)

Agência do Banco Mossoró em Ceará-Mirim/1987

Escrito por Chaminé às 00h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

05/07/2008


MENSAGENS RECEBIDAS

ALDO JEAN (S.José do Rio Pardo/SP)

(Sobre "Relíquia" - Hino de Ceará-Mirim - Postagem de 04/07) - Faz treze anos que moro em São José do Rio Pardo, uma cidade do interior de São Paulo, e não sei cantar o hino desta cidade, mas o de Ceará-Mirim sei até hoje. Lembro quando a D. Iolanda ia no pátio da Escola Júlio Senna nos ensinar a cantar. Sei até hoje a letra e a música desse hino que fala tão bem de Ceará-Mirim. Quando estou com saudades dessa terra vou ao piano, e lentamente toco o hino as partes que sei , e com isso viajo em todos o lugares que a letra de hino fala! Parabéns Ceará-Mirim por seus 150 anos! Aldo Jean | aljean@click21.com.br |  05/07/2008 12:53

 

* * *

 

GEORGE DE BRITO (Natal/RN)

(Sobre DEPOIMENTO - Postagem de 04/07) - Gostaria de desejar muito sucesso ao jovem Abrahão Lopes e a todos que caminham junto a ele. Sucesso blogueiro.George de Brito Pinheiro  george_debrito@hotmail.com

Grato a Aldo e George pelas mensagens.

 

Escrito por Chaminé às 17h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CEARÁ-MIRIM, FIGURAS E FATOS

QUE O TEMPO NÃO ESQUECE

 

Antônio Sérgio Medeiros da Silveira (*)

            Todos os países do mundo, raças, grupos humanos, famílias, classes profissionais possuem um patrimônio de tradições que se transmite oralmente e é defendido e conservado pelo costume. Esse patrimônio é milenar e contemporâneo. Cresce com os conhecimentos diários desde que se integrem nos hábitos grupais, domésticos ou locais. Dessas tradições populares, por ser o homem mandatário do seu tempo, faz-se necessário lembrar velhas figuras e alguns fatos que, na distância dos tempos idos, povoarem o imaginário de toda e qualquer criança, bem como, dos adultos do meu tempo. Do Ceará-Mirim que conheci, lembro-me de Rosinha, doce velhinha que pelas ruas perambulava com sua boneca, maltratada pelo tempo, dizendo se tratar da filha que nunca tivera. Lembro-me da pessoa de Orelhinha, vigia pontual, pai respeitado e fonte de algazarras das crianças que não fossem as suas. Nessas lembranças faz-se presente à quadrinha que, no lirismo infantil, era entoada nos jardins da Praça da Matriz: O Galo canta,Macaco assovia...Todavia, a brincadeira terminava quando o mesmo, no ímpeto de fugir daquela situação, concluía os versos com a mais pura das palavras:E se não fosse o vigia, Menino safado... Sua Mãe não paria. Recordo-me, também, da figura de Aluízio Morreu, perturbado pelo tempo, fruto da campanha política de 1960, entre Aluízio Alves e Dinarte Mariz. Quem não se lembra de Bigode de Arame, velhinho bom, homem trabalhador que, acompanhado por seu burrinho, fiel companheiro, de lata em lata abastecia d’água as cisternas das casas de Ceará-Mirim. E Miê, sujo como ninguém, revoltado com tudo e contra todos, figura impoluta das crianças do meu tempo. Lembro de Cuíca, pessoa doentia, que das poucas palavras que pronunciava, nove entre dez eram palavrões. Povoa-me a memória a figura de Aucha, empregado do Sr. Paulo Rocha que, injustamente, as más línguas atribuía a ele o furto do peru do seu patrão. Vejo Edinho, nas suas andanças pelos quintais alheios em busca das galinhas perdidas. Um episódio deste se sucedeu no quintal do Sr. Joaquim, quando ao cair da noite, o mesmo teria posto abaixo o teto do galinheiro. Atordoado pelo barulho povoado pelo estrondo, o Sr. Joaquim teria gritado da cozinha de sua casa: o que é isso? Quem está aí? Edinho ao perceber a aproximação do dono da casa, sai com essa: “ou seu Joaquim, que serviço mal feito!!”. Outro que, tardiamente, se faz presente é Cabrinha. Certo dia ao ensaiar um ataque epiléptico durante uma manifestação política, no Largo do Mercado. Preocupando a todos, o mesmo se levanta e sai logo com essa pérola: “Quem está com Geraldo não DIZMAIA”. Porém, nesse universo de recordações, outras figuras e fatos menos pitorescos, livre da rotulação das crianças povoam os meus sonhos. Vem à tona o Sr. Graciano com seu velho caminhão pipa, cuja ignição era acionada por uma manivela posta à frente do motor que ao se mover, enchiam de esperança os lares de Ceará-Mirim com as águas dos olheiros Pedro II, Diamante, entre outros. Ah! Não porém esquecer o cinema de Chico Uriel, as Matinês, os roletes de cana, pirulitos sobre as tábuas, o cachorro “quente” de soja, os polís vendidos em sua calçada em sua calçada, tamanha guloseima. Relembro a Festa da Padroeira, Nossa Senhora da Conceição, dos botequins de palhas enfeitadas com bandeirinhas de papel seda, das cestas recheadas de castanhas de caju; da abertura da festa, vendo a frente da Banda de Música o Tenente Djalma. Vejo-me na praça da Matriz, na sorveteria do Senhor José Bonifácio, comprando um picolé a pessoa conhecida por “Criança”.  Desloco-me para dentro do “Magirius”, referência em transporte urbano de Ceará-Mirim que, ao “piscar dos olhos” estava logo-logo em Natal... se não ocorresse a baldeação da ponte de Igapó. Nessa viagem ao passado me ponho diante das lembranças de um tempo que não volta mais. Permita-me o “hoje”, mas o “ontem” era bem melhor.

(*)Antônio Sérgio é Bacharel em história pela UnP e filho do Dr. José Honório da Silveira.

 

 

 

Escrito por Chaminé às 05h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Dona Chaguinha costuma arranjar empregada pra casas de família. Outro dia foi no distrito de Tabuão e conseguiu uma moça de apelido Belinha  para trabalhar pela primeira vez na casa de uma comadre em Ceará-Mirim. Primeiro dia de serviço,  a criada fica sozinha em casa. O telefone toca e ela atende:

- Alô!

-De onde está falando? – pergunta alguém do outro lado da linha.

-Daqui de perto da televisão. – responde Belinha. 

 

Escrito por Chaminé às 05h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ENQUETE

Em virtude de regulamentação da legislação eleitoral, o Blog CHAMINÉ foi orientado a não realizar enquete nos moldes que anunciara. Agradecemos a todos os que participaram. Realizamos um sorteio entre os que enviaram e-mail e já comunicamos ao ganhador.

 

PREFEITÁVEIS

Dos  arraiás juninos realizados até ontem, Antônio Peixoto participou de 20%, Fabrício também 20% e Sheyla de 60%.  Pelo menos foram as informações chegadas ao Blog CHAMINÉ.

 

SAAE

Os usuários do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos em Ceará-Mirim dispõe agora  também do Banco Postal na agência dos Correios para o pagamento de suas contas de água.

 

BALNEÁRIO DO BOSCO

No distrito de Lagoa Grande, o Balneário do Bosco será palco de um Festival de Quadrilhas, denominado “I ARRAIÁ DA JUVENTUDE”. É neste sábado as 8 da noite. A renda é destinada a repor um equipamento de som que foi roubado da capela daquela comunidade no mês de maio.

 

ANIVERSARIANTE DO DIA

05 de Julho – Muda de idade neste sábado:  Paulo Segundo, filho do casal cearamirinense Dr. Paulo Roberto França (advogado)/Rozana. Parabéns do Blog.

 

MISSÃO CANCELADA

A Missão Marista que iria desenvolver trabalhos de ação solidária este final de semana em Ceará-Mirim foi cancelada.

 

ANOS SESSENTA

Neste domingo as 8 da manhã retornaremos às ondas do rádio. Com Eliel Silva e Gildete Soares apresentaremos: “JOVEM GUARDA ESPECIAL”. Música e lembranças dos anos sessenta. O programa destaca ainda a obra de Roberto Carlos. Os ouvintes que ligarem para o 3274-3578 concorrerão a brindes.

 

POR FALAR EM ROBERTO

O programa vai destacar matéria do jornal “Folha de São Paulo” que aborda o  término do contrato de Roberto Carlos com a Globo em Dezembro. Sabe-se que a  Rede Record fará propo$ta ao “rei” para tê-lo em sua programação.

 

ROBSON CARVALHO

O Blog agradece ao jornalista Robson Carvalho pela divulgação de nossas postagens alusivas aos 150 anos de emancipação política de Ceará-Mirim no JH 1ª. Edição.

 

MAÇONARIA

A Loja Maçônica Princesa dos Canavais de Ceará-Mirim realizará no próximo dia 22 uma sessão magna de elevação. Colará grau de companheiro o maçom Carlos Magnus da Costa de Souza. Parabéns!

 

A SEMANA

Um dos fatos marcantes da semana por demais comentado na calçada da igreja em Ceará-Mirim foi a libertação de Ingrid Betancourt, ex-senadora franco-colombiana. Ela passou seis anos refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – FARC. Uma comissão de senadores do Brasil, entre eles, a potiguar Rosalba Ciarline (DEM). integra a “Missão Solidariedade” e se prepara para uma viagem a Bogotá, para um encontro com Ingrid. Além de Rosalba, irão os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP),  Romeu Tuma (PTB-SP), José Nery (PSOL- PA) e Serys Slhessarenko (PT-MT).

Ingrid Betancourt

Escrito por Chaminé às 05h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/07/2008


DEPOIMENTO

O Ceará-Mirim e eu.

Abrahão Lopes

Abrahão Lopes vai completar 28 anos de idade no dia 02 de agosto próximo. É o filho primogênito deste blogueiro. Atualmente reside em Mossoró/Rn. É graduado e tem especialização em Ciências da Computação. Leciona na UFERSA (antiga ESAM), Faculdade Mather Christi e ainda é encarregado do Centro de Processamento de Dados  de uma empresa mossoroense. Casado com Silvia, estudante da UFRN. Há oito anos passou no vestibular da UERN e teve que  deixar nossa companhia para estudar em sua terra natal. No depoimento abaixo ele resume a infância e adolescência vividas em Ceará-Mirim.


           
Desembarquei no Ceará-Mirim em julho de 1987. Lembro vagamente da primeira noite que passei na cidade, só sei que foi num hotel, na rua principal, em frente a loja “A Sertaneja” que ficava fizinho ao BANDERN. A loja, o banco e o hotel não existem mais, deram lugar a novos estabelecimentos. Conseqüências do tempo ou do progresso. Para um garoto de 6 anos, era um novo mundo a ser explorado, mas a rotina era a mesma de qualquer outro menino dessa idade: escola, brincadeiras de rua, fazer a lição de casa e dormir cedo para logo começar tudo novamente. Lembro perfeitamente das pessoas da vizinhança, foram muitos anos morando na mesma casa, na rua Vereador Euclides Cavalcante (antiga rua São João), imóvel pertencente ao Sr. Oziel da padaria, vizinho à Carmita, em frente à família Néri. Só por um ano dentre os 13 que vivi não estive nesse endereço, foi durante uma baita reforma e acabamos indo para rua Oscar Brandão, onde ganhei uma Madrinha de Fogueira durante as festas juninas. Outras coisas também não posso esquecer: os amigos e professores do Colégio Santa Águeda, a vontade de fazer natação nas piscinas do colégio Bem Me Quer, os desfiles do período que toquei na Banda Fanfarra do CSA e claro, as viagens para tocar em outras cidades, muitas delas no ônibus verdinho da prefeitura que teimava em quebrar uma vez na ida e duas na volta. Cachorro quente e refrigerante, quem tocou na banda lembra bem dessa combinação. Os banhos congelantes de madrugada antes de sair para pegar o trem ou o ônibus do estudante e o cochilo com direito a sonho que ignorava o calor e sol do meio dia na viagem de volta para casa. As missas de Padre Rui, as procissões, a Festa da Padroeira e a capelinha de São Geraldo. Passeios em Muriú, Jacumã, Barra e Pureza. Sessões de cinema no Cinemax, acompanhadas de horas nos videogames que ficavam ao lado. A torrada de Dona Santa com uma bananada sempre caia bem, principalmente às 23:59h! Os shows de rock com o Alma de Borracha. Os torneios de vídeo-game nas noites de sábado em casa de Giuliano, regados a latões de sorvete. A turma do colégio catando cogumelos no Colégio Agrícola e as tardes de estudo na Biblioteca Municipal Dr. José Pacheco Dantas. Karatê na academia de Edinaldo, Ginástica Olímpica com Itamar, Futsal e Handball com Casquinha. Sorvete de R$ 0,25 em Carmélio, caldo de cana feito na hora lá no mercado, almoços de domingo em Zé do Recantão. Com a chegada do ano 2000 também veio o dia de minha partida desta cidade que guardo em meu coração. Mesmo de longe tento acompanhar o que se passa no Verde Vale e sempre que a atarefada vida me permite, escapo para alguns dias de descanso, refúgio e nostalgia dos maravilhosos anos que passei em Ceará-Mirim. Parabéns pelos 150 Anos! > Abrahão Lopes. Julho/2008.

Escrito por Chaminé às 06h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

SINDICATO

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ceará-Mirim e Região deu prazo até o próximo dia 24/07 para os associados em atraso regularizarem débitos de mensalidades, através de acordo junto ao órgão.

 

ELIANE

Muitas lotações e carros particulares saindo de Ceará-Mirim para curtir hoje o encerramento da Festa do Abacaxi na vizinha cidade de Ielmo Marinho. Capital do Sol, Forró Bagaço e a rainha cearense do forró Eliane são as atrações derradeiras.

 

LAGOA GRANDE

Já estamos em julho e os arraiás juninos  continuam em evidência. Neste sábado as 8 da noite no Balneário do Bosco, distrito de Lagoa Grande, tem o Arraiá da Juventude. Evento beneficente.

 

GRAFITH

A nação grafiteira tem encontro com sua Banda pela primeira vez no distrito de Massaranduba. Será no sábado 12/07.

 

RETIRO

O vigário paroquial de Ceará-Mirim, Padre Francisco Franklin estará em Fortaleza – Ceará no período de 07 a 11 deste mês. Participará  de retiro do clero arquidiocesano.  

 

TREM DAS OITO

Previsto para o último sábado deste mês mais uma edição do Projeto “Cultura no Trem”. Sai da Ribeira/Natal com destino a Ceará-Mirim.  Nos vagões: música, poesia e teatro. A passagem custa apenas cinqüenta centavos. Mais informações na CBTU.

 

NA INTERNET

Turismo, cultura, história, galerias de fotos e outros detalhes sobre a terrinha estão no novo site da prefeitura de Ceará-Mirim:  www.prefeituradecearamirim.com.br  

 

SÉRIE “B”NO RÁDIO

A Rádio 87 FM de Ceará-Mirim transmite as partidas dos times do RN que disputam a série B do brasileirão. Nesta sexta: Juventude X América e amanhã:   ABC X Ceará.

 

AGENDA

 

Opções para quem vai passar o fim-de-semana fora de Ceará-Mirim:

 

SÁBADO: CANTORIA DE VIOLA (Zé Ribamar e Chicó Gomes)

LOCAL: Auditório do Colégio Augusto Severo / Parnamirim

HORA: 7 da noite  - INGRESSO: R$ 4,00

* * *

DOMINGO: PROJETO SOM DA MATA (Com Juliano Ferreira - Jow-Jow)

LOCAL: Anfiteatro Pau-Brasil (Parque das Dunas/Natal)

HORA: 16h30 INGRESSO: R$ 1,00

* * *

DICA DE FILME:  WAAL-E (Nos cinemas dos Shoppings em Natal)

 

            Robozinho solitário tem a tarefa de limpar o lixo deixado pelos humanos em nossa  terra desabitada e totalmente poluída num futuro distante. É um filme que exalta os valores dignos independentemente de estarem ligados diretamente à religião. Temos muito que  aprender com o robozinho desse filme que vem arrancando lágrimas e risos de platéias do mundo inteiro. Por que Wall-e é tão tocante? A simplicidade do humor é genial, e ainda aborda temas profundos como o  consumismo desenfreado. Mas o mais importante é que fala sobre amor, um amor simples e muito cativante. E sobre vida. O que é surpreendente, o filme é sem diálogos, no melhor estilo Charles Chaplin. Definitivamente, não é um filme só para crianças. (Comentário de Marcos Vinícuis/Natal RN.)

Escrito por Chaminé às 05h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

RELÍQUIA

O hino de Ceará-Mirim, no manuscrito abaixo,

foi entregue pelo autor José Luiz

ao Sr. Jadson Queiroz em 11/07/1971.

HINO OFICIAL DE CEARÁ-MIRIM

 

Ceará Mirim da Usina São Francisco

Ceará Mirim da Praia Muriú
Ceará Mirim dos verdes coqueirais

E dos Canaviais
Miragem  do Patú
Ceará Mirim Cidade Brasileira
Ceará Mirim do meu coração
Ceará Mirim da Santa Padroeira:
Nossa Senhora da Conceição

Terra abençoada
Idolatrada
Tão Tropical

Terra da Usina Ilha Bela
Cidade Aquarela

Cidade Natal

 

Escrito por Chaminé às 05h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/07/2008


ABACAXI

Pelo quarto ano consecutivo Ielmo Marinho realiza a Festa do Abacaxi. Além de eventos nas áreas do cultivo, técnica e empresarial, a grande sensação é a parte sócio cultural, que leva à vizinha cidade grandes bandas de forró e outras atrações. Muita gente de Ceará-Mirim marcando presença. Começou ontem e termina nesta sexta dia 04.

 

FORRÓ

O Clube UNISESP de Ceará-Mirim anuncia para o sábado 19 uma noitada de forró que tem como atração principal a banda Desejo de Menina.

 

PAULO ROBERTO

O advogado e articulista Dr. Paulo Roberto de França estará trazendo novidades para sua participação  nas postagens especiais do Blog CHAMINÉ. 

 

PARABÉNS

Aos músicos Giancarlo Vieira, (vocalista dos GROGS), Raimundo e ao garoto esperto Israel Silva (filho de Eliel) ; cearamirinenses que fazem aniversário nesta quinta-feira, 03/07.

 

FLUMINENSE

Ainda não foi desta vez. Como bom botafoguense, nossa solidariedade a João André, Denílson, Rodrigo e demais torcedores do tricolor das laranjeiras em Ceará-Mirim. Quem sabe na próxima... O professor Carlos Henrique também envia mensagem. Está no blog www.flamengocm.zip.net

 

VASCO

Vascaínos em Ceará-Mirim, como Roberto da MINASGÁS, contentes pelo fim da era Eurico Miranda no time da cruz de malta. Estão torcendo por uma boa administração do eterno craque Dinamite.

 

PADROEIRO

No distrito de Gravatá (Ceará-Mirim) estão acontecendo os festejos do Sagrado Coração de Jesus. A programação será encerrada no próximo domingo.

 

87

Na programação dominical da Rádio Cultura Vale Verde, o comunicador Etevaldo Alves apresenta “Domingo Show 87 FM”. Um programa de variedades, das dez da manhã às duas da tarde. Dentre outras atrações, há premiação para  ouvintes que respondem perguntas sobre o Ceará-Mirim de antigamente. É grande o número de ligações,  chegam a congestionar a central telefônica da emissora.

 

105

A FM 105,9 leva ao ar “DEBATE METROPOLITANA” toda segunda-feira das 5h30 da tarde as 7 da noite. Em evidência, temas políticos e econômicos.

 

106

A Rádio 106 FM de Ceará-Mirim lançou promoção para escolha do locutor preferido. Anuncia a presença do vencedor na casa de ouvinte sorteado.

 

CORREIO

A mudança de numeração nas casas no Conjunto Novos Tempos em Ceará-Mirim ainda causa transtorno. Os moradores que não fizeram alteração dos números  têm a correspondência devolvida para o remetente.

 

PANIFICADORA

Há uma semana foi inaugurada em Ceará-Mirim, como diria Johny Som, no alto da Rua Oscar Brandão, a moderna Panificadora e Conveniência  Novos Tempos, propriedade do Sr. José Gomes Sobrinho  e família. Com direito a benção do Padre Assis.

 

AGRADECIMENTOS

A Lenilson Lira, agradecemos comentário sobre CHAMINÉ  postado no Blog de Jorge Moreira. Lenilson Lira  também está  na Blogosfera: www.lenilsononline.zip.net ; Ao Jorge, reiteramos gratidão pela citação em seu programa de rádio.  Lúcio Som, pelo comentário;  (A postagem sobre o Cine Paroquial foi complementada com ilustração do filme Coração de Luto).

 

VOCÊ NO BLOG

Participe enviando informações, divulgando eventos, parabenizando aniversariantes. Utilize nosso e-mail: chamineh@bol.com.br

 

DO BUMBA 7

O amigo de infância publicitário e radialista Caby Costa Lima nos envia convite para lançamento do seu livro iconográfico "DO BUMBA 7", que acontece nesta sexta-feira dia 04 em Mossoró.

 

 

Escrito por Chaminé às 04h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

VERDE, SEMPRE TE QUERO VERDE.
Lúcia Helena Pereira (*)



AO CEARÁ - MIRIM!

Verde, sempre te quero verde
Vestido de esperança
E dourado de sol.
Verde, sempre te quero verde
Brilhando na chuva
E espreguiçando-se ao vento.
Verde, sempre te quero verde,
Iluminado e festivo
Comemorando história
E preservando lembranças.
Verde, sempre te quero verde,
Exibindo casarões, praças e ruas,
Patrimônios de antigas nobrezas.
Verde, sempre te quero verde,
Impetuoso, destemido e alvissareiro,
Na travessia dos séculos.
Verde, sempre te quero verde,
Na memória de tantos filhos ilustres,
Uns distantes,
Outros próximos do coração.
Verde, sempre te quero verde,
Coberto pelo aroma fresco das matas
E banhado pelos rios serenos,
Onde sussurram as sinfonias do tempo.
Verde, sempre te quero verde,
Embelezando-se no Oiteiro,
No Guaporé, Santa Águeda,
No Verde - Nasce, Mucuripe
E no Solar Antunes,
Verde, sempre te quero verde,
Na Usina São Francisco,
Em Ilha Bela, Cumbe e Diamante.
Verde, sempre te quero verde,
Nas águas misteriosas e perfumadas
Dos olheiros de Diamante e Nascença!
Verde, sempre te quero verde
E eterno,
Na casa - grande onde correram meus passos de criança,
Onde bebi água de poço
E vi refletida a minha vida!
Verde, sempre te quero verde
Anunciando alegrias
E acordando saudades.
Correndo pelas águas límpidas
Do Rio Ceará - Mirim e rio d´Água Azul.
Verde de memoráveis figuras:
José Antunes de Oliveira, Madalena Antunes,
Nilo de Oliveira Pereira, Edgar de Gouveia Varela,
Roberto Pereira Varela, Rui Pereira Júnior,
Terezinha Jesus da Câmara Melo,
Jorginho Câmara, Adele de Oliveira,
Juvenal Antunes, José Augusto Meira.
Verde de tantos nomes queridos:
Gracilde Correia de Melo, Raimundo Pereira Pacheco,
Áurea Pacheco Pereira, Abel Antunes Pereira,
Vicente Ignácio Pereira, Ruy Antunes Pereira,
Augusto Vaz Neto, Herbert de Sá Dantas,
Manoel Varela do Nascimento e Bernarda.
Verde de ilustres e queridos nomes:
Etelvina Antunes Lemos, Ezequiel Antunes,
Piô e Maroca (contadoras de estórias),
Quincas e Lebre (empregados da casa - grande),
Compadre Joaquim Gomes (tocador de Rabeca,
Dona Biluca - rendeira de almofadas de bilro.
Verde, resplendente verde:
Denise Pereira Gaspar,
Valdecy Villar de Queiroz Soares (minha primeira professora),
Maria Antonieta Pereira Varela e Luis Lopes Varela,
Verde de Naide, Neire e Nadeje,
Do Dr. Abner de Brito!
Verde de novos e grandes nomes:
Ednólia da Câmara Melo, atual prefeita,
Figura humana extraordinária,
Simples, comedida e discreta!
Ela que vem enaltecer o vale do Ceará - Mirim
A cidade verde, de verdes palmeiras.
De canavial ondulante,
De oiticicas cheirosas, manacás, umburanas...
Nesses 150 anos da cidade!
VERDE, é como eu te quero sempre,
Nas asas dos pássaros passeando pelo infinito,
No dobre dos sinos da Matriz de N.Sra. da Conceição
Ecoando pelo vale!
Ceará - Mirim! Sempre VERDE! É assim que eu te quero!

 

(*) Lúcia Helena é escritora, cearamirinense,

residente em Natal/RN, da família de

Juvenal e Madalena Antunes.

Publicado originalmente em: vivieventos.blogspot.com

 * * *

COMENTÁRIOS RECEBIDOS

LÚCIO SOM

Eita Edvaldo. Com a foto e os comentários a respeito do Cine Paroquial me traz uma saudade danada dos velhos tempos. Um abraço meu amigo e os agradecimentos sinceros pela lembrança. Do amigo que como você fomos adotados e aprendemos a amar esta terra como se fosse nossa. Valeu!!!!!!!!! Lúcio Lustosa | luciosom@yahoo.com.br |  02/07/2008 06:14

 

CARLOS MAGNUS

Edvaldo, fico muito feliz quanto a qualidade do Blog e mais feliz ainda em fazer parte desta Família. Ceará-Mirim é linda. Quanto mais Eu faço a Viagem para Natal mais gosto da voltarpara Ceará-Mirim. O Artigo de Dona Francisca Lopes é fantástico. Todos os Artistas que Ela cita, para mim, são maravilhosos. Ceará-Mirim é uma Cidade que faz parte da minha Vida desde a primeira infância. Aprendi muito com Ela. Para mim é a melhor Cidade para se morar. Viva nossa querida Cidade. Um forte abraço!!! Carlos Magnus da Costa de Souza.

 

ISRAEL LUCAS

Valeu, Edvaldo. A "terrinha" está ficando velha.  Parabéns para cidade dos saudosos "verdes-canaviais". Do cearamirinense residente em Natal. Israel Lucas - israel_lucass@yahoo.com.br

 

ALDO JEAN

(Sobre o Cine Paroquial) Realmente, muita saudades pois foi ai que pela primeira vez fiquei encantado com a magia do cinema! aljean@click21.com.br

 

Agradecemos a todos pelos comentários.

Escrito por Chaminé às 04h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/07/2008


              

             

Ceará-Mirim concentra atividades comercial e industrial. A primeira é formada pelo comércio local de varejistas, tecidos, vestuários e principalmente de produtos alimentares e a  segunda é pouco representativa, baseada na agroindústria canavieira.  Além disso, está se formando uma nova fonte de serviço, o turismo, que tem tendência a se expandir, gerando renda e empregos. A população de Ceará-Mirim é constituída principalmente de trabalhadores assalariados, muitos exercendo atividades em Natal; diaristas, pequenos empresários, comerciantes, funcionários públicos e outras pessoas que aguardam a geração de empregos através de indústrias. A cultura de Ceará-Mirim está relacionada à mistura de raças; índios que aqui habitavam e dos povos europeus e africanos que aqui chegaram com a colonização. Muitas manifestações folclóricas foram adquiridas por essas diferentes culturas. Podemos destacar: “os caboclinhos”, “Congos da Guanabara”, “Bambelô”, “capoeira”, “Índios”, “Bumba-meu boi de Matas” dentre outras. Além da cultura representada pelos grupos folclóricos, também a arte em Ceará-Mirim está representada por Ceramistas, escultores, artistas plásticos, artesãos, músicos, companhia de arte cênica, cantadores, violeiros, poetas, pessoas cuja sensibilidade aflora da alma produzindo obras indescritíveis.

 

Fonte: CM REVISTA – Texto:  Gibson Machado. Foto: ARQUIVO.

 

Escrito por Chaminé às 05h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PREFEITÁVEIS DE CEARÁ-MIRIM

A enquete está em andamento. Das 85 pessoas que acessaram o Blog das 06h00 as 18h00 de ontem, 09 participaram. Informaremos um resultado parcial no dia 05, outro dia 10 e o final dia 15/07. Entre os web-leitores que estão opinando, sortearemos um CD-ROM CHAMINÉ.  Veja  detalhes na postagem de ontem.

 

PLATÉIA

Ceará-Mirim tem mais um  Blog. O radialista Nildo Torres e o colunista Flávio Henrique lançaram www.plateia.zip.net . Trás variedades, notícias da política, sociedade e o cotidiano da terrinha. Bem vindos à Blogosfera.

 

SAAE

O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Ceará-Mirim  firmou convênio com o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e seus correspondentes bancários para a arrecadação das contas mensais dos usuários,  já a partir desta semana.

 

CARECA E SANTANA

No recente Salão Nacional do Turismo em São Paulo,  Ceará-Mirim esteve representada pela Coordenadora de turismo da Prefeitura, Ana Néri. Lá foram expostos trabalhos dos artesãos locais Careca e Santana. Também da terrinha, antenada no evento, a turismóloga Idiana Rodrigues.

 

RAUL SEIXAS 1

Erivan Lima definiu que o local do Tributo ao “maluco beleza” em Ceará-Mirim este ano será no interior do Centro Esportivo e Cultural e não na quadra como no ano passado. A dúvida ainda é quanto à data. Costumeiramente acontece no terceiro sábado de agosto, mas este ano concorrerá com o Festival MADA/Natal,  que naquele dia apresenta o roqueiro Lobão.

 

RAUL SEIXAS 2

O tradicional tributo a Raul em Ceará-Mirim, que pela primeira vez poderá acontecer no quarto sábado de agosto, tem como título: MALUQUEZ REVISITADA. A denominação foi sugerida por Eliel Silva, (colaborador do Blog), por ocasião do primeiro evento há 19 anos atrás.

 

FÉRIAS

Helenildo Marques, Robson Cunha e Neto são três seminaristas de Ceará-Mirim que entraram em período de recesso e estarão nas comunidades paroquiais por todo este mês de julho. A terrinha também é celeiro de vocações sacerdotais.

 

MÚSICA

Na praia de Muriú,  há treze anos atrás um grupo jovem montou uma banda católica que já tem CD lançado, prepara seu primeiro DVD a ser gravado em agosto e é bastante requisitada para animar eventos religiosos. Trata-se da Banda LEÃO DE JUDÁ,  que tem a frente o dinâmico Climério.

 

PADROEIRA

Católicos do distrito de Mangabeira (Ceará-Mirim) estarão festejando sua padroeira Nossa Senhora da Rosa Mística de 06 a 13 deste mês. Tema: “O Senhor nos escolheu e nos enviou em missão”.

 

AGRADECIMENTOS

A  Jorge Moreira, (Blogueiro/radialista);  professores Carlos Henrique (GOTO SECO) e Abrahão (MOSSORÓ) pela divulgação em seus blogs de nossa postagem diária.

 

PARTICIPE

Tem alguma informação para ser divulgada neste espaço? (Festas, eventos em geral, excursão, aniversário, etc...)  Utilize nosso e-mail: chamineh@bol.com.br  Estaremos com postagem diária até o dia 31 deste mês.

 

Escrito por Chaminé às 05h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02 de JULHO

Dia do Hospital

Hospital Dr. Percílio Alves - CEARÁ-MIRIM RN

* * *

Dia do Bombeiro Brasileiro - O bombeiro é o profissional responsável pelo combate a incêndios, pela preservação do patrimônio ameaçado de destruição, pelo resgate de vítimas, de incêndios, afogamentos, acidentes, bem como pela conscientização da população sobre medidas de segurança contra incêndios. Ozair Pinheiro, cearamirinense, filho do casal Oziel Pinheiro e Maria Ozélia, integra o Corpo de Bombeiros de nossa capital.

 

 

 

Escrito por Chaminé às 05h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

BLOCO CARNAVALESCO CARCARÁ - CEARÁ-MIRIM - ANO 1967

Escrito por Chaminé às 05h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Certa vez Dona Chaguinha conseguiu no Gravatá  uma empregada para trabalhar na casa de um gerente do Banco do Brasil em Ceará-Mirim. A esposa do gerente dava instruções à criada:

-Maria, nós tomamos café as seis e meia da manhã, todos os dias.

-Tudo bem, patroa... Mas não precisa me chamar. Eu só tomo café mais tarde.

 

Escrito por Chaminé às 05h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

                  O  extinto  Cine  Paroquial  de  Ceará  Mirim, gerenciado por Lúcio Som, exibiu grandes sucessos do cinema, por exemplo: Romeu e  Julieta, Candelabro  Italiano, Love Story, O Rei dos Reis, Os 10 Mandamentos,  Ben-hur, todos  de  Bruce  Lee,  A  Dama  do  Lotação,  Lúcio  Flávio  o passageiro  da  Agonia,  O  Trem  Pagador,  e  mais,   muito  mais.  O sucesso do  Cine Paroquial  se  completava  porque  antes  das  exibições  o  frequentador  do  cinema  ficava aguardando  o  início  da  sessão  ouvindo  uma  ótima  seleção  de  músicas  nacionais  e internacionais,  muitas  vezes  alguns  sucessos  eram  solicitados  diretamente  pelo assistente. O Juiz de Direito Dr. Altanir, que residia na praça Barão de Ceará Mirim, era um dos  ouvintes cativos, todas as noites, principalmente dos sucessos internacionais que tocavam nas discotecas.... Segundo Lúcio, suas amizades  aumentaram em Ceará Mirim,  depois  que  tomou  conta  da  gerência  do  saudoso Cine Paroquial,  do  qual  sente muita  saudade.  Com  amizades  que  Lúcio  tinha  em  Natal  e  Recife,  conseguia  trazer muitos sucessos que só eram exibidos nas capitais. Muitos filmes  recebia via Cine Rio Grande/Natal,  que  incluiu  o  Paroquial  em  suas  programações,  ajudando  assim  na redução  dos  custos  de  fretes  e  material  de  propaganda,  ou  recebendo  direto  das distribuidoras sediadas em Recife. Os filmes de Teixeirinha, foram exibidos  quase todos, porém  o  de  maior  sucesso  foi  ”Coração  de  Luto”,  que  tornou-se  tradição  no  dia  de finados.  Era  casa  cheia,  todas  as  vezes,  chegando  até  exibir  três  sessões  contínuas. Muitos  entravam  e  saíam  chorando  do  cinema e  o  carro de  som  só parava  de  tocar  a musica que dava  título ao  filme:  Coração de Luto (o maior golpe do mundo, que eu  tive na  minha  vida...   )  quando  começava  a  sessão.  Tempo  bom  de  quando  as  maiores diversões da cidade eram, cinema, jogo no Palácio dos Esportes e no Estádio do Centro, parque  de  diversão  ou  uma  noitada  no  Centro Esportivo e Cultural  nos  finais  de  semana.  A  turma  se programava: no sábado fazia hora na sorveteria e em seguida ia ver o filme no Paroquial, depois novamente sorveteria. No domingo: missa na Matriz, assistir filme no Paroquial e para encerrar a noitada ir ao CEC. Ainda segundo Lúcio, a gente era feliz e não sabia.

(Texto produzido por Edvaldo Morais a partir de depoimentos na Comunidade LÚCIO SOM do Orkut.)

 

Cartaz e cenas de "Coração de Luto"

Escrito por Chaminé às 04h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/07/2008


 

              

Ceará-Mirim, cidade dos engenhos, das usinas, da doçura da cana-de-açúcar; dos casarões em relevo, da rua do Patu; de Juvenal e Madalena Antunes, de Júlio Senna, de Nilo Pereira e tantos outros mestres; da feira semanal,  da paisagem multiplicada. Cidade de tantas faces, de tantas histórias misturadas nas águas mansas do rio que leva o seu nome. Quando este mês de julho findar, Siara Minor estará completando cento e cinqüenta anos de sua emancipação política e administrativa. Diariamente, estaremos postando temas relacionados à terrinha. Sem ordem cronológica, passado e presente. Para isso, esperamos contar com alguns colaboradores através de fatos, fotos, recordações, mensagens, exaltações. Enfim, registros  que farão a cidade de hoje se encontrar com a vida de outras épocas, virtualmente, graças à era tecnológica. Sejam bem vindos à homenagem que  tentaremos prestar a esta terra que adotamos  como nossa,  há vinte e um  anos. Edvaldo Morais Lopes.

 

* * * 

 

EXALTAÇÃO A CEARÁ-MIRIM

 

Francisca Lopes(*)

Contemplo o vale salpicado de esperança, onde verdeja os sonhos dos seus filhos hoje e floresce a história que contextualiza o espírito de luta daqueles que já se foram após a contribuição prestada para o alavancar  das  ações  pertinentes  ao  seu  desenvolvimento  do  qual  emergem  as  plataformas  de  um  novo tempo.   Tempo  que  nos  permite  com  tanto  gosto  gritar  que  em  meio  aos  desafios  sócio-políticos  e econômicos: somos gente que faz ressurgir das sombras das chaminés dos engenhos sob nossos pés, um suntuoso desejo de vê-la sempre altaneira no limiar dos seus 150 anos de emancipação política.  Ceará-Mirim, você nos assiste na  fluência histórico-literária, cultuando a arte  tri-dimensional e nos faz lembrar o saudoso escultor Etevaldo  Santiago    homem  simples que veio do Assú   e  aqui fincou habilidades  artísticas  imensuráveis; os  contemporâneos Múcio  Vicente, Crésio  Torres, dentre  outros,  testemunham  publicamente  a  paixão  em  representar  no  cotidiano  seus  feitos,  trocando  a história pela vida, ora num teor humorístico, ora crítico social. E, é aí, que o gosto da lágrima salta dos olhos, escorre no rosto, adentra os ouvidos e se esparrama na saudade amortecida pelo cheiro doce do mel e da rapadura dos engenhos adormecidos no  tempo. Nas  letras, grandes nomes   formam a  colcha de  retalhos escrita no alvorecer do dia ou no crepúsculo do sol que,  teimosamente namora a noite, permitindo alguns filhos  no  privilégio  das  próprias  casas  colherem  gotas  didático-literárias  para  expandi-las  no  cenário  municipal  e  nacional.  Faço minhas as palavras do professor Assis: “As  gerações  futuras  hão  de  eternizar-te  como  relicário  sagrado  e  preservar-te-ão  como caminho brilhante a  conduzí-los a Deus.” –  visto que, o  suntuoso  templo que abriga  nossa padroeira, oh Ceará-Mirim, também é você. 

 

(*)Francisca Lopes é professora,  natural de Mossoró/RN e reside em Ceará-Mirim há 21 anos.

 

Escrito por Chaminé às 01h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Chaminé às 01h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ADELE DE OLIVEIRA

O Concurso Literário de Poesia -  Prêmio Adele de Oliveira encerra hoje suas inscrições. Nas categorias Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio e Comunidade, os  trabalhos poderão ser entregues até hoje, terça-feira,  as 20h00 na Biblioteca Pública Municipal Dr. José Pacheco Dantas. O resultado será conhecido no próximo dia 15.

 

CAIO AZEVEDO

GÊNESE E PRESERVAÇÃO - HISTÓRIA, PATRIMÔNIO CULTURAL DE CEARÁ-MIRIM E TURISMO, é o livro que Caio Azevedo prepara para lançar dentro das festividades do sesquicentenário da emancipação política de Ceará-Mirim. A obra irá proporcionar uma viagem no tempo, pelas terras dos verdes canaviais.

 

GIBSON MACHADO

Outro lançamento é MEMÓRIA ICONOGRÁFICA DE CEARÁ-MIRIM. O livro de Gibson Machado apresenta grande acervo fotográfico de Ceará-Mirim no passado. As fotos são autênticas relíquias que registram a história do vale verde. 

 

PROFESSOR ASSIS

Uma coletânea de escritos sobre Ceará-Mirim e o vale verde, resulta numa publicação do Professor Francisco de Assis Rodrigues. Verdadeira exaltação ao vale verde, também será lançada por ocasião dos festejos.

 

LANÇAMENTOS

O lançamento coletivo  das obras citadas acima vai acontecer no dia 22 deste mês,  as oito horas da noite na Estação Cultural Dr. Roberto Pereira Varela, dentro da programação festiva do sesquicentenário de emancipação política de Ceará-Mirim.  A solenidade está sendo organizada pela Fundação Nilo Pereira.

 

FUTEBOL

Os flamenguistas de Ceará-Mirim ganharam um  Blog. O professor Carlos Henrique informa que foi lançado o www.flamengocm.zip.net. Apesar de botafoguense, parabenizamos a iniciativa.

 

POLÍTICA

Um cearamirinense disputa a prefeitura de Natal. Filiado ao PSOL, Sandro Pimentel, natural de Ceará-Mirim, foi indicado na convenção do seu partido para ser candidato a prefeito da capital. Em 2006 Sandro já disputou o governo estadual.  

 

BLOGUEIROS

Reiteramos  aos blogueiros da terrinha o convite feito anteriormente,   no sentido de enviarem  neste período,  uma participação com algo relacionado  à temática Ceará-Mirim, para publicarmos,  com os devidos créditos,  bem como, se possível,  divulgar em seus blogs que CHAMINÉ estará com postagem diária até o final deste mês.  Desde já agradecemos.

 

RÁDIO

Depois de umas férias, este blogueiro estará de volta às ondas do rádio,  juntamente com Eliel Silva e Gildete Soares. No próximo domingo, as 8 da manhã, pela 87 FM de Ceará-Mirim apresentaremos JOVEM GUARDA ESPECIAL, programa que retrata os anos 60 através da música e de fatos que marcaram aquela época. O ouvinte participa pelo fone 3274-3578.

 

 

* * *

1º de Julho: Dia Mundial da Arquitetura, do Cooperativismo

 e da Vacina BCG.

              

A vacina BCG (Bacilo Calmette-Guérin) é utilizada para a prevenção da tuberculose, tendo sido obtida a partir da cultura de um bacilo da doença no gado em 1906.Com cerca de 2,5 milhões de mortes e 9 milhões de novos casos ao ano, a tuberculose, juntamente com a AIDS/HIV, é responsável pelo maior número de vítimas de doenças infecciosas em todo o mundo. A tuberculose pode ser transmitida através de tosse, espirro e fala.

          

Escrito por Chaminé às 00h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Anúncios

Histórico